.

.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Romance de padre e uma fiel abala Basílica de Nazaré

Padre teria engravidado fiel
Há 3 meses, um tsunami atingiu a Igreja Católica em Belém. Era tarde da quarta-feira, 27 de janeiro, quando a Basílica Santuário de Nazaré divulgou, em sua página no Facebook, uma nota, informando que o padre Geffison Silva, 32 anos, tinha sido “afastado de suas atividades para descanso e renovação espiritual”. Em poucos minutos, o assunto já estava sendo comentados por milhares de pessoas nas redes sociais.
Às 13h20 do dia seguinte (quinta-feira, 28), o DIÁRIO publicou, em seu portal - o DOL - e em sua página no Facebook, a notícia do afastamento do padre. A reportagem do DOL não trazia nenhuma informação além da notícia que a própria Basílica de Nazaré divulgara um dia antes. Mesmo assim, a onda ganhou ainda mais força. Na página do DIÁRIO no Facebook, a matéria foi vista por cerca de 300 mil pessoas, somando 1.181 compartilhamentos.
Tanto barulho tinha um forte motivo. O padre Gefisson, um dos mais queridos e respeitados pelos católicos de Belém, estaria sendo acusado de ter engravidado três fiéis. Uma das crianças já teria até nascido, há 1 ano. E fontes de dentro da Igreja reforçavam os casos amorosos do religioso. O mais recente deles teria sido com a fotógrafa Jamile Amorin, responsável por registrar missas
realizadas por Geffison.

AMOR

Agora, 3 meses após o início de toda a confusão, o padre Geffison reaparece em fotos românticas, com direito a beijo na boca e buquê de flores. Pelas 3 imagens, que circularam em grupos de redes sociais, fica nítido o amor entre Geffisson e uma moça que, segundo fiéis que a conhecem, é justamente a fotógrafa Jamile. “Eles se casaram e estão felicíssimos”, afirmou uma pessoa próxima ao padre. A mesma pessoa garante que ele largou a batina por causa de Jamile, informação que a Igreja Católica não confirma e nem nega. A verdade é que, pelas fotos, o casal exala a alegria dos novos amantes, trocando beijos carinhosos, afagos e sorrisos apaixonados. Mas quase nada se sabe a respeito dessas fotos. Quando foram feitas? Onde o casal está? Seriam as imagens do dia do casamento? As respostas a essas perguntas são um mistério.
Uma fonte da Arquidiocese de Belém - que pediu para não ter o nome divulgado, temendo represálias -, no entanto, confirma que as fotos são recentes e que “o padre Geffison está muito feliz e apaixonado”. “Ele fez tanta coisa boa pela Igreja e pelos fiéis. Ele merece ser feliz”, diz a fonte.
O padre mais famoso e carismático de Belém reapareceu em fotos românticas, com direito a beijo na boca e buquê de flores. Ele já teria até se casado. (Fotos: Via Whatsapp)
Quando o caso do padre Geffison explodiu em Belém, o DIÁRIO fez uma grande reportagem, tentando esclarecer o assunto. Depoimentos de diversas pessoas contradiziam a nota oficial divulgada pela Basílica de Nazaré para justificar o afastamento repentino do religioso. Temendo represálias da Igreja e de outros fiéis, todos os entrevistados só concordaram em falar sob a garantia de terem seus nomes preservados.
Um funcionário da própria Basílica fez uma revelação forte. Segundo ele, já era de conhecimento da direção da Igreja que o padre Geffison tinha uma filha, nascida há 1 ano. “A mãe dessa criança é uma moça que também trabalhava na Basílica”, afirmou o entrevistado, que passou o nome da mulher ao DIÁRIO, cujas iniciais são N.S. (o jornal optou por não revelar o nome, por respeito aos envolvidos). Um fato intrigante: em sua página na rede social, N.S. deletou todas as fotos que tinha publicado com sua filha, uma menina de aparentemente 1 ano.
OUTRO RELACIONAMENTO
De acordo com o funcionário da Basílica, em outubro do ano passado - poucos dias antes do Círio de Nazaré -, o conselho da igreja se reuniu para tratar de outra situação de Geffison. “Eles tinham ficado sabendo que o padre havia se relacionado com outra moça e que ela estava grávida”, disse. Essa mulher seria a fotógrafa Jamile Amorin, que trabalhava nos eventos comandados pelo padre. Com a nova notícia, os líderes da Basílica decidiram afastar Geffison de suas funções.
Procurada pelo DIÁRIO para falar das novas fotos do padre Geffison, a assessoria da Basílica de Nazaré disse, por telefone, que não comentaria o assunto. Diante da gravidade e seriedade do caso, o jornal insistiu, enviando e-mail à assessoria. Até o fechamento desta edição, porém, nenhuma resposta foi enviada ao DIÁRIO. Não se sabe, sequer, se Geffison ainda é padre ou se foi expulso da Igreja.

Diário do Pará