.

.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

OFICINA DE MICROPROJETOS NA PARAÍBA

COMUNICADO: 31/08/2009 - A cidade paraibana de Campina Grande irá receber dia 04 de setembro, a partir das 8h, a Oficina de Capacitação do Edital Microprojetos Mais Cultura do Ministério da Cultura. A oficina irá acontecer no Teatro Rosil Cavalcanti do Centro Cultural Lourdes Ramalho, e será ministrada por José Maurício, assessor da Fundação Nacional de Artes (Funarte). Na ocasião, também serão realizados debates sobre as ações do Programa Mais Cultura, Sistema Nacional de Cultura e Conferências Municipais de Cultura. A Funarte e o Ministério da Cultura em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil, através do Instituto Nordeste Cidadania e da Secretaria de Estado da Educação e Cultura da Paraíba tornaram público o Edital para o Programa de Apoio a Microprojetos Culturais voltado para municípios integrantes da Região do Semiárido brasileiro. O edital de Microprojetos tem por finalidade fomentar e incentivar artistas, grupos artísticos independentes e pequenos produtores culturais. Estão confirmadas as presenças de Alice Monteiro, Presidente do Fórum de Cultura e Turismo do Cariri Paraibano, Valquíria Farias, da Subsecretaria Executiva de Cultura do Estado da Paraíba. O evento é promovido pela Subsecretaria Executiva de Cultura do Estado da Paraíba, pela Funarte/MinC, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campina Grande. Mais informações: www.cultura.gov.br

CONVITE

A Subsecretaria Executiva de Cultura do Estado da Paraíba, a Funarte/MinC, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campina Grande convidam Vossas Senhorias/Excelências, prefeitos e gestores culturais dos municípios abaixo relacionados, para participarem da Oficina de Capacitação Edital Microprojetos Mais Cultura. Buscando implementar as diretrizes traçadas pelo Programa Mais Cultura, regulamentado no Decreto nº. 6.226, de 4/10/2007, a Funarte e o Ministério da Cultura em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil, através do Instituto Nordeste Cidadania e da Secretaria de Estado da Educação e Cultura da Paraíba tornaram público o Edital para o PROGRAMA DE APOIO A MICROPROJETOS CULTURAIS, voltado para municípios integrantes da Região do Semi árido brasileiro. O objeto deste Edital é o financiamento não reembolsável de Microprojetos Culturais na Região do Semi árido Brasileiro e tem como finalidade fomentar e incentivar artistas, grupos artísticos independentes e pequenos produtores culturais. Nos 170 municípios do semi-árido paraibano, os projetos financiados deverão abranger ações culturais destinadas a jovens de 17 a 29 anos, no sentido de promover a diversidade cultural. A Funarte está disponibilizando para o Edital da Paraíba 1,85 milhão de reais. A Oficina será realizada no próximo dia 04 de setembro de 2009, no Teatro Rosil Cavalcanti do Centro Cultural Lourdes Ramalho a partir das 08:00 da manhã. A oficina para o edital será coordenada por José Maurício representante da Funarte no Rio de Janeiro. Na oportunidade, também serão realizados debates sobre as ações do Programa Mais Cultura do Ministério da Cultura, assim como sobre o Sistema Nacional de Cultura e sobre a importância da realização das Conferências Municipais de Cultura. Estão confirmadas as presenças de Alice Monteiro, Presidente do Fórum de Turismo e Cultura do Cariri Paraibano e Valquíria Farias, Gerente de Cultura. Cabe a Prefeitura Municipal de Pombal toda a infra-estrutura para a realização do evento, assim como hospedagem e alimentação dos palestrantes, ao município convidado cabe o deslocamento e alimentação dos seus representantes. A Subsecretaria de Cultura do Estado ficará responsável por enviar cópias do Edital Microprojetos e pelo deslocamento dos palestrantes no local de evento. Salientamos que a sua participação como agente multiplicador de cultura é de fundamental importância.

OFICINA DE MICROPROJETOS CULTURAIS Dia 04 de setembro de 2009 – Campina Grande – Paraíba Programação:

08:00 h – Credenciamento 08:30 h – Apresentação Cultural 09:00 h – Abertura 09:20 h – Conferência Municipal de Cultura - Rep. MinC (a definir) 10:20 h – Ações do Ministério da Cultura – MAIS CULTURA - Rep. MinC (a definir) 12:40 h – Almoço 14:00 h – Apresentação Cultural (opcional) 14:20 h – Desenvolvimento Cultural no Cariri Paraibano - Rep. Fórum do Cariri Paraibano - Alice Monteiro (confirmado) 15:00 h – Oficina de Microprojetos Culturais - Rep. Funarte Rio de Janeiro - José Maurício (confirmado) 16:20 h – Debates sobre a oficina 17:00 h – Apresentação Cultural (opcional) 17:20 h - Encerramento Municípios do semi-árido paraibano contemplados com o Edital, sintam-se convidados! Água Branca, Aguiar, Alcantil, Algodão de Jandaíra, Amparo, Aparecida, Arara, Araruna, Areia de Baraúnas, Areial, Aroeiras, Assunção, Bananeiras, Baraúna, Barra de Santa Rosa, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Belém do Brejo do Cruz, Bernardino Batista, Boa Ventura, Boa Vista, Bom Jesus, Bom Sucesso, Bonito de Santa Fé, Boqueirão, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Cabaceiras, Cachoeira dos Índios, Cacimba de Areia, Cacimba de Dentro, Cacimbas, Caiçara, Cajazeiras, Cajazeirinhas, Camalaú, Campina Grande (sede do evento), Caraúbas, Carrapateira, Casserengue, Catingueira, Catolé do Rocha, Caturité, Conceição, Condado, Congo, Coremas, Coiola, Cubati, Cuité, Curral Velho, Damião, Desterro, Diamante, Dona Inês, Emas, Esperança, Fagundes, Frei Martinho, Gado Bravo, Gurjão, Ibiara, Igaracy, Imaculada, Ingá, Itabaiana, Itaporanga, Itatuba, Jericó, Juazeirinho, Junco do Seridó, Juru, Lagoa, Lagoa Seca, Lastro, Livramento, Logradouro, Mãe d'agua, Malta, Manaíra, Marizópolis, Massaranduba, Mato Grosso, Maturéia, Mogeiro, Montadas, Monte Horebe, Monteiro, Natuba, Nazarezinho, Nova Floresta, Nova Olinda, Nova Palmeira, Olho d'agua, Olivedos, Ouro Velho, Parari, Passagem, Patos, Paulista, Pedra Branca, Pedra Lavrada, Piancó, Picuí, Pocinhos, Poço Dantas, Poço de José de Moura, Pombal, Prata, Princesa Isabel, Puinanã, Queimadas, Quiaba, Remígio, Riachão, Riachão do Bacamarte, Riacho de Santo Antônio, Riacho dos Cavalos, Salgadinho, Salgado de São Félix, Santa Cecília de Umbuzeiro, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Inês, Santa Luzia, Teresinha, Santana de Mangueira, Santana dos Garrotes, Santarém, Santo André, São Bento, São Bento de Pombal, São Domingos de Pombal, São Domingos do Cariri, São Francisco, São João do Cariri, São João do Rio do Peixe, São João do Tigre, São José da Lagoa Tapada, São José de Caiana, São José de Espinharas, São José de Piranhas, São José de Princesa, São José do Bonfim, São José do Brejo do Cruz, São José do Sabugi, São José dos Cordeiros, São Mamede, São Sebastião de Lagoa de Roça, São Sebastião do Umbuzeiro, Seridó, Serra Branca, Serra Grande, Solânea, Soledade, Sossego, Sousa, Sumé, Tacima, Taperoá, Tavares, Teixeira, Tenório, Triunfo, Uiraúna, Umbuzeiro, Várzea, Vieirópolis, Vista Serrana, Zabelê. Informações: ALEXANDRE TAN contato - alexandretan@ig.com.br Valquíria Farias SUBSECRETARIA EXECUTIVA DE CULTURA DE ESTADO DA PARAÍBA Contato – 93119966 - 8709 0555 valquiriafarias@gmail.com Atenciosamente,

Valquiria Farias

Gerência Executiva de Cultura

Subsecretaria Executiva de Cultura da Paraíba

83 3218 4167

valquiriafarias@gmail.com http://www.sec.pb.gov.br/cultura

TRANSPOSIÇÃO: QUE O GOVERNO FEDERAL NÃO NOS ILUDA

NOTA: 31/08/2009 – Imagem: Arquivo - Apesar do projeto de transposição estar em andamento, conforme noticia o governo federal, percebo certa lentidão na execução dessa bendita obra. Penso, sem medo de errar, que não existe um interesse, como convém, por parte da classe política por esse projeto redentor. Por isso, volto a dizer com muita propriedade: Há, indubitavelmente, um silêncio sepulcral quanto à transposição.

Ás vezes me vem alguns questionamentos: será que o canal adutor do eixo leste será inaugurado no ano que vem, como deseja o governo federal? Será que o povo paraibano vai beber água vinda do São Francisco, no ano que vem? Será que, de fato, a redenção vai começar no próximo ano? 2010 será o ano da vinda das benditas águas do velho Chico? Será que a promessa do Presidente Lula vai ser cumprida?

Gostaria de saber do governo Federal uma resposta contundente, verdadeira, honesta sobre essas perguntas feitas pelo o povo sofredor de minha querida Paraíba.

Nada de enganação, de ilusão, de politicagem. O povo não pode ser mais enganado, ludibriado, tratado como massa de manobra. O povo quer solução e não politicagem.

Senhor presidente Lula, vai ou não vai inaugurar o canal adutor do eixo leste, no ano que vem? Queremos sua resposta honesta.Não dá mais para esperar,pois a seca já começa a maltratar milhares de paraibanos.Caso sua promessa não seja cumprida, vamos passar para a história ,como um povo extremamente enganado.E a decepção e revolta falarão alto.Vou ver para crer.

Santa Cruz, 31 de agosto de 2009.

Padre Djacy Brasileiro - Fone: (83) 3536-1119

Treinamento sobre o controle e prevenção da raiva tem continuidade em setembro

SAÚDE: 31/08/2009 – Imagem: Arquivo - SES capacita profissionais de saúde da região de Sousa sobre controle e prevenção da raiva.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) dará continuidade, neste mês de setembro, à série de treinamentos de profissionais de saúde sobre o controle e prevenção da raiva animal e humana. A partir desta terça-feira (1º), haverá capacitação no município de Sousa, que deve reunir representantes das 8ª, 9ª e 10ª gerências regionais de Saúde. No último mês, já foram treinados 325 profissionais das áreas de Vigilância Epidemiológica, Imunização e Vigilância Ambiental, das macrorregionais de Patos e Campina Grande.

No período de 15 a 17 de setembro serão treinados os profissionais da 1ª macrorregional, em João Pessoa, que é formada pelas 1ª, 2ª e 12ª gerências regionais. O chefe do Núcleo de Zoonoses da SES, Francisco de Assis Azevedo, explicou que os profissionais estão recebendo uma atualização sobre raiva: animal e humana e discutindo ações e estratégias que serão adotadas durante a campanha nacional contra a raiva animal que acontecerá no dia 17 de outubro.

Uso de nova vacina - Assis explicou que a participação dos profissionais de saúde nessas capacitações é de grande importância, uma vez que nessa próxima campanha contra a raiva animal estará sendo usada uma nova vacina com maior poder imunogênico e ação mais duradoura. Com relação à raiva humana, Francisco de Assis disse que os profissionais estão recebendo informações de como proceder no atendimento às pessoas agredidas por animais e encaminhá-las aos serviços de saúde para receberem os devidos cuidados e orientações. De acordo com os dados do Núcleo de Zoonoses da SES, este ano foi registrado dois casos de raiva em animais silvestres (raposas), nos municípios de Sossego e Frei Martinho. No ano passado, foram registrados dois casos de raiva bovina em Picuí e Boa Vista e um caso de raiva animal no município de Juarez Távora. A capacitação dos profissionais de saúde é importante para garantir a vigilância e evitar a doença.

A doença - A raiva é uma doença provocada por vírus, caracterizada por sintomatologia nervosa que acomete animais e seres humanos. Transmitida por cão, gato, rato, bovino, eqüino, suíno, macaco, morcego e animais silvestres, através da mordedura ou lambedura da mucosa ou pele lesionada por animais raivosos, mesmo não existindo necessariamente agressão.

A doença acomete principalmente os mamíferos e pode ser transmitida ao homem, sendo, portanto, uma zoonose causada por um vírus mortal, tanto para os homens quanto para os animais. A doença envolve o sistema nervoso central, levando ao óbito após curta evolução da doença. A imunidade pode ser adquirida através da vacinação.

Os animais silvestres são reservatórios primários para a raiva na maior parte do mundo, mas os animais domésticos de estimação são as principais fontes de transmissão para os seres humanos. O principal animal que transmite a raiva ao homem é o cão.

Assessoria de Imprensa da SES-PB

Presidente da Câmara de Cajazeiras chama administração de Léo de incompetente

POLÍTICA: 31/08/2009 – Imagem: Júnior Barreto - A boa convivência entre o Legislativo e o Executivo de Cajazeiras, parece está estremecida. O presidente da Câmara municipal, vereador Marcos Barros de Souza (PSDB), detonou e chamou de incompetente a administração do prefeito Léo Abreu. Para o vereador, a administração ainda não se encontrou, “a nota que podemos dar ao atual governo de Cajazeiras é, nota 4, a gestão do prefeito cajazeirense ainda deixa muito a desejar, espero que mude com o fim da crise”, frisou Marcos. Segundo o presidente da Câmara, os secretários são inoperantes e não contribuem para o desenvolvimento da cidade. A cidade de Cajazeiras estava crescendo em um ritmo acelerado e agora tudo parou, disse Marcos. O vereador tucano admitiu que o relacionamento entre executivo e legislativo ainda, é bastante amistoso e que a Câmara tem contribuído para o desenvolvimento da cidade, “temos aprovado na Câmara, os projetos encaminhados pelo prefeito que são de interesse popular, não fazemos oposição por fazer, queremos ver a cidade crescer”. Fonte: Joselito Feitosa