quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Jovem conhecido por “Saci” é assassinado na noite desta quarta-feira (17) no Bairro da Esperança em Cajazeiras

A Polícia Militar foi acionada na noite desta quarta-feira (17) por volta das 20hs00, para uma ocorrência nas proximidades do Seminário, na Rua Luiz Paulo Silva, no Bairro da Esperança em Cajazeiras, em atendimento ao chamado de populares, que informaram sobre um crime de morte.

Ao chegar ao referido local, a guarnição se deparou com o corpo de Francisco Carlos da Silva, um jovem conhecido pela alcunha de “Saci”, de 24 anos, caído ao solo com perfurações e ferimentos a bala.

De acordo com populares, dois elementos se aproximaram da vítima numa motocicleta e efetuaram vários disparos e em seguida foragiram tomando rumo ignorado. O SAMU ainda foi acionado, porém, nada pôde ser feito. A Polícia Civil tomou à frente do caso e encaminhou o corpo para o IML da cidade de Patos.

Diligências estão sendo realizadas na intenção de localizar e prender os autores do crime. A polícia trabalha com várias linhas de investigação e, acerto de contas pode ser uma delas.


Fotos: WhatsApp
Redação – Folha VIP de Cajazeiras

"Júnior do Loteamento" poderá lançar nome como pré- candidato a prefeito de Cachoeira dos Índios em 2020

A disputa pela Prefeitura de Cachoeira dos Índios, promete ser uma das mais acirradas dos  últimos anos. Com o final das eleições na Paraíba e tendo os quatro candidatos sendo votados e apoiados pelos representantes cachoeirenses: Jeová Campos (PSB), Estela Bezerra (PSB), Dra. Paula Francinete (PP) e, Junior Araújo (AVANTE). 

Nota-se que a repercussão ficou maior entre o eleitorado de Cachoeira dos Índios com a vitória do candidato eleito a deputado estadual Junior Araújo.

Junior Araújo teve o apoio de "Junior do Loteamento" e do irmão Bosco que conseguiram desbancar o atual prefeito Alan Seixas que apoiou a candidata Estela Bezerra e os dois ex-prefeitos "Bodinho" e "Teta Francisco" que apoiaram Jeová Campos.

De acordo com informações "Júnior do Loteamento" poderá ser mais um opção para os eleitores cachoeirenses na disputa para prefeito em 2020.

O sentimento de renovação parece ser iminente, em Cachoeira dos Índios, o motivo principal é a gestão do atual governo municipal que não consegue agradar a população.


Fonte: Alberto Dias

Deputado Jeová faz duro discurso contra Bolsonaro, diz que ele não respeitará instituições e que fala uma coisa mas pensa outra

Como alguém ousa dizer que combate a corrupção se só anda com corrupto? Essa frase abriu o duro discurso feito hoje (17), pelo deputado estadual Jeová Campos (PSB), durante sessão na ALPB. O parlamentar lembrou ainda que 99% dos líderes políticos dos partidos que apoiam a candidatura de Bolsonaro, apoiam o governo de Temer e boa parte deles estão envolvidos em escândalos de corrução. “É muita incoerência fazer um discurso de combate à corrupção quando se vira para todos os lados do palanque do 17 e só tem corruptos, olha para traz só tem os golpistas que apoiaram Michel Temer e olha para frente só tem Michel Temer”, destacou Jeová.

Outro ponto de crítica do parlamentar foi em relação as posturas inconsistentes do candidato. “Como é que um candidato a presidência dá declarações contra o Bolsa Família e agora afirma que é uma desumanidade acabar com o Bolsa Família. Há pouco tempo, ele dizia que não estuprava mulher feia, eu mulher tinha que ganhar menos e agora diz que não tem nenhum problema com mulher. Que na votação do impeachment de Dilma elogiou um torturador e nos dias atuais diz que é compromissado com os direitos humanos. Afinal de contas, nós estamos falando com quem?, questionou Jeová.

Outro ponto de críticas foi em relação à postura de Bolsonaro no que diz respeito as armas. “Eu me pergunto como é que se vai combater violência fomentando o estímulo ao armamento da população? Quem de nós não teria cometido um erro grave na vida se tivesse uma pistola na cintura em determinados momentos?”, disse Jeová que também criticou a ausência do candidato nos debates. “Eu não posso entender que alguém que queira ajudar a democracia, fortalecer as instituições, ajudar o Brasil a encontrar um novo caminho se negue a ir a um debate político. Como vamos saber efetivamente o que pensa esse candidato dada as suas constantes contradições, se ele diz uma coisa numa semana e na outra diz outra completamente distinta”, frisou o deputado.

Jeová levantou ainda algumas questões que, segundo ele, precisam ser esclarecidas para o eleitorado. “Precisamos saber dele como ele vai gerar empregos neste país que precisa de 20 milhões de empregos. Como vai se dar a reorganização do estado nacional, como ficará a Petrobras, será privatizada? E as nossas riquezas, serão entregues de bandeja ao capital estrangeiro? Como vai se dar a relação com o Poder Judiciário? Ele vai mudar seu posicionamento como presidente em relação ao congelamento de 20 anos nos investimentos na saúde e educação que foram aprovados com o voto dele na condição de deputado federal?”, questionou Jeová.

Ainda segundo o parlamentar, a questão sobre não respeitar a listra tríplice para indicação do Procurador Geral da República, o preocupa demasiadamente. “Bolsonaro já disse que não vai respeitar a listra tríplice para indicação do Procurador Geral da República. E o que significa isso? Significa não respeitar a vontade soberana das instituições. Todos os presidentes, desde Fernando Henrique, sempre escolheram dentro da lista tríplice. Bolsonaro disse que não agirá assim e ai eu pergunto: Como vai se respeitar a democracia desta forma já que a Procuradoria é uma das instituições mais importantes da República”,  reforçou o parlamentar, que também é advogado.

Segundo Jeová essa afirmação de Bolsonaro significa uma intervenção direta na instituição, que comprometerá indubitavelmente os inquéritos que serão tocados de acordo com o interesse do Presidente da República e não da Nação. “Eu sinceramente não posso deixar de mostrar minha inquietação e meu constrangimento, porque isso significa uma insensatez, uma insanidade, aliás, isso é tudo o que significa essa candidatura. Espero que o povo acorde deste transe e consiga enxergar o que está por trás desta candidatura que eu diria até que é de um lobo vestido em pelo de cordeiro”, finalizou Jeová.


Assessoria

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Paula reage à denúncia de uso da Prefeitura: “Coisa de oposição raivosa”


“É fake news”. Foi assim que a primeira-dama de Cajazeiras e deputada estadual eleita, Paula Francinete (PP) reagiu à denúncia de uso da máquina pública da Prefeitura da cidade em favor de sua candidatura. A afirmação foi feita na tarde desta terça-feira (16) pelo deputado estadual eleito, Júnior Araújo (Avante).

“Eles continuam fazendo isso. Foi na minha campanha, foi quando assumi a Secretaria de Saúde. Isso são resquícios de uma oposição raivosa”, disse a médica, em contato com o Blog.

Junior denunciou no Arapuan Verdade (Rede Arapuan), o que chamou de “balcão de negócios” montado na Prefeitura para eleger a primeira-dama.

Ele sugeriu a existência de nomeações na estrutura municipal de cabos eleitorais que apoiaram a candidatura de Paula e liberação de exames médicos em municípios onde ela foi votada.

A deputada eleita nega.

Veja como foi:




Com Heron Cid

Quem faz apologia a tortura não merece o meu respeito e muito menos a acolhida do povo brasileiro


“A apologia a tortura é inadmissível, é um crime inafiançável, é um crime abominável e quem faz apologia ao crime e a tortura não merece o meu respeito, nem muito menos do povo brasileiro. Pode ser um pai de família, pode ser um exemplo de  vida, mas, qualquer pessoa que vier fazer apologia a tortura ou elogiar torturador é merecedor de meu enfrentamento porque não se trata de disputa eleitoral, de disputa de projeto político, se trata de uma questão inegociável que é a de defender os direitos humanos e combater a violência”, disse hoje (16), o deputado estadual, Jeová Campos (PSB) durante discurso na ALPB. Outros parlamentares também se manifestaram contra a violência e posições extremistas do candidato à Presidência da República pelo PSL que faz oposição a Fernando Haddad, a exemplo de Frei Anastácio e Anísio Maia.

O deputado Jeová lembrou que a Declaração Universal de Direitos Humanos destaca a tortura como crime inafiançável. “Não esqueço nunca da declaração do candidato Bolsonaro quando na votação do impeachment de Dilma Rousseff, ele fez homenagem a Ustra, um dos torturadores mais cruéis que se tem notícia. Ai eu pergunto: como alguém que quer ser presidente da República, homenageia com tanto orgulho um torturador, faz uma defesa pública de uma das práticas mais abomináveis e ainda tem a acolhida do povo brasileiro? O que leva uma pessoa a defender um armamento em massa? A trocar um livro por uma arma”, destacou o parlamentar.

Ainda segundo Jeová, somente a escolha do livro em detrimento da arma, salva as pessoas e torna a sociedade mais fraterna. “Eu prefiro trocar a arma por um livro, pois, o livro é esperança, enquanto a arma é violência. O livro constrói a paz, a arma fomenta a guerra”, disse Jeová, lembrando a linda ‘Caminhada dos Livros’ promovida pró candidatura de Haddad, nesta segunda-feira, em João Pessoa, numa alusão as comemorações do Dia do Professor, onde militantes, muitos dos quais professores, caminharam portando livros e pedindo paz. 

“O que está acontecendo com o povo brasileiro que não está enxergando o perigo que estamos correndo?”, reiterou Jeová, dizendo que não vai poupar esforços para impedir o avanço deste projeto que ele considera desastroso para o Brasil. “A candidatura de Haddad tem cara e cor, tem projeto, tem propostas e a outra? Essa não tem nada e faz questão de não mostrar se esquivando dos debates”, finalizou Jeová.


Assessoria

Especulação: Raelza Borges tem nome lembrado para substituir Cristóvão Pinheiro na Secretaria de Saúde de Cajazeiras


Informações chegadas a nossa reportagem dão conta, que o atual Secretário Municipal de Saúde de Cajazeiras – o publicitário Cristóvão Pinheiro poderá deixar a importante pasta, para assumir a Chefia de Gabinete da Deputada Estadual eleita – Drª. Paula Francinete, esposa do prefeito José Aldemir.

Indo para à Assembleia Legislativa em João Pessoa, Cristóvão abre espaço na Secretaria de Saúde, oportunidade em que a atual Secretária de Políticas Públicas – poderá assumir o cargo, pois Raelza já esteve á frente da Secretaria de Saúde do Município na gestão do ex-prefeito Léo Abreu.

Ainda de acordo com pessoas ligadas à gestão do “Jeito Certo”, o prefeito José Aldemir teria sondado outras pessoas e chegou ao nome do médico cajazeirense Dr. Pablo de Almeida Leitão.

Uma pessoa ligada a gestão teria nos confidenciado que em janeiro haverá uma verdadeira “dança das cadeiras”, com alteração nas secretarias municipais.

Para alguma informação extra sobre o assunto acima mencionado, o leitor, ou as partes citadas podem entrar em contato pelo WhatsApp: (83) 9.9151.0310.


Redação – fmrural.com.br

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Homem tira a vida por meio de enforcamento na zona rural de Cajazeiras na manhã deste domingo (14)


O popular José Bezerra de Oliveira, conhecido por “Dedé” de 49 anos, residente no Zona Rural de Cajazeiras, cometeu suicídio na manhã do último domingo (14), por meio de enforcamento.

Segundo informações de vizinhos, Dedé estava depressivo e bebia em demasia. Ainda de acordo com amigos do mesmo, ele foi casado e tinha três filhos.

A Polícia Militar foi informada do trágico ocorrido, encaminhou uma guarnição para o local, tomou as medidas cabíveis e o corpo foi encaminhado para o IML de Patos. O velório e sepultamento deverá acontecer nesta segunda-feira (15).



quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Gobira lança candidatura a prefeito de Cajazeiras em 2020 e diz que terá uma mulher como candidata a vice

O sapateiro Luiz Antônio Lúcio Rangel (Gobira), que foi candidato a deputado federal nas eleições deste ano pela REDE SUSTENTABILIDADE, foi o entrevistado do programa Boca Quente desta quarta feira (10). Gobira esteve no noticioso para agradecer aos mais de 18 mil votos obtidos no pleito do último domingo (07).

Gobira disse que esteve visitando praticamente todas as cidades do Estado, batendo de porta em porta, e lamentou o fato de grande parte dos eleitores votarem em candidatos que nunca pisaram os pés em suas cidades, afirmando que a compra de voto foi o grande fator para a queda de sua votação em 2018.

Quanto a sair candidato a deputado estadual já que sua votação andou perto dos números para uma vaga na Assembléia Legislativa, o sapateiro disse que iria observar o desempenho dos três deputados eleitos por Cajazeiras e, caso os mesmos não correspondam aos anseios do povo ele deverá futuramente pleitear uma cadeira na Casa Epitácio Pessoa.

Já em relação as eleições de 2020, Antônio Gobira disse que será candidato a prefeito com certeza, já tendo, inclusive, uma mulher pré-candidata a vice, a qual não quis revelar o nome. Ele também adiantou que já conta com 10 nomes para a disputa à Câmara Municipal.


Com blog do furão

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Popular é alvejado à bala na manhã desta quarta-feira (10) em Cajazeiras


Um popular foi alvejado à bala na manhã desta quarta-feira (10), nas proximidades da UFCG, logo no término da Avenida José Donato Braga – “Estrada do Amor”, Zona Norte de Cajazeiras.

De acordo com informações de testemunhas, duas motocicletas ocupadas por dois indivíduos cada uma, seguiam a vítima Francisco Erinaldo Pereira Bezerra, de 51 anos e, em dado momento, ao se aproximarem do mesmo, foram efetuados vários disparos – atingindo braço e cabeça.

O SAMU foi acionado, realizou os primeiros socorros e em seguida conduziu Francisco para o HRC.

Guarnições da Polícia Miliar foram para o local, preservando a cena do crime e logo após ouvir alguns relatos deram inicio as diligências.

Até o momento ninguém foi identificado como suspeito.


Redação - Foto: Ângelo Lima

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Secretária de Cajazeiras intimida servidora após saber de agressão contra menor interno no CCA

Circulando nas redes sociais desde o inicio desta semana, áudio entre a Secretária Municipal de Desenvolvimento Humano – que tem a frente a professora Gerlane Moura e, uma servidora de pré-nome Denise, vem escandalizando os bastidores da gestão do prefeito José Aldemir.

Neste caso em tela, a servidora afirma que foi em socorro de um menino que havia sido agredido por uma monitora – onde a mesma possivelmente teria dito que chamaria a polícia, para tomar conta do problema, mas ao invés da coordenação do Centro de Atenção a Criança e ao Adolescente de Cajazeiras (CCA) tomar providências, a servidora foi chamada atenção e ameaçada de perder o emprego pela própria secretária municipal – como consta no link a seguir: CLIQUE AQUI!

De acordo com informações chegadas a nossa redação, a servidora de pré-nome Denise, foi exonerada logo após o resultado das eleições.


fmrural.com.br

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Educadores efetivos de Cajazeiras cobram pagamento de salários e protestam nas redes sociais


Professores do Sistema Municipal de Ensino de Cajazeiras, insatisfeitos com os constantes lançamentos e as publicações atrasadas da tabela de pagamento referente ao pagamento da classe, estão utilizando às redes sociais disponíveis para protestar contra o atraso.

Por outro lado, a Prefeitura de Cajazeiras divulgou a tabela – com o restante do pagamento referente ao mês de setembro – após o (quinto) dia útil.

Abaixo, algumas postagens:







fmrural.com.br

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Após audiência de custódia em Sousa quatro acusados de assalto à agência dos Correios de SJP são encaminhados ao Presídio de Cajazeiras


O crime aconteceu em São José de Piranhas, na úiltima segunda-feira (1º).

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) realizou, na tarde desta terça-feira (02), na Subseção Judiciária de Sousa, a audiência de custódia dos seis presos, em flagrante, na tentativa de assalto à agência dos Correios e Telégrafos de São José de Piranhas, no Alto Sertão do Estado, fato ocorrido na segunda-feira (1º) de outubro. Depois de serem ouvidos pelo juiz federal Diego Guimarães, da 8ª Vara, quatro acusados foram encaminhados para o Presídio de Cajazeiras e dois ficaram em liberdade provisória.

Os presos - que tiveram a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva - são: José Wilk Pereira, de 25 Anos; Marcos da Silva, 48; Valdemi Tenório da Silva, 41; Francisco Alexandre da Silva, 19. De acordo com o magistrado, há elementos suficientes para manutenção dessas prisões, com vistas a garantir a ordem pública. “A forma como o crime ocorreu mostra a periculosidade dos agentes envolvidos e associados, o que justifica a manutenção da prisão cautelar desses acusados”, ressaltou.

De acordo com os autos, a empreitada criminosa envolveu o manejo de quatro armas de fogo, de calibre 38, com munição em número significativo. Além disso, segundo relato colhido pela autoridade policial, os executores ainda teriam mantido clientes jovens e idosos como reféns, após subtrair armas e colete do segurança da agência/ETC, durante quase todo o momento das negociações, em fase prévia à rendição.

Já os que ficaram em liberdade provisória foram: Claudemir Oliveira Santos, 27; e Poliana Farias Estrela de Oliveira, 25. Com relação a esses acusados, houve dúvidas sobre o tipo de atuação criminosa realizada, e até sobre a vontade livre, consciente e dirigida para participar dos crimes de roubo e de quadrilha. “Entendo que não se justifica a manutenção prisão dos dois e, especialmente, em relação à Poliana, que é mãe de duas crianças, de 6 e 4 anos, e estudante do curso técnico de enfermagem, na cidade de Cajazeiras”, decidiu.

O crime - A tentativa de assalto à agência dos Correios e Telégrafos de São José de Piranhas aconteceu por volta das 8h dessa segunda-feira (1º). Dois agentes armados ingressaram na citada agência, anunciaram o assalto, renderam o segurança, mantiveram os clientes idosos que ali estavam como reféns e subtraíram o dinheiro que seria depositado por uma cliente. Enquanto aguardavam a abertura do cofre pelo sistema de segurança, foram pegos em flagrante pela polícia.

Relembro o caso 




Com informações da Assessoria

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Popular é atingido por disparos de arma de fogo no Cristo Rei em Cajazeiras


Um crime de morte foi registrado no final da tarde desta segunda-feira (1º), na Rua Maria Angelina Moreira - Bairro Cristo Rei, região leste de Cajazeiras.

Segundo informações, um popular identificado como Damião Alves de Sousa, 63 anos, estava em sua residência, quando um veículo Fiat Uno, cor preta teria se aproximado e, um dos ocupantes efetuou diversos disparos de arma de fogo contra a vítima, que ficou caída ao solo.

Damião foi socorrido momentos depois por uma equipe do SAMU, para o Hospital Regional de Cajazeiras, mas devido à gravidade dos ferimentos não resistiu e faleceu.

A Polícia Militar foi informada do crime e está realizando diligências pela região na tentativa de prender os acusados, que possivelmente fugiram com destino à Sousa.

O corpo da vítima será encaminhado ao NUMOL de Patos, onde será feito o exame cadavérico.

A vítima tinha havia sido detida no último dia (24) setembro, com uma arma de fogo.

Damião Alves era suspeito de ter praticado um homicídio recentemente na cidade de Sousa. bem como teve um filho assassinado há um mês e quinze dias.

Com informações de Ângelo Lima
Vídeo/Fotos: WhatsApp

Associação LGBT de Cajazeiras emite nota de repúdio em desfavor de servidor público por comportamento homofóbico em rede social

A Associação do Orgulho LGBT da cidade de Cajazeiras, no Sertão paraibano – emitiu neste domingo (30), uma Nota de Repúdio em desfavor de um servidor público de Cajazeiras, no tocante aos seus comentários e postagens consideradas homofóbicos nas redes sociais.

Abaixo, todo o conteúdo da Nota de Repúdio:



FM Rural de Cajazeiras