segunda-feira, 27 de junho de 2022

CG: Artistas se apresentam no Parque do Povo e mostram apoio à campanha “Forró Sim, Assédio Não”

Promovida pela Prefeitura de Campina Grande, ação defende combate a importunação sexual contra mulheres

A ação ‘Forró Sim, Assédio Não’, lançada neste mês de junho pela Prefeitura de Campina Grande, tornou-se a campanha oficial d’O Maior São João do Mundo de combate à importunação sexual contra mulheres.

Devido à grande repercussão e intenso trabalho realizado em promoção às políticas públicas para as mulheres, a campanha tem recebido a adesão de muitos artistas que se apresentaram no Parque do Povo.

Entre os que elogiaram a campanha e garantiram apoio estão as cantoras paraibanas Juliette e Elba Ramalho. As ações também chamaram a atenção do DJ Alok e dos cantores Felipe Araújo e Ramon Schnayder. O psicólogo Rossandro Klinjey também elogiou o trabalho desenvolvido pelas equipes.

Um dos objetivos da campanha é prestar assistência social às mulheres que se sentirem vulneráveis às situações de importunação, um crime frequente em ambiente de festas. Entre as ações mais 'comuns' estão os beijos roubados, toques físicos não consentidos e as piadas vexatórias. O crime está previsto no artigo 215-A do Código Penal, com pena mínima de um ano e máxima de cinco anos de prisão.

A Coordenadora Executiva da Mulher, Talita Lucena, ressaltou a importância desse apoio. “Tem sido de extrema importância recebermos esse apoio, uma vez que essa campanha demonstra o cuidado e a proteção que o nosso município tem tido com as mulheres Campinenses”, disse Talita.

A Campanha

A campanha ’Forró Sim, Assédio Não’ foi elaborada pela Prefeitura de Campina Grande, por meio da Coordenadoria da Mulher em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Entre as ações estão a distribuição de materiais educativos com um QRcode, que vai direcionar para uma página informativa da campanha.

A página, desenvolvida pela Secti, agrega todos os órgãos de proteção à mulher que podem ser acionados, em casos de violência e importunação, além de outros crimes em que as vítimas mais comuns são as mulheres.

O site está disponível em três idiomas: português, inglês e espanhol, permitindo contemplar as turistas estrangeiras que visitam a cidade nesse período junino. As pessoas poderão acessar o site através do endereço https://campinaparaelas. campinagrande.pb.gov.br

Parque do Povo

Além do site foi instalado um ponto físico, no Parque do Povo, onde são disponibilizados materiais educativos. Há também a orientação de advogadas, psicólogas e assistentes sociais para mulheres que passarem por situações de importunação sexual.

Juliette Freire e Talita Lucena 
Elba Ramalho (centro) 
Ramon Schnayder 
DJ Alok e Laryssa Almeida (Secti)
psicólogo Rossandro Klinjey  

 Prefeito Bruno Cunha Lima e a primeira-dama, Juliana Figueiredo Cunha Lima


Assessoria de Comunicação - PMCG

Hospital da FAP recebe R$ 8 milhões destinados por Veneziano e Nilda para aquisição de novo Acelerador Linear

Uma grande conquista para o tratamento oncológico de Campina Grande e região. Foi assim que os senadores Veneziano Vital do Rego (MDB-PB) e Nilda Gondim (MDB-PB) classificaram o pagamento das duas emendas parlamentares que os dois destinaram ao Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba - FAP.

Os recursos, oriundos de duas Emendas Parlamentares de Custeio, através do Fundo Nacional de Saúde, somam R$ 8 milhões, sendo R$ 4,1 milhões destinados por Veneziano e R$ 3,9 milhões destinados por Nilda Gondim.

As duas emendas foram pagas no último dia 22 deste mês e os recursos já estão disponibilizadas em conta corrente do hospital para a aquisição do novo Acelerador Linear.

“Temos que celebrar esta grande conquista, que irá contribuir em muito para o belíssimo trabalho que a FAP realiza, em salvar vidas”, afirmou Veneziano. “Temos a certeza de que este investimento será de enorme importância para o tratamento oncológico de Campina Grande e região”, destacou Nilda Gondim.

Veneziano e Nilda Gondim tem destinado recursos à FAP todos os anos, seja como deputados federais ou como senadores, tanto para custeio como para a aquisição de equipamentos e medicamentos. A FAP atende pacientes que necessitam de tratamento oncológico de Campina Grande e de outros quase 150 municípios paraibanos.


Assessoria de Imprensa

Adama e Agromape promovem palestras sobre manejo e produtividade na Asplan

O manejo do solo influencia na quantidade e qualidade da matéria orgânica do solo a qual tem estreita relação com os atributos químicos, físicos e biológicos do solo, refletindo diretamente na produtividade das culturas e na manutenção da qualidade do solo. E é justamente sobre essa temática que na próxima quarta-feira (29), produtores canavieiros da Paraíba terão a oportunidade de se aprofundar durante o evento ‘Doutores da Cana’. Promovido pela Adama e Agromape, com apoio da Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), o evento acontecerá a partir das 8h30, no auditório da sede da Associação, em João Pessoa, e é aberto ao público interessado.

O ‘Doutores da Cana’ vai contar com a participação do Professor Doutor, Emídio Cantídio que vai abordar o tema ‘Manejo de estresse abiótico em cana-de-açúcar’, com o Dr. Luiz Cláudio que vai falar sobre ‘Fatores que afetam a produtividade dos canaviais do Nordeste’ e ainda com o consultor técnico e agrônomo, Dr. Benon Barreto que vai falar sobre ‘Fundamentos para condicionar o solo afim de se obter maiores produtividades’.

O diretor do Departamento Técnico da Asplan, Neto Siqueira, destaca a importância do evento. “Todos os palestrantes têm grandes conhecimentos de causa, são especialistas nestes assuntos e vão abordar questões que são muito importantes para os produtores melhorarem suas lavouras”, destaca Neto, convidando os associados a prestigiarem o momento.


Assessoria 

Parceria público-privada já beneficiou mais de 2 mil alunos LGBTQIAP+ com bolsas de estudos gratuitas na PB

Nesta terça-feira (28), Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAP+, a parceria entre o Governo do Estado e o Centro de Ensino Educa Nexus comemora os mais de 2 mil alunos beneficiados com bolsas gratuitas de estudo, sendo 300 só neste ano. A iniciativa atende a jovens e adultos LGBTQIAP+ por meio de aulas ministradas no formato on-line, que duram de 12 a 18 meses. São bolsas da Educação de Jovens e Adultos (EJA), em João Pessoa e Campina Grande, que serão ampliadas, em breve, para todo estado.

Um dos estudantes beneficiados é Cristiano Silva Oliveira, de 28 anos, residente do bairro de Araxá, em Campina Grande. Ele parou de estudar no 9º ano do ensino fundamental e viu na parceria uma chance de voltar a estudar. “Sou gay e trabalho realizando trabalhos domésticos numa casa de família. Soube das bolsas de estudo por meio de um amigo. Sem pensar, logo fui fazer o meu cadastro para começar as aulas. Tudo tem sido feito de forma on-line e estou muito feliz em estudar de novo. Só Deus sabe a felicidade que eu sinto todas as vezes em que assisto as aulas e sem pagar nada”, declarou.

De acordo com Alcimar Martins, CEO do Educa Nexus, é importante ter políticas públicas que olhem e abram portas para o público LGBTQIAP+, que sofre com preconceito e falta de oportunidades. “Nós acreditamos que a educação é a parte mais importante na vida das pessoas. É um direito de todos. Por isso, temos diversos programas de inclusão, com bolsas, projetos, palestras e demais atividades para grupos como esse. Só através dos estudos é possível entrar no mercado de trabalho com mais dignidade”, disse.

Para ter acesso a uma das vagas, as pessoas interessadas devem procurar um Centro LGBTQIAP+ (em João Pessoa ou Campina Grande) ou a Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana do Estado, para saber como funciona o processo de cadastro e matrícula.


Assessoria 

sexta-feira, 24 de junho de 2022

O governo Bolsonaro é uma farsa e a prisão do ex-ministro é apenas a ponta do iceberg da corrupção que se instalou no país afirma Jeová

A prisão ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, alvo de investigações por corrupção na liberação de verbas do Ministério, a partir de um suposto esquema de tráfico de influência envolvendo pastores evangélicos, segundo o deputado estadual paraibano, Jeová Campos, é apenas a ponta de um iceberg de corrupção que existe no governo Bolsonaro. “Esse governo é uma farsa, tem orçamento secreto, filhos comprando mansões incompatíveis com seus ganhos, enfim, não tem nada de anticorrupção, muito pelo contrário”, reiterou o parlamentar.

Jeová lamentou a suspensão da prisão preventiva do ex-ministro determinada pelo desembargador Ney Bello, do Distrito Federal, na manhã da última quinta-feira (23). “O ministro tem muita coisa a falar e a suspensão da prisão pode atrapalhar as investigações”, disse Jeová.

Em sua decisão, o desembargador destaca que: “Ante o exposto, defiro a liminar, se por outro motivo o paciente Milton Ribeiro não estiver segregado, para cassar a sua prisão preventiva, até o julgamento de mérito pelo colegiado da Terceira Turma deste TRF da 1ª. Região”.

Além do ex-ministro, foram presos por ordens judiciais emitidas pela 15ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal, pastores Arilton Moura e Gilmar Santos, apontados como lobistas que atuavam no MEC e que mesmo sem mandatos ou cargos tinham notória interferência nas decisões do MEC, especialmente, no tocante a liberação de verbas do ministério.

“Há denúncias de prefeitos que eram abordados com pedidos de propina para liberação de recursos do MEC, há um vídeo do ex-ministro dizendo que o próprio presidente disse para que ele direcionasse verbas para as prefeituras que os pastores orientassem, a PF já identificou depósito suspeito na conta do ex-ministro, enfim, esse caso é apenas a ponta de um grande iceberg de corrupção que se instalou no país junto com esse (des)governo”, finaliza Jeová.

Assessoria

quinta-feira, 23 de junho de 2022

Anísio Maia inaugura, ao lado de João Azevêdo, Casa de Acolhida LGBTQIAP+ na Paraíba

Foi inaugurada na manhã desta última terça (21), a Casa de Acolhida LGBTQIAP+ da Paraíba - Cris Nagô, situada na na Rua Evaldo Wanderley, no bairro Tambauzinho, em João Pessoa. O espaço foi fruto da propositura do Deputado Estadual Anísio Maia, a partir de diálogo com os movimentos LGBTQIAP+ do Estado.

“Existia uma grande dificuldade para a população da comunidade LGBTQIAP+ em situação de risco. As pessoas que sofriam violência e abandono da família não tinham um espaço de acolhimento e proteção, mas agora isso mudou”, destacou Anísio. 

A casa criada com o intuito de receber a população LGBTQIAP+ em situação de vulnerabilidade,  abandono familiar, em situação de rua e de violência é a primeira  implantada na Paraíba,  terá inicialmente a capacidade de atender até 25 pessoas no período de até 120 dias,  e será  coordenada pela Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana.

O atendimento funcionará 24 horas por dia, e contará com atendimento de profissionais de diversas áreas como enfermagem, psicologia, serviço social, pedagogia, assessoria jurídica e educação social. Os casos serão encaminhados para o espaço após atendimento nos Centros de Referências dos Direitos de LGBTQIAP+ e Enfrentamento à LGBTQAIP+fobia de João Pessoa e Campina Grande.

“As pessoas que precisarem desse acolhimento terão apoio, proteção, e serão assistidas por meio de uma equipe multidisciplinar, em uma infraestrutura muito adequada e muito confortável. isso é o tratamento que a comunidadeLGBTQIAP+ merece”, destacou o parlamentar. 

O governador João Azevêdo celebrou a ação e propositura do Deputado Anísio Maia, realizada a partir de emenda parlamentar. “Agradecer ao Deputado Anísio Maia, que foi autor da proposta indicativa. Parabéns, companheiro”.

Estiveram presentes também Lidia Moura (secretária de estado da Mulher e da Diversidade Humana), Tibério Limeira (Secretária de Desenvolvimento Humano), Roberto Paulino (chefe de Governo), Cristiana Araújo (executiva da Mulher e Diversidade Humana) , Fernando Luiz (gerente executivo de Direitos Sexuais e LGBTQIAP+), Sandra Marrocos (ex vereadora de João Pessoa), Sueli Soares (irmã da homenageada Cris Nagô), bem como de participação de representantes do Movimento LGBT da Paraíba, como o MEL e CORAL, entidades de Direitos Humanos e diversos órgãos governamentais.

Assessoria

Integrante da comissão de educação da Câmara, Pedro se cala diante do escândalo do MEC

O deputado federal e pré-candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB), que já presidiu a Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, foi questionado ontem, quarta-feira (22), tanto por suas redes socais, como pela sua assessoria a comentar a prisão do ex-ministro do MEC, Milton Ribeiro, preso durante a operação Acesso Pago, que investiga um esquema de corrupção e tráfico de influência para a liberação de verba dentro da pasta. Pedro, que recentemente esteve em solenidade com o presidente Jair Bolsonaro na Paraíba, preferiu se calar diante do escândalo do MEC.

Aproximação de Pedro com Bolsonaro -Questionado sobre esse escândalo, Pedro não respondeu aos inúmeros apelos da reportagem, bem como sua assessoria. Recentemente a Folha de São Paulo trouxe que o tucano paraibano teria iniciado um movimento de aproximação com o presidente Jair Bolsonaro, onde há poucos dias, Pedro prestigiou Bolsonaro numa solenidade na cidade de Itatuba (110 km de João Pessoa). Confira detalhes: https://paraibaonline.com.br/politica/2022/05/09/folha-de-sao-paulo-pedro-cunha-lima-se-aproxima-de-bolsonaro/

Em 2019, quando presidia a Comissão de Educação da Câmara, Pedro criticava veementemente o MEC na gestão Bolsonaro. O que surpreende com o silêncio do parlamentar sobre esse caso. Veja mais detalhes: https://www.pbagora.com.br/noticia/politica/pedro-cunha-lima-acusa-mec-de-promover-revanche-ideologica-com-reducao-de-recursos-da-educacao/

Entenda mais sobre a prisão de Milton Ribeiro - Milton foi preso, na manhã desta quarta-feira (22/6), o ex-ministro do MEC, Milton Ribeiro, durante a operação Acesso Pago, que investiga um esquema de corrupção e tráfico de influência para a liberação de verba dentro da pasta. Ribeiro estava sendo investigado desde a divulgação de áudios, em março, em que o ex-ministro falava sobre o favorecimento de municípios que negociavam verbas com pastores, que não tinham cargos no governo. Os áudios foram divulgados pelo jornal Estado de S. Paulo.

A Polícia Federal investiga o envolvimento de Ribeiro na liberação de verba no MEC. Ele também está sendo investigado por suspeitas de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência. Os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura também são alvos da operação. Em março, em depoimento à PF, Ribeiro confirmou que recebeu o pastor Gilmar a pedido de Bolsonaro mas, no entanto, negou que houve favorecimento na reunião.

Na época, Jair Bolsonaro chegou a falar sobre as investigações contra Milton Ribeiro. "Porque não tem corrupção no meu governo porque a gente age dessa maneira. A gente está um passo à frente. Não pode chegar em alguém e falar que ‘ah você está desviando’. Tem que ter provas. O Milton [Ribeiro] tomou as providências", afirmou o presidente. Bolsonaro afirmou ainda que colocaria a "cara toda no fogo por Milton".


Da Redação

quarta-feira, 22 de junho de 2022

Dia de Campo da Giasa reúne fornecedores e fica marcado por excelentes palestras técnicas

Foi para marcar o início da safra 2022/2023 que a Usina Giasa, localizada em Pedras de Fogo, reuniu nesta quarta-feira (22), seus fornecedores para um Dia de Campo. O evento, realizado no Hotel Fazenda Paraíso dos Colibris, ficou marcado por duas excelentes palestras técnicas proferidas pelo Professor Doutor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Emídio Cantídio, e pelo professor José de Souza Santos. As empresas Agromape e FMC foram parceiras do evento que contou com a participação do presidente da Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), José Inácio de Morais.

A palestra de Dr. Emídio teve como tema “Importância da utilização de corretivos em cana planta e soca e seus efeitos da produtividade e longevidade do canavial”, enquanto que a palestra do professor Santos foi sobre “Manejo e controle de pragas da cana-de-açúcar com ênfase e broca comum, broca gigante e cigarrinhas”.

Para o diretor do Departamento Técnico da Asplan, Neto Siqueira, que também participou do evento, o Dia de Campo foi muito proveitoso e importante. “O Dia de Campo foi muito prestigiado pelos fornecedores de cana e a Asplan teve significativa participação nele, interagindo com a indústria e nos deu a oportunidade de atualização de conhecimentos no sentido de manejo nutricional de pragas e doenças”, afirma Neto, destacando que houve ainda a distribuição de material institucional da Asplan para todos os presentes. Quem também esteve presente foi o segundo vice-presidente da Asplan, Raimundo Nonato Siqueira que também avaliou o momento como muito positivo.


Assessoria

‘SUPERMACONHA’: Servidor público é preso pela Polícia Civil suspeito de tráfico de drogas

Polícia Civil da Paraíba prendeu nesta última terça-feira, 21 de junho, um funcionário público federal, de 40 anos de idade, investigado por tráfico de drogas. A prisão foi realizada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa, no bairro do Cristo.

O suspeito foi surpreendido pelos policiais quando portava uma caixa com um pacote de skunk, maconha com alto teor de THC. O homem foi levado para a delegacia, onde foi autuado por tráfico de drogas.

Supermaconha

Conhecida como ‘supermaconha’, a Skank é manipulada em laboratório para provocar um efeito quase oito vezes mais forte do que a erva tradicional. “Isso explica a grande procura por essa droga”, disse o delegado Bruno Victor.


Assessoria

Decoração junina de Bananeiras é destaque nacional pelo Ministério do Turismo

Que a ornamentação temática do ‘Melhor São João das Nossas Vidas’, realizado pela prefeitura de Bananeiras, numa parceria com a inciativa privada, que vem colorindo ruas, avenidas e pontos turísticos da cidade já vem recebendo o feedback positivo da população e turistas isso já é de comum conhecimento, mas o evento também foi destaque nacional, por meio do Ministério do Turismo.

Num post, pelo Instagram oficial do Ministério do Turismo, a entidade reconheceu a beleza da decoração junina de Bananeiras a destacando como um dos mais belos eventos do país. “Feriadou com #FestaJunina em Bananeiras (PB) 🎉 A cidade já é linda naturalmente, enfeitada para o #SãoJoão ficou DEMAIS! #PraCegoVer #PraTodoMundoVer #PraTodosVerem: foto de uma praça com letreiro de Bananeiras, com esculturas de bananas enfeitadas de festa junina, com sanfonas e roupas típicas. Bandeirinhas coloridas e luzes enfeitam o local”, postou o MTur. https://www.instagram.com/p/Ce3oRFNOid6/?igshid=ZjhmMmE0MjU=

Recentemente em entrevistas junto a população e turistas, estes também aprovaram o evento no quisto ‘planejamento de trânsito’. O portal foi ‘in loco’, conversar com cidadãos e turistas que comprovaram que a contratação por parte da prefeitura do especialista em planejamento de trânsito Daniel de Oliveira Araújo, resultou um transito organizado e bem eficiente desde a abertura do evento na última sexta-feira (17). Veja mais detalhes: https://www.pbagora.com.br/noticia/paraiba/sao-joao-de-bananeiras-moradores-e-turistas-aprovam-organizacao-do-transito-e-destacam-eficiencia-do-evento/


Da Redação

Reforço contra a Covid: Cajazeiras começa a ministrar quarta dose para o público acima de 40 anos

Depois da autorização do Ministério da Saúde, a Prefeitura de Cajazeiras amplia a vacinação contra a Covid-19, baixando a idade para aplicação da quarta dose. Agora, o público de 40 anos ou mais já pode receber esse novo reforço da vacina, depois de quatro meses da terceira dose.

Nesta quarta-feira, 22, a Secretaria Municipal de Saúde vacina, durante todo o dia, no Centro de Referência da Zona Norte, e no período noturno, nas unidades da Padre Cícero (Zona Sul), e Vila Nova (Zona Leste).

A Coordenação de Imunização informou que estão sendo atendidos todos os públicos: crianças de 5 a 11 anos, adolescentes e adultos retardatários, com a primeira dose, além das doses 02, 03 e 04, observando-se os intervalos de cada vacina.


Assessoria

terça-feira, 21 de junho de 2022

Ex-vereador condenado por estuprar criança continua foragido após expedição de mandado de prisão

Condenado a uma pena de 8 anos e 6 meses, em regime de cumprimento fechado, por ter estuprado uma menina de 13 anos de idade na época, fato ocorrido nas dependências da Câmara Municipal de Cajazeiras, quando o patife respondia pela presidência do Poder Legislativo cajazeirense, o ex-parlamentar que responde pela alcunha de VEREADOR MARCOS BARROS, teria assediado a vítima, há pelo menos dois anos antes dos fatos, segundo narrativa que consta em processo.

De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Mandado de Prisão, Nº 0000983-83.2012.8.15.0131.01.0001-03, consta como pendente de cumprimento – desde sua expedição em (15/06/2022).

Quem tiver informações que possa levar a prisão do criminoso – ligue para o número 190 – Polícia Militar, ou 197 Polícia Civil.



Redação com CNJ