quarta-feira, 25 de março de 2015

DEM e PMDB vão à Justiça contra novo partido de Kassab

Gilberto Kassab encontra resistência para criação de novo partido(Futura Press/VEJA)
O DEM e o PMDB vão contestar na Justiça Eleitoral a criação do Partido Liberal, nova sigla que servirá como apêndice do PSD, do ministro Gilberto Kassab. A nova sigla já pediu o registro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e aguarda o aval da corte até outubro para poder disputar as eleições municipais de 2016.

O argumento jurídico é que o PL não cumpriu as exigências da lei, como a coleta de 500.000 assinaturas, reconhecidas em cartório, em pelo menos nove unidades da federação. "Queremos marcar posição. Nem sempre o Ministério Público e a Justiça atentam em sua inteireza para os processo de criação de partidos", diz o líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE).

Com a nova regra aprovada há poucas semanas pelo Congresso justamente para evitar manobras, o PL só poderá se fundir a outro partido cinco anos após o registro. Ainda assim, o surgimento de uma sigla abre nova janela de migração partidária, o que pode prejudicar o DEM, já em decadência. O PMDB, por sua vez, teme a criação de um novo polo de força na base de apoio da presidente Dilma Rousseff. Hoje, o PSD já é dono da terceira maior bancada da Câmara.

Em entrevista concedida no mês passado ao site de VEJA, o presidente do PL, Cleovan Siqueira, afirmou que a fusão com o PSD era apenas o "Plano B". O Plano A seria atuar como "gêmeo" da sigla de Gilberto Kassab.

O apoio do PSD foi fundamental para que o PL recolhesse as mais de 500.000 assinaturas necessárias para solicitar o registro no TSE. Entre 2007 e 2014, a sigla de Cleovan havia obtido o apoio de apenas 80.000 pessoas. Bastou a estrutura do PSD entrar em campo para esse número saltar. 

Veja.com

Mudanças no PEN de Ricardo Marcelo e Zé Aldemir. Partido vai para base do governador

A bancada do PEN na Assembleia Legislativa da Paraíba, formada pelos deputados Branco Mendes, Edmilson Soares, Ricardo Marcelo e José Aldemir rachou e, daqui para frente, está dividida entre governistas e oposicionistas.

Foi comemorada com efusão dentro do PSB a deposição do deputado Ricardo Marcelo do comando da legenda. Pelo que circula no partido, a manobra que tirou Ricardo Marcelo e levou também Zé Aldemir de roldão, foi urdida pelo governador Ricardo Coutinho com a colaboração dos deputados Edmilson Soares e Branco Mendes.

Como se sabe, o governador nunca “engoliu” o comportamento independente de Ricardo Marcelo à frente da Assembleia, algo que rendeu-lhe várias derrotas em matérias de seu interesse votadas na Casa. A operação teria iniciado logo após as eleições, quando os deputados ricardistas do partido municiaram a direção nacional de informações contra Marcelo.

O anúncio de que ele iria se desfiliar do partido foi a ponta do iceberg da operação. Na verdade, ele já havia sindo cientificado pela direção nacional de que o partido iria apoiar a administração do governador Ricardo Coutinho, com quem já havia se entendido. Alertado pelo andar da operação, Zé Aldemir seguiu o mesmo entendimento e anunciou sua saída também.

Aliás, Aldemir não escondeu seu espanto: “É uma surpresa. O deputado Ricardo Marcelo é meu amigo pessoal e me filiei ao PEN a convite dele. Confesso que até agora não fui comunicado de forma oficial de sua desfiliação e da mudança de direção. De qualquer forma, não acredito em golpe. Já recebi convite do PSDB, do PP, mas não defini nada.”

Por último, o governador solicitou que um aliado próximo, Thiago Rodrigues, ex-presidente da Lifesa (Laboratório Industrial Farmacêutico da Paraíba), comandasse o partido. Ele também tem ligações com o deputado Branco.


Por Elder Moura

Senado aprova requerimento de Raimundo Lira e recria comissão para acompanhar transposição de águas do Rio São Francisco

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) teve aprovado na última terça-feira (24) seu requerimento de recriação da comissão temporária externa - que já funcionou no Senado no ano passado - para acompanhar a transposição de águas do Rio São Francisco.

A comissão irá acompanhar todos os atos referentes às obras do projeto de integração do Rio São Francisco com as bacias hidrográficas do Nordeste setentrional, popularmente conhecida como a transposição de águas do Rio São Francisco.

A comissão será formada por seis membros titulares e igual número de suplentes. O requerimento para a recriação do colegiado, que já havia encerrado seus trabalhos, foi apresentado pelo senador Raimundo Lira (PMDB-PB) no início do ano legislativo.

Na avaliação do senador, é necessário que a comissão volte a atuar, a fim de que os senadores continuem acompanhando de perto as obras de transposição, como forma de garantir a continuidade dos projetos já iniciados.

Raimundo Lira explicou que a Paraíba, que já tem dois eixos de acesso ao São Francisco, pleiteia uma terceira entrada, para beneficiar todos os municípios do Estado, de modo a evitar que falte água em qualquer época do ano.

“A transposição de águas do Rio São Francisco é o maior programa de segurança hídrica da Região Nordeste. A vida do nordestino nunca mais será a mesma depois que as águas captadas do Rio são Francisco estiverem escoando pelos canais construídos. Daí o justificado entusiasmo de todos os que lutam para que essa obra monumental seja concluída”, afirmou Lira.




Gabinete senador Raimundo Lira
Assessoria de imprensa

Zenildo Oliveira visita bairros de Sousa e população revela que a cidade é um retrato de descaso na gestão pública

Mantendo o ritmo de visitas aos bairros, comunidades rurais, como a eventos da sociedade sousense de uma forma geral, o empresário, Zenildo de Oliveira, proprietário do Grupo Pau Brasil, que aglomera diversas empresas premiadas nacionalmente que geram centenas de empregos diretos, no Sertão paraibano, mais especificadamente na cidade de Sousa, vem escutando da população e o que ela realmente espera para o futuro da cidade.

O empresário esteve a poucos dias a convite de moradores do Lamarão sendo recepcionado pela família de D. Diva de Alírio e Antônio Sarmento, onde agradeceu a receptividade dos presentes e reforçou que ouvir os pleitos das comunidades e estar mais perto da população sempre foi uma prática sua, mesmo nunca tendo exercido cargo público. “Vim de uma família humilde e me coloco no lugar dos que mais precisam. Por isso sempre busco o entendimento e diálogo com a população de forma clara e transparente”, argumentou.

Noutra visita Zenildo foi recepcionado pelo presidente da casa Sidnei Brandão, Francisco Medeiros, Pastor Arão Lemos, irmão Geraldo, num jantar na Aradeq que é uma associação de resgate aos dependes químicos. Na oportunidade o empresário parabenizou a todos da associação pelo exitoso trabalho social que desenvolvem. O empresário também recebeu o abraço dos amigos Fidel e o cantor evangélico Severino Araújo em recente encontro descontraído onde puderam trocar ideias e sugestões para o futuro de Sousa.

Nos bate-papos que mantém constantemente com a população sousense, Zenildo vem recebendo por parte da população um descontentamento muito grande com a atual gestão municipal, que apresenta ao empreendedor várias áreas da administração pública municipal com falhas de gerenciamento gritantes, tais como saúde, educação, infraestrutura e transporte.

Para Zenildo essas são falhas no planejamento e gestão da cidade em que a mesma apresenta adversidades urbanas a serem solucionadas, como os de infraestrutura, saneamento e má distribuição de água e esgoto, falta de praças e áreas verdes, dentre outros.
Os munícipes relatam diariamente a Zenildo por onde ele passa que ao logo dos anos a cidade de Sousa é um retrato de descaso de gestão pública que não conseguiu equacionar as medidas necessárias para o desenvolvimento saudável da cidade.

“É evidente que a falta do cumprimento das responsabilidade por parte da gestão municipal traz graves problemas para a sociedade que, enquanto não se chega a uma solução, é a que mais sofre com a falta do cumprimento dos seus interesses ora afetados”, afirmou Zenildo.

De acordo com Zenildo, as visitas corpo-a-corpo e a conversa com a população sousense, tem lhe proporcionado um conhecimento aprofundado das necessidades de todas as áreas da gestão pública, e esse tem sido o diferencial para que ele venha recebendo tantos apoios e para que decida no momento oportuno se vai disputar um cargo majoritário no ano que vem.


Assessoria de comunicação

Zenildo de Oliveira 

Ricardo assina decreto concedendo incentivo fiscal às indústrias da cerâmica vermelha

O governador Ricardo Coutinho assinou, na última terça-feira (24), em Guarabira, decreto que adota Regime Especial de Tributação, com concessão de crédito presumido de ICMS, no percentual de 50%, calculado sobre o valor do imposto incidente nas saídas internas e interestaduais de telhas, tijolos, lajotas e manilhas, a conhecida cerâmica vermelha. Com a medida, a partir de agora a indústria ceramista da Paraíba (linha vermelha), que hoje tem alíquota normal de 13,6% vai passar a pagar 8,5% de imposto nas vendas internas. Caso a comercialização seja feita para fora do Estado, a alíquota será reduzida de 9,6% para 6%.

Logo após assinar o decreto, Ricardo Coutinho destacou que o Estado precisa se preparar, bem como o nosso setor produtivo, para que ele fique cada vez mais fortalecido. “É por isso que eu estou aqui aumentando a competitividade da indústria da cerâmica vermelha”, observou. O governador comentou ainda que o Estado tem crescido em todas as suas áreas, destacando  os números do emprego formal, que cresceu 8,8% em 2014. “Ficamos no segundo lugar no país, perdemos para Tocantins, que é a maior fronteira agrícola desse país”, pontuou.

Ricardo acrescentou que, apesar da estiagem dos últimos quatro anos e da crise econômica do país, a Paraíba consegue se destacar por conta do seu setor produtivo e pelas ações do Poder Executivo. “O que quero compartilhar com vocês é que a Paraíba está no caminho certo e que é preciso aproveitar o momento para fazer investimentos”, ressaltou.

Incentivo fiscal – A concessão de Regime Especial de Tributação somente será permitida ao contribuinte que estiver em situação regular junto à Fazenda Pública Estadual, na forma do Regimento do ICMS, e beneficia as empresas optantes pelo Simples Nacional e as mercadorias sujeitas ao regime de substituição tributária.

O secretário de Estado da Receita, Marialvo Laureano, explica que a maioria dessas empresas são de pequeno porte e estão no Simples Nacional com alíquota de 3.95%; e quando elas passam para a tributação normal a alíquota é de 17%. O Estado está aumentando o crédito presumido de 20% para 50%.

“Isto faz com que a alíquota interna caia para 8.5%  e a alíquota para outros estados para 6%. Com esse decreto as empresas poderão crescer, sair do Simples Nacional e procurar novos mercados internos e principalmente externos, como Pernambuco e Rio Grande do Norte”, destacou.

As indústrias interessadas devem procurar a Secretaria de Estado da Receita para celebrar o Termo de Acordo.  Na Paraíba, o setor da cerâmica vermelha tem 150 empresas.

A presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Tatiana Domiciano, enfatizou que o benefício fiscal reduzindo o valor de ICMS vai inibir a entrada de concorrentes no Estado, principalmente do Rio Grande do Norte. “Isto vai facilitar bastante o escoamento da produção do setor ceramista paraibano, de forma competitiva e mais produtiva. O setor emprega hoje cerca de 20 mil pessoas e tem faturamento em torno de 140 milhões de reais por ano”, disse.

O presidente do Sindicato da Indústria de Cerâmica Vermelha da Paraíba (Sindicer-PB), João Neto, afirmou que “esse incentivo do Governo da Paraíba ao setor representa um aumento no crédito presumido. As empresas vão conseguir recolher menos ICMS e poder competir em pé de igualdade com empresas de outros estados que estão vindo concorrer com nossos produtos aqui dentro”. E acrescentou: “Esta é uma importante conquista para todas as cerâmicas, independente de qual categoria ela se enquadre”.

Ele afirmou ainda que o aumento do crédito presumido permitirá o investimento em tecnologia que trará maior qualificação dos produtos, maior produção e, consequentemente, maior arrecadação tributária.

O empresário agradeceu ao governador Ricardo Coutinho por concretizar uma necessidade do setor ceramista de muitos anos e comemorou afirmando que, dessa forma, as empresas que estão crescendo e saindo do Simples Nacional poderão ampliar seus negócios com uma redução de 50% na alíquota. “Esse decreto vai melhorar a situação e garantir um futuro mais sustentável para o setor”, pontuou.

O presidente da Associação dos Ceramistas do Sertão e do Cariri, que representa 23 empresas, Gedeão Tibúrcio dos Santos, declarou que a redução de 50% nos impostos é bem recebida. “A medida vai dar fôlego para a competitividade”, afirmou.


Os secretários Efraim Morais (secretário de Estado do Governo) e Célio Alves (executivo da Comunicação), empresários do setor ceramista, empresário João Rafael, além de prefeitos, ex-prefeitos e vereadores da região participaram da solenidade.

Secom-PB

Prefeitura de Cajazeiras presenteia terceira idade das comunidades rurais com apresentações de "Maria Calado"

A Prefeitura de Cajazeiras através da Secretaria Executiva de Cultura está apresentando o projeto de teatro para a terceira idade “Vivendo Outra Vez” com a personagem Maria Calado.

O projeto para a terceira idade vai contemplar várias comunidades rurais. Na quarta-feira (25), “Maria Calado estará no distrito de Divinópolis na Escola Carolino de Sousa Neto - a partir das 19 horas. Já no próximo domingo (29), a apresentação será na Associação do sítio Lagoa de Lages a partir das 09 horas e, no Sítio Patamuté às 17 horas na Associação Comunitária.

O projeto conta com o apoio da Prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque que se empenha para ampliar o incentivo à cultura no município.


Secom

Sessão na Câmara de Cajazeiras foi tumultuada e terminou antes do tempo – Oposição deixou o plenário em protesto

A Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Cajazeiras, da última terça-feira (24), terminou antes do horário previsto, com a saída do plenário, dos vereadores da oposição, como uma forma de protesto na condução como o atual vice-presidente da Casa, vereador Marcos Barros, que presidia a sessão, estava conduzindo os trabalhos.

O tumulto começou quando o vereador “Neguim do Mondrian” pediu um aparte ao seu colega Jucinério Félix, que discursava sobre o abandono em que se encontra o distrito de Divinópolis e os problemas que a população da referida localidade vem suportando, para apresentar o áudio de um morador do distrito, que fazia referência as promessas do ex-prefeito Carlos Antonio e da prefeita Denise durante a campanha e que não foram cumpridas.

O vereador Marcos Barros não permitiu que o áudio fosse utilizado, mesmo com o questionamento dos vereadores de oposição de que não existe proibição no regulamento do Poder Legislativo para a sua utilização, lembrando, inclusive, de que na Câmara Federal um deputado usou, recentemente, o áudio de uma fala da Presidente da República.

Como Marcos foi intransigente no seu posicionamento, os vereadores "Neguim do Mondrian", Jucinério Félix e Marcos do Riacho do Meio deixaram o plenário, fazendo com que a sessão fosse encerrada antes do tempo. 


Fonte: Blog Adjamilton Pereira

Popular é encontrado sem vida nas águas do Rio do Peixe em São João, no Sertão paraibano

A Polícia Militar foi acionada na manhã desta quarta-feira (25), para à comunidade do Sítio Malhada – Zona Rural de São João do Rio do Peixe, no Sertão paraibano, para averiguar uma ocorrência de encontro do corpo de um homem, que se afogou nas águas do Rio do Peixe.

Chegando ao referido local, a guarnição constatou a veracidade do fato e solicitou da Delegacia de Polícia Civil daquela cidade, a tomada das providências cabíveis.

Ainda de acordo com informações de populares, que estiveram no local, e identificaram a vítima, sendo Marcondes Barbosa Gonçalves, de 43 anos, conhecido por “Conin” - ele era alcoólatra e havia ingerido bebida alcoólica antes de ser encontrado morto. 

O corpo foi encaminhado a cidade de Patos, para os trabalhos de necropsia.


Da redação
Com informações de F.Dunga

segunda-feira, 23 de março de 2015

Festival de cinema de Sousa/PB abre inscrições para mostras competitivas 2015

Estão abertas entre os dias 16 de março a 17 de abril as inscrições para a 2ª edição do Festissauro - Festival Audiovisual do Vale dos Dinossauros. O evento, que acontecerá em maio de 2015 na cidade de Sousa, tem como objetivo a promoção e premiação de filmes.

As inscrições são gratuitas e os interessados em participar podem enviar sua inscrição online ou via Correios. Filmes de qualquer gênero e com duração mínima de 5 minutos e máxima de 20 minutos (incluindo os créditos) podem ser inscritos nas Mostras Competitivas. Cada diretor/realizador poderá inscrever até no máximo 2 filmes, produzidos entre os anos de 2011 e 2015.  A ficha de inscrição e o regulamento estão no site do festival www.festissauro.com.br.
Os filmes inscritos serão avaliados pela curadoria e a lista de selecionados será divulgada no dia 4 de maio no site e página oficial do evento e também diretamente aos realizadores via e-mail. Os participantes do festival podem esperar um grande evento com oficinas de formação, palestras, exposição, exibição de filmes e debates.

Para mais informações, agendamento de entrevistas e outros detalhes sobre o Festissauro entre em contato através do email: imprensafestissauro@gmail.com.

O Festival - O Festival de Audiovisual do Vale dos Dinossauros (Festissauro) é um evento que congrega realizadores, produtores, estudiosos e espectadores do segmento audiovisual do sertão paraibano, de outras regiões da Paraíba e do Brasil. Nasceu em plena efervescência da produção e difusão do audiovisual no sertão do Estado. Essa efervescência se deve, principalmente, pelas atividades realizadas por Pontos de Cultura, Cineclubes, pelo Centro Cultural Banco do Nordeste, entre outros, que vem propiciando a realização de cursos, exibições itinerantes, produção de filmes e, consequentemente, o surgimento de diversos realizadores e difusores do audiovisual nesta região. O Festissauro tem a missão reunir, exibir, difundir, capacitar, premiar e, principalmente, debater com esses realizadores e representantes governamentais as políticas públicas para o setor. Paralelo a isso, o evento também serve como meio de divulgação do Complexo Turístico Vale dos Dinossauros.
Sousa -  Sousa, a cidade dos dinossauros, possui o reconhecido mundialmente Vale dos Dinossauros, um sítio paleontológico referencial em pegadas fossilizadas para pesquisadores, turistas, estudantes, ecologistas do Brasil e de outros lugares do mundo. Com uma população estimada em 68.434 pessoas, o município fica localizado no alto sertão paraibano e é o 3º maior em território do Estado. Sousa, uma cidade acolhedora, possui vários pontos turísticos além do Vale, entres eles: A Igreja da Mariz Nossa Senhora dos Remédios, Igreja dos Rosários dos Pretos, Igreja do Bom Jesus e o milagre Eucarístico, Igreja Senhora Sant’ana e a Estátua de Frei Damião. O município é o centro da fruticultura do polo Alto Piranhas, que engloba mais de 10 municípios com o projeto Várzeas de Sousa. Apesar de a agricultura irrigada ser uma prática antiga e que tem muito a avançar, conseguiu carimbar na cidade uma marca: é de Sousa que sai a melhor água de coco do Brasil.


Tatiane Carvalho
Coordenadora de Comunicação
(83) 8186 6362 | (83) 9647 8507

Gisele Quixabeira
Assessora de Imprensa

(83) 9955 2052

Raimundo Lira anuncia audiência pública na CAE com presidente do Banco Central para debater política monetária

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) dará sequência, na terça-feira (24) à série de audiências públicas para discutir a crise na economia brasileira. Segundo o vice-presidente da CAE, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), o segundo convidado será o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, que debaterá as diretrizes, implementação e perspectivas da política monetária nacional. A audiência será às 10h, na sala 19 da Ala Alexandre Costa, no Anexo II do Senado.

De acordo com a Agência Senado de Notícias, o Banco Central atribui a alta dos preços a dois processos. O primeiro é o realinhamento dos preços domésticos em relação aos internacionais, em particular devido ao fortalecimento do dólar norte-americano contra várias moedas. Nesse caso, seria um fenômeno global. O segundo processo, na avaliação do Banco Central, é o realinhamento dos preços administrados em relação aos livres.

Esses ajustes de preços, no entendimento do BC, fazem com que o pico da inflação ocorra no primeiro trimestre de 2015. O desafio, como assinalou o Comitê de Política Monetária (Copom), é evitar que as pressões detectadas em horizontes mais curtos “não se propaguem para horizontes mais longos”.

De acordo com o Copom, esse realinhamento de preços tornou “o balanço de riscos para a inflação menos favorável este ano”. Para o conselho, os ajustes de preços fazem com que a inflação se eleve no curto prazo e tenda a permanecer elevada em 2015.

O Copom avalia que tem se fortalecido para o próximo ano o cenário de convergência da inflação para o centro da meta (4,5%). “Para o comitê, contudo, os avanços alcançados no combate à inflação – a exemplo de sinais benignos vindos de indicadores de expectativas de médio e longo prazos – ainda não se mostram suficientes”, afirma a ata.

A tendência de alta da inflação já havia sido prevista por Tombini na última audiência na CAE, em 16 de dezembro do ano passado. Na ocasião, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos 12 meses anteriores era de 6,56%. O próximo convidado, em data ainda não definida, será o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.
Para desempenhar a função de uma comissão da importância da CAE, Lira disse que é preciso ouvir as pessoas, dar oportunidade a todos os parlamentares e às bancadas, com tranquilidade diante das divergências de interesses. Por isso as audiências são de suma importância, na avaliação do senador paraibano.


Gabinete Senador Raimundo Lira – PMDB/PB
Assessoria de imprensa

SCTrans inicia renovação do cadastro dos postos de mototaxistas em Cajazeiras

A Superintendência de Trânsito de Cajazeiras (SCTrans) comunica que começou na última sexta-feira (20) a renovação do cadastro dos postos de moto-taxistas em Cajazeiras.

Os postos são os seguintes:
Posto 01 – Tele Moto-Táxi;
Posto 02 – Moto-táxi Regional;
Posto 03 – Moto-táxi Padre Cícero e Posto 04 – Moto-táxi São Francisco.

A renovação do cadastramento vai até a próxima sexta-feira (27).


Secom 

domingo, 22 de março de 2015

Governo do Estado retoma Programa Leite da Paraíba e convida população para recadastramento na microrregião de Cajazeiras

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, convida para recadastramento, beneficiários do Programa Leite da Paraíba, que tem inicio para o próximo dia (24) e acontece nas cidades da microrregião de Cajazeiras – compreendida como 9ª Regional Geo administrativa do Estado.

Abaixo, as cidades e datas, para o referido recadastramento:

Ascom - 9ª Região

Governo federal diz que entrega de cisternas segue e chega para 210 mil na Paraíba

O governo federal confirmou no último sábado (21), que vai continuar com o programa de distribuição de cisternas em 2015, por meio do Ministério da Integração Nacional. Pelo 'Água Para Todos', o governo diz que, até agora, já foram implantadas mais de 42 mil cisternas na Paraíba, o que representa quase duas mil cisternas adicionais da meta inicial. O investimento é de R$ 116 milhões para cerca de 210 mil pessoas.

O Ministério da Integração Nacional informou ainda que outras tecnologias do programa Água para Todos já estão sendo implementadas no estado, como sistemas coletivos de abastecimento, cisternas de produção, barreiros e pequenas barragens.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) disse que mais de 1,1 milhão de famílias deixaram de recolher água com a lata d’água na cabeça, por receberem as unidades de captação da água da chuva. Ao todo, o Semiárido ganhou uma capacidade de armazenamento de 17,8 bilhões de litros de água.

“Os investimentos contínuos ao longo dos anos, somados a uma parceria forte entre o governo federal, estados, municípios e sociedade civil, tem possibilitado ao Semiárido brasileiro conviver com os efeitos da seca, e não mais combatê-los, como era a cultura no passado”, afirma o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Arnoldo de Campos.

De acordo com o MDS, a construção das cisternas ainda gera renda nos municípios, promovendo o desenvolvimento local. Já foram investidos mais de R$ 3 bilhões na compra de insumos e na capacitação e pagamento de mão de obra. Toda a comunidade é mobilizada para atuar no projeto. “Este é um aspecto central do modelo de tecnologia social apoiado pelo ministério, gerando um sentimento de conquista e apropriação que contribui com o processo de gestão da água e do equipamento instalado”, explica o coordenador-geral de Acesso à Água do MDS, Igor Arsky.


Conforme o MDS, desde 2003, foram capacitados mais de 22 mil pedreiros por meio do Programa Cisternas. Além disso, todas as famílias beneficiadas participam de cursos de formação sobre a gestão e o tratamento da água armazenada.


Jornal Correio  

sábado, 21 de março de 2015

Ricardo entrega Núcleo de Polícia Científica de Campina Grande, senador Raimundo Lyra garante recursos para o IML de Cajazeiras

O governador Ricardo Coutinho entregou, na tarde da última sexta-feira (20), o mais moderno Núcleo de Polícia Científica (NPC) do interior do país no Município de Campina Grande. A obra, orçada em mais de R$ 11 milhões, começa a funcionar na segunda-feira (23) com uma unidade físico–químico-forense;  toxicologia; unidade de medicina e odontologia legal; unidade de criminalística e stand de tiros.

O novo NPC foi inaugurado em uma solenidade prestigiada pela vice-governadora Lígia Feliciano; pelo secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima;  pelo Diretor do IPC, Humberto Porto; pelo senador Raimundo Lyra, pelo deputado federal Damião Feliciano; pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino; e os deputados estaduais Doda de Tião e Inácio Falcão.
De acordo com o governador Ricardo Coutinho, o núcleo retira a polícia científica de Campina Grande de uma situação insuportável e precária em que havia uma pulverização dos serviços. Ele destacou que a centralização da prestação dos serviços vai gerar mais comodidade para os usuários que terão acesso a serviços especializados.

“Estamos tocando um processo de interiorização e ampliação na prestação dos serviços realizados pelo Instituto de Polícia Científica que, atualmente, conta com quatro Núcleos (João Pessoa, Campina Grande, Guarabira e Patos) distribuídos estrategicamente pelo Estado. O senador Raimundo Lyra garantiu a destinação de uma emenda para construir um núcleo também em Cajazeiras”, disse o governador.
A vice-governadora Lígia Feliciano lembrou que quando era estudante de medicina frequentava o antigo Instituto de Medicina Legal de Campina Grande, que já era muito precário, e vê hoje uma unidade moderna, equipada e com profissionais satisfeitos com a melhoria das condições de trabalho.  “Tenho certeza que com esse equipamento moderno a polícia de Campina Grande vai elucidar com mais agilidade os crimes e exames de medicina legal”, observou.

O diretor do Instituto de Polícia Científica do Estado, Humberto Porto, explicou que, a partir de segunda-feira, o núcleo estará atendendo a população de Campina Grande e do Compartimento da Borborema em um equipamento moderno e confortável para os servidores e quem necessitar usar o NPC.  “Esses serviços eram realizados em dois prédios e hoje os serviços serão realizados em um local único com atendimento especial para crianças e mulheres vítimas de violência com salas separadas, o que não acontecia. Desta forma as vítimas ficarão mais à vontade para prestarem suas queixas”, ressaltou.



Secom