.

.

domingo, 31 de maio de 2009

Desportiva, CSP, Paraíba e Atlético lideram a Segunda Divisão

ESPORTE: 31/05/2009 - Desportiva lidera o Grupo A com 12 pontos ganhos. CSP tem sete; Auto sete; Santa Cruz cinco e Picuí três. No Grupo B, o Paraíba e Atlético têm dez; Cruzeiro três e Perilima zero.

Confira tudo sobre a rodada deste domingo

Em Santa Rita, no estádio Teixeirão, o Santa Cruz empatou de 0x0 com o C S P. O árbitro de Santa Cruz 0x0 CSP foi Jordane Reis que expulsou o zagueiro Israel (Santa Cruz) e Bruno Recife (CSP), no segundo tempo. Os assistentes foram Broney Machado e Nilton Atanásio. A renda somou R$ 970,00 com um público de 194 pagantes.

Em João Pessoa, no estádio Almeidão, o Auto Esporte perdeu por 2x1 para a Desportiva, em João Pessoa. Alex fez o gol do Auto, enquanto que Rafael Paraíba e Da Silva anotaram para a Desportiva.

Apitou o jogo Antônio Umbelino e os assistentes foram Felipe Messias e Daniel Feliz. A renda somou R$ 1.270,00 com 230 torcedores pagando ingresso.

Em Itaporanga, no estádio Zezão, o Cruzeiro foi derrota por 2x1 pelo Atlético, no estádio Zezão. Os gols do Atlético foram marcados por Paulinho e Tonho, todos no primeiro tempo. O Cruzeiro descontou com Delany, na etapa final. O árbitro da partida Adalberto Moesia expulsou o atacante Delany (Cruzeiro) e o meia Júnior Mota (Atlético). Os assistentes foram Jossival Abrantes e Cleber Camelo. Apenas 128 torcedores pagaram ingressos com uma renda de R$ 640,00.

No Estádio Perpetão, Cajazeiras, o Paraíba 7x0 Perilima. Os gols da partida foram marcados por Fredson (3), Ribinha (2), Yarley e Alisson. O árbitro de Paraíba 7x0 Perilima foi Miguel Félix e os assistentes Emanoel Diniz e Linaldo Baracho. A renda de apenas R$ 615,00 com 123 pagantes.

Vereadores de São João do Rio do Peixe afirmaram que barulho de chocalho irá aos tribunais

POLÍTICA: 31/05/2009 – Imagem: Arquivo – Em Sessão Ordinária realizada no auditório da Câmara Municipal de São João na última sexta (29), o Presidente daquele Poder Legislativo, vereador Webster Dantas Muniz apresentou requerimento em que relatava a questão das criticas e calúnias em desonra de um parlamentar e sua esposa, seguidas dos demais colegas. Segundo Webster, com aprovação por unanimidade dos demais vereadores, irão acionar a Difusora Rádio Cajazeiras em relação aos comentários feitos pelo radialista Paulo Feitosa, na última quarta (27), em que chamou a mulher de um dos vereadores de vagabunda e outros adjetivos.

O vereador Joaquim Ferreira Neto ressaltou que soube de outros comentários também feitos pelo referido radialista, afirmando que a Câmara de São João se reunia para defender ladrões, “isso eu não posso agüentar senhores colegas vereadores, não podemos deixar que um radialista nem outra pessoa qualquer faça comentários dessa natureza, são calúnias, porém temos que procurar os nossos direitos”, finalizou Joaquim Ferreira Neto.

Com pesadas palavras em desfavor do radialista Paulo Feitosa, o vereador Luis Alves de Andrade (Duda foto), supostamente o alvo dos comentários, perguntou para os colegas e pessoas ali presentes naquele recinto se alguém já havia tomado conhecimento de algum fato que desabonasse sua conduta, como resposta o vereador ouviu um não. “Afirmo: vou encontrar com esse radialista muitas vezes nas barras dos tribunais, por quanto tempo for necessário, que nós homens de boa índole sejamos ressarcidos perante a Lei”, bradou Luis Alves de Andrade – vereador.

Segundo informou naquela sessão, o vereador Duda tomou conhecimento dos fatos através de amigos e parentes que ouviram o Programa Boca Quente 2ª edição, quando Paulo Feitosa comentava de um chocalho que o vereador carregava, de maneira a fazer barulho, “ouvi muitas gozações das pessoas que vinham na minha direção dizendo terem escutado o radialista falar no chocalho, numa vagabunda que estava ligando para ele, depois de ser informado que falaram meu nome fui tomar satisfações com e, num ato de covardia se escondeu na emissora, chamaram até polícia para saber se eu estava armado, apenas queria falar com ele, foi um covarde”, finalizou. Da Redação

AS Fiação Têxtil é vítima de perseguição política em Cajazeiras

CIDADES: 31/05/2009 - Um fato inusitado ocorreu na manhã de ontem, sábado (30), em Cajazeiras. O Sr. Assis, proprietário da AS Fiação Têxtil, localizada no prédio da antiga Conab, se encontrava no local observando a chegada de novas máquinas de tear, adquiridas para o trabalho da sua fábrica, que irá gerar dezenas de empregos, foi surpreendido juntamente com alguns funcionários, amigos e familiares com a chegada de Cabo Enéas, que de forma abrupta e em tom de ameaças disse que nada seria descarregado e nem colocado no interior do prédio.
Sem nenhum documento oficial e sem identificação, Cabo Enéas iniciou um bate-boca com o ex-prefeito Dr. Carlos Antonio que estava no local observando. Após tentar agredir Carlos Antônio, foi acionada a Polícia Militar para conter o Cabo Enéas. O Senhor Assis passou mal e suas filhas o retiraram do local, enquanto Cabo Enéas continuava em tom ameaçador desafiava todos que tentavam manter um diálogo, chegando inclusive a arrancar e rasgar a liminar dada pelo juiz, e que autorizava ao Senhor Assis utilizar o espaço da antiga CIBRAZEM. O vigilante da empresa, Tancredo Neves confirmou o ocorrido: “nós estávamos descarregando os dois caminhões com as máquinas, ai ele chegou (Cabo Enéas) e, verbalmente falou que não podíamos descarregar porque não tínhamos uma ordem e não podia entrar nenhuma máquina, material ou algo do tipo. Ai eu falei que tinha que falar com Assis, pois ele mandou e permitiu que colocasse tudo dentro do prédio”, afirmou. Quanto à liminar, Tancredo afirmou: “mostramos a liminar ao Cabo Enéas e ele rasgou. Depois ele discutiu com o ex-prefeito Dr. Carlos”. Finalizou. Da Redação com www.paraibacomvoce.com.br

Estudante tenta enganar amiga com cédula de R$ 100,00 falsa e acaba detido em Cachoeira dos Índios/PB

POLICIAL: 31/05/2009 – Imagem: Arquivo – O estudante Francisco Gonçalves da Silva, 18 anos, residente no Sítio Redondo, em Cachoeira dos Índios foi detido e conduzido à DP de Cajazeiras depois de passar uma cédula de R$ 100,00 cem reais falsa para uma estudante também em Cachoeira. Por volta das 23hs00 de ontem, sábado (30), uma guarnição da Polícia Militar fazia rondas pelas imediações do Sítio Baixa Grande, zona rural da referida cidade acima citada, quando em dado momento a estudante Francisca Aline de Souza Saraiva, 25 anos, residente à Rua José Leite Rolim, no mesmo município chamou atenção da guarnição que ora, passava pelo referido local, a vítima informou que havia sido enganada pelo acusado Francisco Gonçalves, sendo o mesmo, encontrado minutos após a comunicação do fato. O acusado foi encaminhado para Cajazeiras para que as medidas cabíveis fossem tomadas. Da Redação com PM

sábado, 30 de maio de 2009

Moacir Menezes comemora Mês das Mães

CIDADES: 30/05/2009 Durante todo o mês de Maio, o vereador Moacir Menezes (DEM) esteve celebrando com as mães em diversas localidades de Cajazeiras. Na zona urbana, as comemorações aconteceram nos bairros de Capoeiras, São Francisco, Vila Nova e Mutirão.

Na zona rural, Moacir Menezes reuniu-se com mães das comunidades de Pé de Serra, Fátima, Marias Pretas, Tabuleiro e Patamuté. Nas ocasiões, foram sorteados e distribuídos centenas de presentes com as mães.

“É a reafirmação de mais um compromisso, quando dissemos que sempre estaríamos presente nas comunidades, acompanhando o dia-a-dia da população e escutando os seus pleitos e reivindicações”, destacou o vereador Moacir Menezes. Fonte: Assessoria do Parlamentar