.

.

sábado, 31 de dezembro de 2016

SINFUMC – Informativo ao Magistério

Conforme as portarias do Ministério da Educação de nº 8 de 15/11/15 e nº 7 de 15/12/16, ficou estabelecido que a partir de 2017, o valor anual da per capta para investimento por aluno no ensino fundamental urbano, FUNDEB, será de R$ 4, 9369%. 

Com isso, o novo valor do Piso Salarial do Magistério será a partir de 01/01/17, R$ 2.298,80 para 40 horas. Isto implica em um aumento de apenas 7,64% no novo Piso Salarial do Magistério na Educação Básica no Brasil.

Portanto, professor e professora do Sistema Municipal de Ensino de Cajazeiras, no seu contracheque de janeiro 2017, confiram a implantação do percentual supramencionado.

Cajazeiras/PB, em 31 de Dezembro de 2016.

A DIRETORIA DO SINFUMC

Justiça anula votação da Mesa Diretora da Câmara de Sapé

Judson Kildere Faheina
O juiz Judson Kildere Faheina deferiu uma liminar, na última sexta-feira (30), cancelando a aprovação, durante sessão extraordinária na quinta-feira (29), de um projeto que alterava os critérios para eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Sapé. A concessão da liminar foi confirmado pelo vereador Robson Guedes (PTB).
Durante a sessão polêmica, ocorrida na quinta-feira (29), o presidente da Casa, vereador Luiz Limeira (PP), teria proibido a entrada da população e aprovado mudança nos artigos do regimento interno que tratam da eleição da mesa diretora.
“Ele quer ganhar a eleição no tapetão. Tudo o que ele fez é inconstitucional. Convocou uma sessão durante o recesso, com apenas alguns vereadores e fez essa manobra”, disse o vereador Robson Guedes.
O parlamentar inclusive acusou o presidente de falsificar assinaturas para garantir a aprovação do projeto. “Estou indo fazer um exame grafotécnico, porque ele diz que eu assinei, mas eu não assinei nada”, frisou Guedes.
A partir da decisão judicial, o presidente vai permanecer no cargo apenas até o dia 31 de dezembro e não vai liderar a sessão do dia 1º de janeiro, como previa o projeto aprovado. No seu lugar, a primeira sessão será presidida pela vereadora mais votada, Maria das Graças da Silva Lopes (PRB).
“Foi uma manobra para inviabilizar a candidatura dos vereadores eleitos para o primeiro mandato”, avaliou Guedes. Três vereadores que protocolam ações no Ministério Público e na Justiça denunciando manobra para favorecer a reeleição do vereador Luís Limeira à presidência da Mesa Diretora .
“Ele quer alterar a data de inscrição de chapas que poderia ser feita até o dia da posse dos novos vereadores e o tempo de permanência na presidência da Mesa: cairia de dois para um  ano”.

MaisPB

Radialista esfaqueia irmão de vereador em Patos

Uma tentativa de homicídio movimentou a Rua Augusto dos Anjos, popularmente conhecida por Rua da Baixa, Bairro Santo Antônio, em Patos, na manhã deste sábado, dia 31, por volta das 09h30.
O fato aconteceu na calçada do comércio da própria vítima na Rua Augusto dos Anjos, em frente a João da Quitanda. De acordo com informações, o radialista Sidney Marques iniciou um bate-boca com o senhor José Caetano da Silva, 54 anos, e em seguida desferiu um golpe de faca nas costas da vítima.
Mesmo ferido, José Caetano se desvencilhou dos demais golpes que foram tentados pelo radialista. O fato foi presenciado por dezenas de pessoas que estavam na localidade e de imediato acionaram a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).
Guarnições do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) chegaram alguns minutos depois, porém o agressor já havia tomado destino ignorado se iniciando assim buscas por parte da polícia ao paradeiro.
José Caetano foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional de Patos. A equipe que realizou o atendimento relatou que seu estado de saúde é regular e que a vítima não corre risco de morte.
Na última quinta-feira, dia 29, o senhor José Caetano esteve na Rádio Espinharas acompanhado da Polícia Militar, pois relatava que Sidney Marques o havia ameaçado com um punhal quando transitava com seu carro de som pela Rua da Baixa. Sidney apresenta programa de rádio diário na referida emissora.

maispatos

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

2018 em xeque: anúncio de pré-candidatura de Junior Araújo ameaça reeleição de Jeová

A situação política do deputado Jeová Campos (PSB), que representa o município de Cajazeiras na Assembleia Legislativa da Paraíba está cada vez mais complicada após o anúncio da pré-candidatura do vice- prefeito da cidade, Júnior Araújo (PTB), para disputar uma vaga no legislativo em 2018.

A postulação do aliado vai rachar literalmente a base da qual faz parte e pode frustrar as expectativas de reeleição alimentadas pelo socialista.

Jeová se elegeu em 2014 com o apoio do grupo político da prefeita Denise Albuquerque (PSB), que foi derrotada nas urnas nas ultimas eleições estaduais. Apesar da derrota, o grupo liderado por ela ainda tem bastante influência na cidade, e começa a ser cobiçado pelo vice, que quer o apoio em 2018.

Mas, com a possibilidade de postulação de mais um aliado, o apoio de Carlos e Denise pró Jeová é visto como incerto. Temendo perder os aliados, Jeová, inclusive, fez um desabafo público durante entrevista a uma emissora de rádio local.

“Se eu não receber o apoio deles a situação complica”, desabafou.

O deputado disse esperar o ex-prefeito Carlos Antônio (DEM) e a prefeita Denise Albuquerque (PSB) em seu palanque em 2018, para lhe retribuir os apoios às campanhas municipais do grupo em 2012 e 2016. “De público estou pedindo que me apoiem”, apelou.

A postulação de Junior Araújo para ALPB já é tratada como irreversível, e já conta, inclusive, com o apoio de alguns vereadores, implodindo a base política de Jeová.

Outro complicador é que o deputado José Aldemir, eleito prefeito da cidade, se antecipou e já anunciou que lançará a esposa, doutora Paula, para disputar uma cadeira no legislativo estadual no próximo pleito.

Sem máquina, sem estrutura e sem padrinho, Jeová terá que andar muito nos outros municípios para tentar manter uma votação expressiva. O PSB é uma das legendas com maior coeficiente eleitoral na Paraíba. Hervázio Bezerra, líder do Governo, por exemplo, obteve mais votos que deputados titulares, mas acabou abarcando apenas a suplência na Casa de Epitácio Pessoa.


PB Agora

Tesouro transfere quase R$ 5 bilhões a municípios

Segundo o Tesouro, os recursos vão entrar na conta dos municípios na sexta-feira (30). Os Estados pressionavam para antecipar o repasse

Após derrubar decisão contrária inicial do TCU (Tribunal de Contas da União), o Tesouro Nacional anunciou que foi emitida na quinta-feira (29) uma ordem bancária em favor dos municípios para o pagamento de cerca de R$ 5 bilhões provenientes do programa de regularização de ativos de brasileiros no exterior, após o TCU (Tribunal de Contas da União) ter liberado a operação na noite desta quinta.
Segundo o Tesouro, os recursos vão entrar na conta dos municípios na sexta-feira (30). Os Estados pressionavam para antecipar o repasse.
As informações são da Folha de S.Paulo.
"Sob pressão das unidades da federação, o governo federal editou na semana passada iniciativa para liberar o montante nesta sexta, o que permitiria às unidades da federação contabilizá-los no caixa deste ano.
O TCU (Tribunal de Contas da União), contudo, bloqueou na quarta-feira (28) o repasse do montante na sexta, uma vez que é feriado bancário, e resistia em permitir a sua liberação nesta quinta, já que a medida provisória estabelecia a sexta-feira.
O tribunal vetou o repasse por entender que as transferências de recursos feriam o princípio da legalidade, e que o montante repassado beneficiaria os atuais prefeitos e não os novos prefeitos, que tomam posse no domingo (1º).
Inicialmente, o ministro do TCU Raimundo Carreiro determinou que os valores só poderiam ser transferidos em 2 de janeiro. A Advocacia Geral da União recorreu da decisão nesta quinta.
Mais cedo, prefeitos pediram ao presidente Michel Temer que publicasse uma nova medida provisória para antecipar para esta quinta o repasse da multa da repatriação." 
Brasil 247

WhatsApp vai parar de funcionar em alguns celulares; veja quais

Aplicativo deve ser desabilitado também em mais modelos até junho de 2017

O aplicativo de mensagens WhatsApp deixará de funcionar em alguns modelos antigos de celulares no começo de 2017.

Segundo o "Olhar Digital", os modelos nos quais o app deixará de operar já caíram de desuso e estão há cinco anos sem receber atualizações dos seus sistemas operacionais.
Confira os aparelhos que perderão o acesso: 
- Todos os Androids com a versão 2.1 (Eclair) ou 2.2 (Froyo)
- iPhone 3GS ou qualquer aparelho com o iOS 6;
- Qualquer aparelho com o Windows Phone 7. 
Em fevereiro deste ano, a empresa já havia anunciado que outros equipamentos como BlackBerry OS, BlackBerry 10, Nokia S40 e Nokia Symbian S60 também perderiam o acesso, mas acabou voltando atrás e estendendo o prazo de funcionamento nestes modelos até 30 de junho de 2017.
"Esta foi uma decisão difícil de ser feita, porém foi a decisão certa para que pudéssemos oferecer as pessoas, melhores maneiras de manter contato com família, amigos e entes queridos utilizando o WhatsApp. Caso você utilize um destes aparelhos, nós recomendamos que troque por um aparelho Android, Apple ou Windows Phone mais atual antes do fim de 2016 para que possa continuar usando o WhatsApp", diz a empresa.

noticiasaominuto

Manoel Júnior deverá renunciar hoje mandato na Câmara Federal para assumir vice em João Pessoa

O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) anunciará logo mais, sua renúncia do mandato na Câmara Federal. Segundo ele mesmo já informou a pessoas próximas sobre o assunto. É o ato legal que precede a sua posse como vice-prefeito de João Pessoa neste domingo (1º), cargo para o qual optou assumir depois de longa reflexão, auscultas a aliados e pareceres jurídicos.
Nas últimas horas, Manoel recebeu intensos e renovados apelos de aliados do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) para assumir o cargo, decisão que facilita o projeto de unidade das oposições da Paraíba para as eleições de 2018.
Sem um vice, Cartaxo enfrentaria embaraços para o eventual cenário de desincompatibilização em abril de 2018, caso decida disputar na chapa majoritária, e veria o presidente da Câmara Municipal assumir e convocar novas eleições municipais, com a vacância dos cargos de prefeito e vice.
Com a renúncia de Manoel, quem assume a vaga na Câmara é o primeiro suplente do PMDB, o jovem André Amaral, eleito com apenas 6.552 votos. Ele já assumiu o mandato por quatro meses durante licença parlamentar do deputado federal Veneziano Vital (PMDB), quando este concorreu à Prefeitura de Campina Grande na eleição de 2016.
MaisPB

Comissão de transição do prefeito eleito de Santa Rita pede ajuda ao TCE para evitar dilapidação do erário público

A comissão de transição do prefeito eleito de Santa Rita, Dr. Emerson Panta (PSDB), deu entrada protocolar na última quinta-feira (29) no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) solicitando providências para evitar a dilapidação do erário público nos últimos dias da atual gestão.

No documento enviado ao TCE-PB, foi destacada a necessidade da transparência dos dados sobre as receitas e despesas da Prefeitura Municipal de Santa Rita, com o objetivo de auxiliar nos primeiros dias da nova gestão para otimizar e destinar medidas e ações mais céleres que possam mudar a situação de caos estabelecido no município.

Por meio de ofício, a comissão que é formada por técnicos lembrou-se do cumprimento da Resolução Normativa RN-TC nº 03/2016 que trata dentre outras questões, da apresentação de documentos e informações até o dia 30 de novembro do exercício que se encerra o mandato, e, no entanto, não houve resposta dos questionamentos solicitados.


Assessoria 

Diário Oficial traz nomeações de Nonato Bandeira, Denise Albuquerque e Ana Cláudia Vital do Rego

Fim do mistério: Diário Oficial traz nomeações de Fábio Maia, Nonato Bandeira, Denise Albuquerque e Ana Cláudia no Governo Ricardo Coutinho II
A edição do Diário Oficial desta sexta-feira (30) publicada na versão online, na noite de quinta-feira (29), ratificou as especulações sobre a mudança na equipe de secretários do governador Ricardo Coutinho e trouxe as nomeações do jornalista Nonato Bandeira (PPS), da esposa do deputado Veneziano, Ana Cláudia Vital (PMDB) e também da prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque para figurar no 1º e 2º escalão da gestão estadual.

Nonato Bandeira, que encerra o mandato de vice-prefeito da Capital, agora é o novo Chefe de Gabinete do governador Ricardo Coutinho.

Ana Cláudia, que há pouco tempo atrás estava à frente da Coordenação da Funasa na Paraíba, assume a Secretaria Executiva da Casa Civil do governador.

Fábio Maia, que estava na chefia de gabinete, ficará a frente da secretaria executiva de Planejamento Orçamento e Gestão.

Já a prefeita derrotada de Cajazeiras será a nova secretária executiva da Secretaria de Estado e Desenvolvimento Humano.

Ela é a maior novidade, já que ninguém esperava que a nomeação dela acontecesse antes mesmo do final do mandato à frente da prefeitura da cidade.





PB Agora

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Presidente da Comissão de Transição posta em rede social real situação como Zé Aldemir irá receber Prefeitura de Cajazeiras

O advogado Jone Pereira, que foi nomeado presidente da Comissão de Transição pelo prefeito eleito por Cajazeiras, José Aldemir para comandar os trabalhos e recebimento de documentos da gestão Denise Albuquerque, postou no final da tarde desta quinta-feira (29) em sua rede social Facebook, os contratempos, desmandos e real situação que a futura gestão irá encontrar. 

Leia abaixo, à íntegra das informações:

Venho como presidente da COMISSÃO DE TRANSIÇÃO do prefeito diplomado de Cajazeiras, José Aldemir Meireles, fazer alguns esclarecimentos à imprensa e sociedade em geral, que julgo necessários:

Os trabalhos da comissão de transição ocorreram em sua grande maioria num clima de harmonia. Nesse ponto, quero agradecer ao colega Rogério Silva Oliveira por sua postura cordial durante todo o período de condução dos trabalhos.

Durante o período, cobramos em mais de 30 (trinta) requerimentos as entregas dos documentos necessários ao bom funcionamento do processo, inclusive os constantes na RESOLUÇÃO NORMATIVA 03/2016 do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, todavia não nos sendo entregues todos os documentos indicados pela referida resolução, restando materiais que entendemos ser de suma importância.

A comissão de transição nomeada pelo prefeito José Aldemir não se limitou a buscar informações apenas com a equipe nomeada pela atual gestão. No período que ocorreu a transição, buscamos junto a servidores municipais, câmara de vereadores, empresas de consultorias e assessorias que se encontram hoje prestando serviço ao município, bem como ao próprio Tribunal de Contas do Estado, informações que poderiam nos auxiliar nas orientações necessárias. Entendemos que a grosso modo a atual situação do município não é confortável, com muitos débitos, inclusive junto a previdência própria, evidenciado por ausência de repasse da atual gestão, não cumprindo a integralidade de sua obrigação neste item. Fica, pois, evidenciado que o prefeito diplomado José Aldemir terá uma grande missão, de organizar a prefeitura cumprindo com as obrigações previstas legalmente.

Outro ponto merecedor de destaque diz respeito às inúmeras denuncias que nos foram encaminhadas durante o período da transição, notadamente em relação à retirada de materiais de expediente de diversos órgãos e setores da administração municipal, (depenamento de veículos, retiradas de mobiliário, doações irregulares, etc.), todas expostas com vídeos e imagens que oportunamente serão apuradas via abertura de procedimento administrativo e conclusivamente, se comprovadas, serão adotadas as medidas judicias necessárias à punição dos responsáveis.

Durante dias e noites de trabalho, idas à capital em busca de informações e dedicação com muito zelo foram marcas dos trabalhos realizados por todos nós da equipe de José Aldemir, a quem quero agradecer pelo empenho durante esse período de transição.

Ainda nos resta prazo. Estamos aguardando as ultimas informações que poderão nos ser repassadas até a data de 31 de Dezembro e que acreditamos de boa fé que nos serão entregues, e de antemão informo que buscamos fazer tudo na forma legal, sem qualquer interferência ou ingerência sobre os trabalhos da gestão que ora se encerra.

Um Feliz e abençoado 2017!

Sessão Solene de posse dos vereadores, prefeito e vice-prefeito e eleição da Mesa Diretora

PROGRAMAÇÃO:





Assessoria

SINFUMC – Admoestação ao Executivo Municipal do futuro

Conforme reza a legislação sobre os cargos de Gestor e Vice-Gestor Escolar no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Magistério em vigor no município de Cajazeiras desde 1998, atualizado duas vezes, em 2005, por via da Lei nº 1.584/05 e em 2008, através da Lei nº 1.806/08, só poderão ser gestor e vice-gestor nas unidades de ensino do Sistema Municipal, na Terra da Cultura,quem for professor efetivo conforme o artigo 37 da Constituição Federal/88. Lei Municipal 1.217/98 artigos 3º e 10. Lei Municipal nº 1.289/00 artigo 7º inciso I. Além do Plano Municipal de Educação em vigência desde 15 de junho de 2015 e/ou Lei nº 2.329/15.

Para dirimir dúvidas por parte dos atravessadores da educação local, observem o conteúdo explicito em nosso Diploma Municipal para o caso em comento.

Art. 9º da lei 1.806/08 - O artigo 27 da Lei 1.584/05 passa a vigorar com a seguinte redação: a jornada de trabalho dos ocupantes do cargo de provimento de Diretor é de 40 (quarenta) horas semanais.

Art. 14 da lei 1.806/08 – O artigo 34 da lei 1.584/05 passa a vigorar com a seguinte redação: Aos profissionais da educação eleitos para o exercício da função de Diretor e Vice- Diretor será assegurado uma gratificação constante no anexo III desta lei, observando o padrão das unidades de ensino.

Parágrafo Único - A gratificação para o exercício da função de vice- diretor corresponderá a 80% (oitenta por cento) do valor atribuído como gratificação devida à direção correspondente.

Portanto, adverte o SINFUM aos que vão gerenciar a coisa pública na Terra que Ensinou a Paraíba a Ler, por quatro anos, “que nada dá certo começando errado”.

Cajazeiras/PB, 29 de Dezembro de 2016.

A DIRETORIA DO SINFUMC

Rede Sustentabilidade de João Pessoa vai à Justiça contra Luciano Cartaxo e seu vice-prefeito eleito Manuel Júnior

A Comissão Provisória do Partido Rede Sustentabilidade em João Pessoa protocolará nesta quinta-feira (29), no Fórum Eleitoral, pedido de notificação judicial dirigido ao prefeito eleito Luciano Cartaxo (PSD).  Na ação, o partido comunica a Cartaxo, que ajuizará ação de impugnação de mandato eletivo contra sua pessoa logo após o término do recesso da Justiça Eleitoral, pedindo a declaração da sua inelegibilidade e a perda do mandato conquistado, caso o Deputado Federal Manoel Júnior não venha a tomar posse no dia 1º de janeiro de 2017.

Segundo a notificação, não existe candidatura a prefeito sem a do respectivo vice. Assim, caso Manoel Jr. não tome posse do cargo para o qual foi eleito, estará caracterizada fraude eleitoral, que autoriza a cassação do prefeito eleito.

A Rede Sustentabilidade entende que, ao tornar-se candidato a vice, Manoel Jr. passou para a sociedade a informação de que de fato assumiria o cargo caso fosse eleito, sendo o voto dirigido a ambos os componentes da chapa majoritária, não apenas a Luciano Cartaxo. A aliança assegurou ao prefeito eleito o maior tempo de televisão, a ampliação das doações de campanha e de importantes apoios políticos.

Na ação, a Rede afirma que o Tribunal Superior Eleitoral tem decidido que qualquer ofensa à legalidade do processo eleitoral como um todo pode ser reconhecida como fraude, não apenas os atos observados no dia da votação. Em um precedente do tribunal, foi decidido que a fraude pode se "configurar, também, por qualquer artifício ou ardil que induza o eleitor a erro, com possibilidade de influenciar sua vontade no momento do voto, favorecendo candidato ou prejudicando seu adversário” (Ac. no 4.661).
Márlon Reis
Idealizador da "Lei da Ficha Limpa"
Advogado da Rede Sustentabilidade
Além disso, a Rede afirma que a Constituição brasileira estabelece que os Deputados e Senadores não poderão desde a posse, ser titulares de mais de um mandato ou cargo público eletivo.

O advogado da Rede Sustentabilidade, Márlon Reis, um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa, afirma que "com a notificação, a Rede espera que Manoel Jr. tome efetiva posse no cargo de vice-prefeito de João Pessoa, sob pena de deixar Luciano Cartaxo a um passo da cassação. É preciso assegurar a supremacia da Constituição e a vontade do povo expressada nas urnas".


Assessoria de Comunicação

Polícia Civil cumpre mandado de prisão e prende homem acusado de estupro em Cajazeiras


A Polícia Civil de Cajazeiras, por meio da 1ª Delegacia Distrital e da Delegacia da Mulher, deu cumprimento na última quarta-feira (28.12.2016) ao Mandado de Prisão, expedido pela Dr. Paula Franssinetti da (Vara das Execuções Penais) em desfavor de José Antônio do Nascimento, com pena em 2015 restante a cumprir de 4 anos 2 meses e 19 dias, pelo crime de estupro.


A prisão foi efetuada por agentes da Polícia Civil. Após cumprimento do referido mandado José Antônio, foi conduzido a Delegacia de Polícia e em seguida - transferido para o Presídio Regional de Cajazeiras, onde permanecerá a disposição da Justiça.



Da redação
Com Ângelo Lima

Mídia nacional repercute declarações de RC sobre pacto para eleições diretas

O portal Brasil 247 repercutiu uma declaração do governador Ricardo Coutinho (PSB) sobre a possibilidade de cassação da chapa Dilma/Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para o paraibano, o mais correto seria a instalação de um calendário para eleições diretas para a Presidência da República, caso Michel Temer (PMDB) realmente caia.
Confira matéria na íntegra:

GOVERNADOR DA PARAÍBA LANÇA PACTO PARA ELEIÇÕES DIRETAS
“Em caso de prosperar a cassação de toda a chapa presidencial vencedora de 2014 não há remédio paliativo, daí a importância de um Pacto nacional ajustando calendários para a realização de eleições diretas como solução mais consistente”. Esta é a opinião do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), analisando a hipótese da chapa Dilma/Temer ser cassada pelo TSE em 2017.
Ele avalia que o ex-ministro da Fazenda, Ciro Gomes, cumpre papel importante na conjuntura como pré-candidato a presidente da República. Para ele, o PSB precisa se recompor com sua história retomando o projeto político no campo progressista e apresentando uma proposta para o Brasil.
Lembrado pela cúpula do PSB em face da gestão de resultados positivos e como nome do partido para 2018, o governador desvia e pouco fala sobre assunto preferindo focar o discurso na necessidade da legenda retomar o campo progressista saindo da condição co-adjuvante do PSDB precisando ampliar o diálogo e.construir um projeto de Governo do Pais.
“A situação está se agravando a cada dia com governos sem saber o que vai acontecer no mês seguinte ou quem será a vítima do mês”, avaliou o governador projetando “tempos ainda mais difíceis em 2017, por isso a necessidade de estabelecer um Pacto para evitar maiores retrocessos”.
Sobre Ciro Gomes, ele observa que o ex-governador do Ceará é um dos mais preparados homens públicos na discussão sobre os rumos do Brasil e minimiza a fama de estourado do líder cearense.
“O estilo dele precisa sem encarado como forma verdadeira de ser, mas nada atrapalha sua participação importante no debate sobre o País”, afirmou.

Da redação
Com ParaíbaJá

Aesa registra chuva em todas as regiões da Paraíba; veja índices pluviométricos nas principais cidades

Foto: Cavalcante Junior
As chuvas que caíram na última quarta-feira (28) na Paraíba reascenderam as esperanças dos paraibanos que sofrem com a estiagem.
As chuvas foram registradas em várias cidades do Litoral ao Sertão do Estado, no entanto, a meteorologia alega que elas são passageiras.
Segundo o meteorologista Alexandre Magno da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), explicou que grande parte do sistema já se dissipou sobre a região e que as chuvas sejam mais reduzidas nas próximas horas.
De acordo com o meteorologista, as chuvas eram previstas, mas  a quantidade de água e o tamanho da área atingida  foram superior ao estimado  pelos especialistas.
“Foi até maior do que se esperava, pois, adentrou todo Estado provocando índices representativos, inclusive, com escoamento em todas as regiões e agraciando a população que tem onde armazenar a água  como cisterna e outros reservatórios”, afirmou.
Alexandre Magno revelou alguns índices pluviométricos registrados até a às 18h, de quarta-feira. Cabedelo, na Grande João Pessoa, foi onde mais choveu.
Confira:
Cabedelo, 56,4 milímetros;
Cajazeiras, 19,5 milímetros;
Bayeux,   53,2 milímetros;
João Pessoa (Grotão), 52,8 milímetros;
Alagoa Grande, 42,6 milímetros;
Campina Grande, 42 milímetros;
Mari,  38 milímetros;
Caaporã, 28 milímetros;
Pitimbu, 26 milímetros;
Queimadas,  23 milímetros;
Catolé do Rocha, 21 milímetros;
São José da Lagoa Tapada 20,2 milímetros;
Santana de Mangueira 6,6 milímetros;
Soledade 6,6 milímetros;
Picuí,  5 milímetros;
Conceição,  5 milímetros;
Monteiro, 5,2 milímetros;
Sousa, 4,6 milímetros;
São Mamede, 2 milímetros;
Pombal, 2 milímetros;
Uiraúna, 0,8 milímetro.

Com MaisPB

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

João Pessoa é apontada pelo Tribunal de Contas do Estado como a cidade mais transparente da Paraíba

A política de transparência da atual gestão do prefeito Luciano Cartaxo mais uma vez foi destaque em avaliações dos órgãos de fiscalização. Nesta terça-feira (27), o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) divulgou o segundo ranking referente ao ano de 2016 e a Prefeitura Municipal de João Pessoa foi a mais bem avaliada. Numa escala de 0 a 10, a PMP obteve nota 9,9. A avaliação é feita com base nos sites exigidos pelas Leis da Transparência e do Acesso à Informação (n° 12.527/2011).
Destacar-se na transparência pública tem sido uma constante para a PMJP. Os mecanismos adotados vêm ajudando no fortalecimento dessa cultura. É aí que a Capital já é exemplo através da prestação de serviços por meio da Secretaria de Transparência Pública. A cidade foi a segunda do Nordeste a regulamentar a própria Lei de Acesso à Informação. Trata-se da Lei Municipal Nº 12.645/2013, que dispõe sobre a política municipal de transparência e acesso à informação.
O Portal da Transparência da PMJP é referência no auxílio à população. De acordo com a secretária da Transparência Pública do município (Setransp), Ludinaura Regina dos Santos, a gestão municipal é comprometida em dar publicidade aos atos que são praticados. “Nós criamos mecanismos para que o cidadão possa dispor de instrumentos para acompanhar a execução do gasto público e assim poder exercer o seu controle social”, revela.
O portal disponibiliza dados e informações com o detalhamento de receitas, acompanhamento de despesas, licitações e contratos, orçamento municipal, convênios e transferências, semanário oficial e prestação de contas. No site interativo, o cidadão encontra o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), canal que pode ser utilizado para solicitar e receber informações.
VEJA O RELATÓRIO CLICANDO AQUI!

Dono de gráfica usada pela chapa Dilma-Temer seria laranja

Operação da PF investiga esquema de desvio de dinheiro no financiamento da campanha de 2014

A Polícia Federal (PF) cumpriu, na última terça-feira (27), mandados de busca em endereços de 20 pessoas e empresas, incluindo três gráficas, contratadas para prestação de serviços à chapa de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB), na campanha eleitoral de 2014. A ação para cassar a chapa Dilma-Temer, apresentada pelo PSDB, está sendo julgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo informações de O Globo, em um dos endereços visitados, os investigadores encontraram indícios de que o suposto dono de uma das gráficas pode ser um laranja e seu nome teria sido usado indevidamente para encobrir transações.
O suposto empresário, responsável pela movimentação de altas somas, não soube responder às perguntas dos investigadores. 
O endereço registrado como sede da Rede Seg Gráfica e Editora é uma sala comercial em um bairro da periferia de São Paulo. O local tem pouco movimento e, na maioria do tempo, fica fechado, segundo funcionários de outras salas alugadas no prédio de dois andares. Não há qualquer identificação no local da Rede Seg.
No térreo, um depósito seria usado pela Rede Seg para estocar material da gráfica, que tem como proprietário oficial um motorista da empresa, Vivaldo Dias da Silva.
O Globo

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Vereadores definem eleição da Mesa Diretora da Câmara de Bom Jesus para os dois biênios

Após vários dias de incertezas e indefinições, foi decidido nesta terça feira (27), o impasse em torno da eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Bom Jesus. Uma reunião aconteceu na sede da AMASP em Cajazeiras, com os seis vereadores da base de sustentação do prefeito Roberto Bayma. Estavam presentes, os vereadores: Tomaz Duarte, Larissa Ricarte, Evandro Abel, Tito Líbio, Fabio Abel e Ediney Pereira, além do prefeito.

O Vereador Evandro Abel se lançou candidato e obteve o apoio de quatro colegas, já o Vereador Tito Líbio, também se lançou, porém, não recebeu apoio de nenhum vereador. Foi quando o Vereador Ediney se lançou candidato e recebeu apoio de quatro colegas.

Após as discussões ficou acordado que o candidato Evandro Abel assumirá o primeiro biênio (2017/2018) e, o Vereador Ediney Pereira, o segundo biênio (2019/2020).

Após a homologação, os vereadores Evandro e Ediney sentaram para discutir sobre a formação das chapas.

A eleição da Mesa da Diretora da Câmara Municipal de Bom Jesus acontecerá no dia 1º de janeiro de 2017, quando tomarão posse os vereadores eleitos, o prefeito Roberto Bayma e o Vice-Prefeito João Melquíades.
Veja como ficou a formação da chapa do Vereador Evandro Abel, visualizando imagem abaixo!



Da redação
Com Cancão Notícias

Deputado Jeová Campos diz que oferta de Alckmin é presente de grego e que ele quer fazer média com o NE

Para o parlamentar, ele ajudaria muito mais se pedisse ao presidente Temer, seu aliado, celeridade na conclusão das obras da Transposição

Geraldo Alckmin está em campanha e querendo fazer média com o Nordeste. Um gesto que ele deveria fazer com mais firmeza e que, de fato, ajudaria, seria exigir do governo Temer, que ele é aliado de primeira grandeza, inclusive, um dos responsáveis pelo golpe que sofreu o país, celeridade na conclusão dos 10% que faltam para conclusão das obras da transposição. Isso sim ajudaria. Penso que emprestar as bombas que foram usadas no reservatório de Cantareira, em São Paulo, para reduzir o tempo de chegada das águas da transposição pode ajudar, mas, num outro momento, na atual conjuntura é um presente de grego”, disse hoje, terça-feira (27), o deputado estadual Jeová Campos (PSB), durante entrevista em um programa de TV local.

Segundo Jeová, é uma vergonha que a obra esteja parada, no Eixo Norte, em Terra Nova, Salgueiro (PE), há quase seis meses. “E por que Geraldo Alckmin não foi pedir celeridade ao presidente na escolha de outra empresa para substituir a Mendes Júnior que abandonou a obra desde julho. Que essa oferta das bombas sirva, pelo menos, para chamar a atenção do governo federal para a letargia do projeto. As bombas são bem-vindas, pois é necessário, pelo menos, 90 dias para as águas encherem os reservatórios e são 11, mas o que nos precisamos agora é da conclusão da obra”, argumenta o parlamentar, lembrando que a transposição vai chegar à Paraíba pelo Eixo Norte, em Cajazeiras, através de Engenheiro Ávidos, e pelo Eixo Leste, a partir de Monteiro.

Outro aspecto, de acordo com Jeová, que precisa ser analisado é a inércia das bancadas federais do Nordeste, especialmente, a paraibana. “Eles não enxergam um palmo à frente do nariz e nada ou quase nada estão fazendo para pressionar o governo, já que a maior parte é da base de sustentação de Temer. Por que não houve pressão política para ser celebrado um contrato emergencial para escolha da empresa para substituir a Mendes Júnior e somente em janeiro se escolherá nova empresa mesmo a Lei permitindo, neste caso, a contratação emergencial? Como não se opor a escolha de um Ministro da Integração do Pará e não do Nordeste? Por que o secretário nacional de infraestrutura hídrica não é um paraibano, um cearense, um pernambucano? Por que tem que ser gente de fora, que não conhece nossas terras e nossas dificuldades, que não enxerga além, das janelas dos gabinetes em Brasília? O povo não pode esperar mais porque o que se pede é algo crucial para a vida, ou seja, água”, finaliza Jeová.


Assessoria

MEC antecipa R$ 1,25 bi de pagamento para professores; Paraíba é conteplada

O governo federal liberou este mês R$ 1,25 bilhão para complementar o piso nacional dos professores de nove Estados em 2016, incluindo a Paraíba. O montante faz parte dos repasses do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). A informação foi anunciada nesta terça (27) pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. A antecipação do pagamento é uma das iniciativas do governo federal para injetar dinheiro na economia e estimular o consumo.
A medida foi estudada pela área econômica do governo e teve o aval tanto do presidente Michel Temer como do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. O montante seria pago em abril de 2017. Além da paraíba, serão beneficiados com a liberação os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Amazonas e Pará.
As ordens bancárias para os pagamentos foram emitidas em 21 de dezembro e, segundo o MEC (Ministério da Educação), o crédito dos recursos em contas de Estados e municípios foi realizado nesta segunda (26). Ao liberar o dinheiro para pagar os salários dos professores, o governo também alterou o cronograma do pagamento da complementação do piso nacional. Desde 2011, os valores eram pagos em parcela única em abril do ano seguinte. A partir de 2017, serão mensais. A estimativa é que os repasses somem R$ 1,29 bilhão no próximo ano. 
Folha de São Paulo

Novo golpe no WhatsApp promete ‘visualizador de conversa’ de contatos

Um novo golpe que promete recursos extras para o WhatsApp já afetou mais de 1,2 milhão de usuários brasileiros em duas semanas. O ataque, revelado pela empresa de segurança ESET, afirma permitir que as vítimas visualizem as conversas de seus contatos no mensageiro, uma opção chamada “Visualizador de conversas para o WhatsApp”.
Após enganar o usuário, o falso recurso o leva a realizar inscrições em serviços de mensagens de celular pagos, que podem fazer débitos indevidos em seu nome ou instalar apps falsos que roubam os seus dados.
Para ativar o recurso falso, o ataque se propaga através de links maliciosos que prometem mostrar com quem os seus amigos estão conversando. Ao tocar nele, a vítima é levada a uma página que pede o compartilhamento do endereço com os contatos para que a funcionalidade seja liberada. Em seguida, o usuário é levado a uma plataforma de publicidade, onde é induzido a se inscrever em um serviço de mensagens pagas via SMS.
Segundo o levantamento da ESET, o golpe atingiu cerca de 1,5 milhão de pessoas em todo o mundo, sendo o Brasil o país mais afetado. O ataque teria começado no dia 18 de novembro.
Golpes pelo WhatsApp crescem nos últimos meses
O número de tentativas de golpes no aplicativo aumentou nos últimos meses. Nove tipos de ataques foram identificados somente em 2016. A maior parte deles procura inscrever os usuários em serviços pagos.
Além da promessa de ver as conversas dos contatos, os golpes também prometiam chamadas de vídeo premiumpacotes de emoticons românticos ou cupons de desconto falsos para lojas e restaurantes de marcas famosas.

Fonte: TechTudo