.

.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Couto pede que delegado especial apure assassinato de petista em Mogeiro/PB

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) denunciou na última quinta-feira, 7, o assassinato bárbaro de um assentado da reforma agrária no Município de Mogeiro, na Paraíba, Ivanildo Francisco da Silva, de 46 anos, que também era presidente do diretório do PT do município.

"Estou pedindo ao Secretário de Segurança Pública do Estado da Paraíba que designe um delegado especial para investigar esse assassinato. Também peço ao Ministério Público que indique um de seus membros para acompanhar essas investigações.

Nós não podemos aceitar isso. Ele foi assassinado dentro da sua casa, na presença da filha. É essa a denúncia que nós estamos fazendo, pedindo as providências necessárias para a elucidação desse crime bárbaro", disse Luiz Couto.

Ivanildo foi executado por volta das 22h, com um tiro de espingarda calibre 12, na cabeça, na casa onde morava no assentamento Padre João Maria, em Mogeiro.

O corpo só foi encontrado de manhã porque a esposa do petista tinha ido para a casa do pai, na zona urbana, e lá dormiu depois de participar da missa. A mulher encontrou o cadáver do marido e a filha chorando ao redor do corpo.

Ivanildo deixou seis filhos órfãos. Cinco eram do primeiro casamento.


Dep. Luiz Couto