.

.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Polícia apreende veículo de luxo no valor de R$ 160 mil em João Pessoa

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de investigações realizadas pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa, apreendeu nesta quarta-feira (17) um veículo de luxo, Audi A4 2.0 TFSI, ano 2013, avaliado em R$ 160 mil. A apreensão ocorreu na residência de um empresário no bairro do Bessa, em João Pessoa, em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela 3ª vara criminal da Capital.
 
Segundo o delegado Lucas Sá, da Delegacia de Defraudações de João Pessoa, as investigações demonstraram que o veículo havia sido adquirido por dois empresários e que eles não cumpriram com a negociação inicial, repassando o veículo a uma terceira pessoa, sem o conhecimento do proprietário e simplesmente se negando a cumprir com os termos contratados inicialmente.
 
“O empresário Cláudio Maurício de Oliveira, 48 anos, e o filho dele, José Enoch Neto, 29 anos, adquiriram o veículo em 2014 e repassaram para uma terceira pessoa, um empresário do ramo da construção civil de João Pessoa. O fato é que, apesar de ter revendido o veículo, os empresários não quitaram a dívida anterior. Eles pagaram apenas parte do valor do carro e negociaram o restante com cheques, que foram devolvidos. O veículo passou a ser objeto de investigação em tramitação na DDF e na 3ª Vara Criminal, gerando o mandado de busca e apreensão”, explicou o delegado Lucas Sá.
 
O empresário que adquiriu o veículo em cuja residência o bem foi apreendido não figura no processo como suspeito, mas como vítima. “Ele apenas adquiriu o veículo e até o momento não há informações ou indícios de que ele tinha conhecimento sobre a fraude. As investigações continuarão, agora com a análise das condutas dos suspeitos, no sentido de verificar se mais negociações foram descumpridas de maneira criminosa”, ressaltou Lucas Sá.
 
A DDF orienta a população que verifique a documentação dos veículos em todo tipo de negociação, entrando em contato com o proprietário constante na documentação e sempre formalizando a contratação, ou seja, sempre firmando as negociações por escrito e com as assinaturas reconhecidas em cartório, para que possam ser tomadas as medidas necessárias no caso de algum descumprimento contratual.
 
Em caso de dúvidas ou de ocorrência de alguma fraude relacionada à negociação de veículos, a Delegacia de Defraudações e Falsificações funciona em horário de expediente – segunda a sexta feira – na Central de Polícia Civil – Geisel, em João Pessoa, e as denúncias podem ser feitas pelo fone: 3218-5333. Outras denúncias a respeito de estelionatários ou de crimes relacionados podem ser feitas, ainda, através do disque denúncia da Polícia Civil – 197, com sigilo absoluto garantido ao denunciante.

Secom