.

.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Marcos Barros critica duramente colega presidente da Câmara Municipal – Vereador Nilsinho

Em Sessão Especial realizada na última terça-feira (24), para debater sobre os gastos e despesas e exposição dos balancetes – oriundos do Fundo Municipal de Saúde de Cajazeiras, com o Secretário de Saúde, Henry Witchael Dantas Moreira, o Vereador Jucinério Féliz (PPS), solicitou da Mesa Diretora naquele momento, presidida pelo Vereador Marcos Barros (PSB) – para saber por que não fora disponibilizado com certa antecedência, cópias do calhamaço de documentos (balancetes), a fim de ampla leitura e apreciação.

Imediatamente, o Vereador Marcos Barros, que é líder da bancada de situação, foi enfático, e atribuiu o atraso na entrega dos convites das sessões solenes e especiais, ao presidente da Câmara – Nilson Lopes Meireles Filho. “Mandei o presidente organizar melhor esse negócio de entrega de convites, senão, a gente vai continuar pagando esse mico, aqui na Câmara”, criticou.

Indagado ao Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Janci Emerson, sobre a regularidade das entregas dos convites para participar das sessões especiais, o mesmo não titubeou; “Não recebi esse convite, nem os membros do Conselho Municipal de Saúde, quando recebemos a Câmara lota, dá quórum”. A situação ali ocorrida - deixou a entender, que houve manobra.

O Vereador Jucinério Félix esbravejou e pediu explicações. O Secretário de Saúde informou que mandou entregar os convites desde o último dia (13/11), na Secretaria da Câmara, porém, chamada para se explicar, a tesoureira dirigiu-se ao plenário e afirmou que recebeu os balancetes na sexta-feira (20), já com a datação do dia (13/11/2015). O secretário ainda tentou argumentar.


Da redação