...

...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Após reunião no Ministério Público continua proibida a comercialização de bebidas alcoólicas no estádio Perpetão

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (18), no auditório do Ministério Público de Cajazeiras, uma reunião para discutir a segurança nos estádios de futebol e, principalmente a liberação da comercialização de bebidas alcoólicas em praças esportivas.

Estiveram presentes, o coordenador do Centro de Apoio de Cidadania e Direitos Fundamentais do Ministério Público da Paraíba promotor Walberto Lira, o comandante do 6º BPM (Batalhão de Polícia Militar) Tenente-Coronel Éneas da Cunha Rolim, o diretor do estádio Perpetão Luizinho Barroso, além de representantes da FPF (Federação Paraibana de Futebol) e dos clubes e torcidas de Cajazeiras.

Mesmo com todos os argumentos apresentados pelos que defendem a liberação, ficou decidido que continuará proibida a venda de bebidas alcoólicas no estádio Perpetão em dias de jogos, mesmo com o projeto aprovado pela Câmara Municipal na semana passada que, segundo o promotor foi uma decisão que extrapola as atribuições da Casa Legislativa cajazeirense, afirmou.

Dr. Walberto disse ainda, que estará expondo ao prefeito José Aldemir Meireles à inconstitucionalidade da lei, e pedindo que o gestor a vete o referido projeto - evitando, que seja ajuizada uma ação perante o Tribunal de Justiça, adiantou.

Ainda na reunião, ficou definido que os portões, só serão abertos ao término dos jogos. Outro ponto acordado na reunião é que o torcedor poderá entrar e sair livremente do estádio, porém, ao sair, para entrar novamente, será necessário que adquira um novo ingresso.



Com blog do furão