.

.

domingo, 12 de junho de 2016

Atualizado: Tragédia na BR-230: seis adultos morrem e três crianças ficam gravemente feridas em colisão entre dois carros em Cajazeiras

Os quatro ocupantes do Fiat Uno, da cidade de Coremas/PB - Créditos/CZN
Neste carro viajavam sete pessoas, quatro adultos e três crianças
Quatro corpos presos às ferragens
Carro com quatro vítimas fatais com placas de Coremas/PB
Placa do carro que caiu à ribanceira - HWY-0912/Ipaumirim/CE
Duas vítimas fatais do carro que caiu à ribanceira na BR-230. Mateus Eutrópio e Klinsmann Maciel
Criança (uma menina) de 1 ano e 7 meses agonizando após acidente na BR-230 à espera de socorro 
Uma verdadeira tragédia foi registrada na tarde deste domingo (12), por volta das 16hs00, quando dois veículos do tipo Fiat Uno se chocaram violentamente na BR-230, após o Presídio Regional do Sertão e antes do Sítio Antônio em Cajazeiras.

Seis adultos perderam a vida, três crianças ficaram gravemente feridas e foram retiradas das ferragens por populares que trafegavam pela rodovia. Uma multidão se formou às margens da BR e por solidariedade humana, o desespero tomou conta das testemunhas que observavam a demora do SAMU.

As crianças agonizavam se contorcendo de dores, o cenário era desesperador. A espera se deu por cerca de vinte minutos, para a chegada do SAMU, e ambulâncias do Corpo de Bombeiros. Logo as duas crianças foram atendidas pelos paramédicos do SAMU e oficiais bombeiros, uma outra em estado mais grave havia sido socorrida por um popular para o HRC.

Vale ressaltar que um dos carros de placas: KKL-8210, tem a inscrição da cidade de Coremas/PB e outro que caiu à ribanceira com duas vítimas fatais de placas: HWY-0912 é da cidade de Ipaumirim/CE. Informação não oficial chegada a nossa redação dá conta, que a primeira criança (um menino) foi socorrido para o HRC, chegou aquela casa de saúde com parada cardiorrespiratória, não resistiu e faleceu. As outras dua crianças (uma menina de um 1 ano e 7 meses) e um menino de 2 anos e 10 meses, ambas com com fratura de fêmur (direito) e TCE. As duas vítimas sobreviventes foram transferidas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande - em estado grave. 


Folha VIP de Cajazeiras