.

.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Prefeito nega ônibus e quadrilheiros realizam protesto em frente à sua casa

 Integrantes da (Quadrilha Malicia de Menina), de Pocinhos, protestaram na noite da terça-feira (28) em frente à casa do prefeito da cidade, Cláudio Chaves (PTB), reivindicando um transporte para a quadrilha se apresentar em São Vicente do Seridó. O protesto foi ocasionado quando os integrantes da junina tomaram conhecimento que o prefeito havia negado o transporte. A informação foi repassada ao PB Agora pelo jornalista e blogueiro Demétrio Costa que acompanha a política na região.

A representante da quadrilha junina, Carol Souto, informou que todas as medidas foram tomadas, inclusive o envio de ofícios solicitando um veículo para deslocar os dançarinos da junina para outros municípios. Carol ainda informou que tentou várias vezes contato com o prefeito, no entanto, a única mensagem que recebeu foi que não haveria possibilidades de liberar o ônibus, pois o chefe do executivo não estaria na cidade.

Outro situação constrangedora envolvendo o prefeito de Pocinhos e, também, na área cultural, foi uma vaia generalizada que aconteceu no último domingo, no ginásio de esportes, onde acontecia o “Arraiá do Cariri”, promovido pela prefeitura. Gritos, vaias e palavras de ordem foram ouvidas durante a passagem do gestor. 

As vaias foram ocasionadas pela falta de segurança, desorganização e até frustração com as atrações musicais convidadas para animar o São João de Pocinhos.

O PB Agora entrou em contato com prefeito Cláudio Chaves para ouvir a sua versão sobre a matéria, porém o seu celular estava desligado.


PB Agora