.

.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Idosa de 71 anos com perna “estourada” mendiga exame em Cajazeiras

A dona de casa Silvana de Sousa, moradora da Agrovila, Município de Cajazeiras, denunciou falta de atendimento na área de saúde na cidade.
De acordo com a denunciante, sua mãe necessita de hemograma completo e desde o mês de maio ela se dirige a Policlínica da cidade e não é atendida.
Silvana relatou que a mãe, de 71 anos já foi quatro vezes procurar atendimento e volta para casa sem receber atenção. “Minha mãe tem varicose e perna dela estourou e está com o buraco aberto”, disse.
Ela contou que última vez que a idosa procurou a Policlínica foi no dia 27 (segunda-feira), mas ao chegar uma funcionária disse que a máquina estava consertada, mas não ia “trabalhar de graça”.
Mais
A mulher denunciou também que o Posto de Saúde Dom Bosco, localizado no Bairro Capoeiras “não tem nada”, pois para fazer o curativo na perna da idosa é necessário comprar o material.
O outro lado
A reportagem do Diário do Sertão tentou entrar em contato com o secretário de Saúde da prefeitura de Cajazeiras, Henry Witchael, porém, ele não atendeu as ligações.
DIÁRIO DO SERTÃO