.

.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Ameaçado de morte Junior Soares deixa programa policial em Cajazeiras

De agora em diante o repórter policial Júnior Soares, não comanda mais o programa 'Boca Quente' primeira hora na Difusora Rádio Cajazeiras. Conforme Júnior, apesar de o rádio ser uma paixão, as constantes ameaças de morte foram os motivos principais para a sua decisão.
Ele agradeceu pela oportunidade que lhe deram e disparou: “Em virtude de constantes ameaças de morte que venho recebendo por parte de pessoas que se denominam bandidos e  por trabalhar na área policial querem calar a minha voz, enfim eles conseguiram, tenho família, amigos e muito a perder, eles não”. Desabafou.
A trajetória de Júnior Soares no rádio teve início na Tropical FM, da cidade de Cachoeira dos Índios, em Cajazeiras foi para a Rádio Oeste, depois passou pela Patamuté FM, Difusora AM, Rádio Correio de João Pessoa - retornando à Cajazeiras, voltou à Difusora onde encerrou suas atividades. Chegou a se afastar do por motivos de saúde, mas retornou ao rádio. É lamentável que algumas pessoas que se dizem bandidos estejam intimidando e calando a boca de integrantes da imprensa.
Com portais