.

.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Com apoio decisivo da Prefeitura, Campina Grande ganha primeira fábrica de aviões do Norte/Nordeste

Em mais uma demonstração de que Campina Grande é uma cidade de feitos marcantes e inovadores, foi inaugurada, no final da manhã desta quinta-feira (30), no Distrito de São José da Mata, a Stratus Aeronaves, primeira fábrica de aviões da cidade e única do Norte/Nordeste. A solenidade foi prestigiada pelo prefeito Romero Rodrigues, uma vez que foi decisivo o papel do governo municipal para tornar realidade a implantação deste novo empreendimento na cidade.

De acordo com a direção da empresa, dois modelos de aviões serão fabricados, sendo destinados ao transporte de passageiros e ainda ao treinamento de novos pilotos. O modelo executivo terá uma produção anual de doze aeronaves, enquanto um modelo mais esportivo chegará até 60 unidades anuais. Os aviões serão destinados aos mercados do Brasil, Europa e Estados Unidos. O empreendimento representa um investimento de R$ 10 milhões.

Na visão do prefeito Romero Rodrigues, o governo do município superou muitos obstáculos, inclusive no âmbito judicial, para garantir a instalação da nova fábrica. Contudo, a força das parcerias estabelecidas - incluindo a empresa Stratus, Câmara Municipal, Fiep e o Senai - tornou possível viabilizar o empreendimento.

“Apesar de varias dificuldades e barreiras, a nossa gestão adquiriu, por R$ 200 mil e desapropriou, a área onde está instalada a fábrica. Também temos o compromisso de fazer a pavimentação em asfalto da pista do aeroclube, o que vai consolidar o novo espaço industrial da cidade, sobretudo quanto a atividades como a manutenção de aeronaves, pois esta é mais uma necessidade do mercado nordestino”, afirmou.

Por sua vez, o diretor-presidente da empresa Stratus, Juan Pinheiro, reconheceu que a Prefeitura Municipal de Campina Grande teve um papel decisivo para a concretização do empreendimento.

“É de fundamental importância o apoio que a gente tem recebido da PMCG. Sem o apoio do prefeito Romero Rodrigues e de toda a sua equipe, não seria possível a instalação da empresa. Conquistamos, graças ao apoio do governo municipal, a cessão do terreno, além de mais benefícios que a municipalidade se comprometeu em trazer a essa área do aeroclube local”, destacou.

Para o empresário, a tendência é a de transformação de Campina Grande em um verdadeiro pólo de aeronáutica. Neste sentido, elogiou a meta da Prefeitura em asfaltar a pista do aeroclube e implantar outros melhoramentos no setor. “Tudo isso vai permitir uma infraestrutura capaz de viabilizar o polo tecnológico de aeronáutica, em várias especialidades, sendo esta mais uma vocação campinense”, disse.

A comunidade também aplaudiu a nova conquista de Campina Grande. Quem se revela feliz com a iniciativa é a professora Célia Maria Araújo, que nasceu e reside em São José da Mata. “Isso é ótimo, pois haverá a geração de empregos em nossa comunidade. Com certeza, o distrito vai se desenvolver muito a partir desta fábrica, pois os investimentos vão melhorar diversos setores, como o econômico e o de infraestrutura, sem se falar no fato de que os trabalhadores vão poder se empregar e residir na sua própria comunidade”, destacou.

Demétrius Carvalho, integrante do Clube de Paraquedismo de Campina Grande, destacou que a implantação da fábrica de aviões tem uma importância extraordinária, levando-se em conta ser um empreendimento inovador. “Esta importância, contudo, não é apenas local, mas regional, alavancando ainda mais o desenvolvimento econômico da região, além de estimular a juventude a estudar e a buscar profissionalização neste promissor mercado de trabalho”, destacou.

Ascom-CG