.

.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Mais um – suplente de vereador Adriano da Vila Nova ameaça entregar “cadeira” na Câmara por descumprimento de acordo

O suplente de vereador Adriano da Vila Nova (PDT) é mais aliado do grupo político comandado a mão-de-ferro pelo ex-prefeito de Cajazeiras, o médico Carlos Antônio Araújo de Oliveira (DEM), que segundo o próprio parlamentar-mirim um acordo firmado entre ambos não vem sendo cumprido.

Ainda de acordo com informações de servidores da Câmara Municipal de Cajazeiras, um fato curioso chamou atenção dos mesmos, na última quarta-feira (21), quando o líder comunitário da Vila Nova saiu da sala da tesouraria – com reclamações e, suas expressões foram as piores já presenciadas por alguém; “não estão cumprindo o que foi acordado, desse jeito eu vou entregar pra quem quiser assumir essa suplência”, havia desabafado Adriano.

O salário de um vereador em Cajazeiras chega aos R$ 6.500,00, o salário de um secretário de primeiro escalão chega aos R$ 5.500,00 (sem gratificação), mas como habitual se acorda com o suplente em receber o menor valor, direcionando sempre o maior valor ao vereador titular. Porém, o que vem acontecendo segundo Adriano, é o recebimento de R$ 900,00 com uma gratificação de mais R$ 900,00. “Se eu soubesse que iam fazer dessa forma comigo não tinha aceitado, o povo achando que eu estou recebendo (cinco mil e quinhentos reais”)! Finalizou o líder comunitário Adriano Rodrigues da Silva.



Da redação