.

.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Dos 58 presentes a reunião com a prefeita, ao menos 18 não serão candidatos assegura “cientista político”

Amplamente divulgada, a reunião organizada pela articulação política da prefeita Denise Albuquerque (PSB), com pré-candidatos a vereadores, de fato aconteceu – na última quinta-feira (08), no auditório da sede da subseção da OAB/Cajazeiras, porém, pela representatividade no recinto, um analista político da “Terra do Padre Rolim” chegou a confidenciar que dos (cinquenta e oito) presentes à referida reunião, (dezoito) desistirão, ou simplesmente não concorrerão ao pleito em 2016.

Caso venha acontecer, ou seja, concretizado esse raciocínio – (quarenta) candidatos concorrerão, mas dentro do entendimento de uma coligação com todos os partidos nanicos, podendo alcançar até (cinco mil) sufrágios e eleger dois vereadores – deixando outros na suplência.

O maior desafio das lideranças políticas situacionistas é conscientizar os pré-candidatos que dispõe de poucos recursos aceitarem o medonho “chapão”, que beneficiará plenamente apenas os detentores de mandatos no Legislativo-Mirim.
Ainda de acordo com a assessoria da prefeitura, filiados de (quatorze) partidos estiveram presentes. Sobre coligações na proporcional e na majoritária a própria prefeita, cuidou de explanar para que esse assunto fosse deixado para o próximo ano – ano eleitoral.


Da redação