.

.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras é instalada na Assembleia

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) instalou na última terça-feira (06/10) a Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras e da Manutenção e Ampliação das Atividades Mercantis no Estado. A comissão atuará dialogando, discutindo e propondo ações que fortaleçam as ações da companhia na Paraíba e teve o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, como autor da propositura.
 
O deputado Adriano Galdino destacou, durante a abertura da Sessão, que a Petrobras é um patrimônio do povo brasileiro. “Atualmente essa grande empresa passa por dificuldades, mas nós parlamentares, reconhecemos a sua grandeza gostaríamos de mostrar a importância da Petrobras aos paraibanos, que ainda vai contribuir muito ao país”, destacou.
 
Além do presidente da Assembleia Legislativa, a instalação da Frente contou com a presença dos deputados Ricardo Barbosa, Hervázio Bezerra, Arthur Cunha Lima, Anísio Maia, Tovar Correia Lima, João Gonçalves e Olenka Maranhão.
 
Para o deputado Ricardo Barbosa, que presidirá a Frente Parlamentar, a Petrobras sempre serviu de referência ao povo brasileiro e hoje necessita se fortalecer mediante o cenário atual. “Nós estaremos buscando a revitalização, o fortalecimento e o resgate da pujança que sempre ligou a Petrobras à história do povo brasileiro", assegurou o parlamentar.
 
O deputado Hervázio Bezerra destacou o papel da Assembleia Legislativa na luta em defesa da Petrobras. “Cada um tem que fazer a sua parte e a Paraíba não poderia ficar de fora dessa luta de resgate a um dos maiores patrimônios do Brasil”, ressaltou.
 
Já o secretário de Indústria e Comércio e Portos do município de Cabedelo, Hugo Braga, destacou a necessidade do fortalecimento da atuação da Petrobras no estado. “Trinta por cento da receita de Cabedelo é orinunda das atividades da Petrobras em nosso município, através das atividades realizadas por meio do Porto. Hoje temos cerca de 500 funcionários empenhados em manter o bom funcionamento da companhia e não podemos perder essa condição, que atualmente está ameaçada",  revelou o secretário.
 
O presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo, relembrou que os movimentos sindicais devem ir às ruas em defesa da Petrobras e que reconhece a importância da empresa para economia do país. “Queremos continuar discutindo, reconhecemos a relevância desse debate”, comentou.
 
A presidente da Companhia Docas, Gilmara Timóteo, parabenizou a Casa de Epitácio Pessoa por discutir a manutenção das atividades mercantis no estado. “A Petrobras presta uma função social à população do Brasil e o porto de Cabedelo também presta um serviço à Paraíba. Se o Porto de Cabedelo parar de prestar esse serviço, a Paraíba será eternamente refém a outros estados. Quero parabenizar a Assembleia Legislativa por discutir um assunto tão essencial a economia da Paraíba”, concluiu.
 
Também estiveram presentes na solenidade o presidente do Sindipetro-PB, Omar Hamad, o presidente executivo do Sindicato da Industria de Fabricação do Álcool do Estado da Paraíba, Edmundo Coelho Barbosa, vereadores e diversas autoridades.

Assembleia/PB