.

.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Repórter e câmera são assassinados ao vivo durante entrevista. Veja!

(vítima       e        atirador)
O ex-apresentador Bryce Williams, pseudônimo de Vester Lee Flanagan, foi identificado como o responsável pelo assassinato de Alison Parker e Adam Ward, jornalistas da rede WDBJ7, durante uma passagem ao vivo nesta quarta. De acordo com o Washington Post, o assassino fugia de carro quando bateu e tentou se matar antes de ser encontrado pelos policiais. Ele foi preso e levado ao hospital ainda em estado grave, mas não resistiu e morreu.
Williams deixou um carro em um estacionamento e teria roubado outro para fugir em seguida. Durante a fuga, porém, publicou no Twitter um forte vídeo de seu ponto de vista no exato momento do incidente (Clique aqui para assistir. Antes que a administração da plataforma retirasse o perfil do ar, era possível também ler algumas mensagens deixadas pelo atirador.

“Alison fez comentários racistas. Eles a contrataram depois disso???”, publicou. “Adam me mandou ao RH uma vez depois de trabalhar comigo. Eu filmei tudo [o ataque], veja o Facebook.”
O homem tinha trabalhado não só com os assassinados, como também com o namorado de Alison, o âncora Chris Hurst, e a noiva de Ward, Kimberly McBroom, outra colega de redação.
Em transmissão ao vivo sobre a cobertura do ocorrido, o diretor-geral da emissora, Jeff Marks, definiu Williams como “um homem infeliz” durante sua passagem pelo canal. “Ele rapidamente se tornou uma pessoa muito difícil de lidar no trabalho. Depois de vários problemas com o temperamento dele, o demitimos. Ele não aceitou bem, nós tivemos que chamar a polícia para escoltá-lo para fora do prédio”, afirmou.

Yahoo