.

.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Educação Emocional: Escola Coriolano, em Patos, entrega certificado às famílias

Equilíbrio emocional é apontado como importante ferramenta para diálogo com os jovens

O equilíbrio emocional da pessoa é algo muito positivo e importante para que os pais possam compreender melhor seus filhos e dialogar com eles”. Essa é opinião de Antônia de Lucena, avó de uma aluna matriculada na EEEF Coriolano de Medeiros, na cidade de Patos-PB, ao final do 8º encontro “Emoções na Família”, iniciativa do Governo do Estado, que está sendo oferecida a 186 mil famílias da Paraíba, em todas as regiões, pela Secretaria de Estado da Educação.

Ela considera bastante difícil a relação entre pais e filhos na atualidade, especialmente quando se trata de adolescentes. “Os tempos mudaram. Hoje não há tanto respeito como antigamente, os jovens têm muita liberdade e os pais precisam ser mais presentes”, lamenta a senhora Antônia, mas apontando a metodologia Liga Pela Paz como algo inovador que está conseguindo mudar essa relação entre pai e filho. “Esse programa facilita isso. Estamos aprendendo a lidar com nossas emoções e com as do próximo, melhorando a convivência”, acrescentou.

A escola Coriolano de Medeiros, na cidade de Patos, formou sexta-feira (07), uma turma de 31 pais, parte dela da EJA (Educação de Jovens e Adultos). A gestora da escola, Aureni Alves, comemorou o número, mas lamenta a ausência de muitos pais que precisam aprender sobre temas importantes como o diálogo, o perdão, a autoestima, o afeto, o respeito. “É algo de suma importância para que os pais acompanhem nosso trabalho, sejam mais participativos na educação de seus filhos e para que possamos construir juntos uma cultura de não violência na escola”, enfatizou.

Os encontros na Escola Coriolano de Medeiros tiveram como educadoras sócio emocionais Luciana Santos de Medeiros, Leda Valdivino e Mirilane Carvalho Oliveira. Elas trabalharam com entusiasmo o conteúdo do curso oferecido aos pais. Vernior Alves da Silva, pai de um aluno do 6º ano do Fundamental, elogiou os encontros para as famílias e comentou que tudo que aprendia em sala de aula levava para ser vivenciado em casa com sua esposa e filhos. “É muito importante à gente aprender cada vez mais, melhorar nosso comportamento. Hoje sou mais seguro confiante e tolerante, sabendo escutar mais o próximo”, disse com firmeza.

Os encontros também causaram mais afinidade, conhecimento e aproximação entre os pais, como revela Pedro Lima, dizendo que todos se tornaram bons amigos. Widemberg Gomes destaca o maior cuidado que passou a ter no acompanhamento da educação de sua filha, se interessando muito mais pelo que acontece na escola.

Jacilene do Nascimento espera que novos encontros possam acontecer. “Quando chegava a terça-feira (dia do encontro) já ficava bastante ansiosa para ir à escola e aprender mais sobre mim, sobre como conviver melhor com os outros, para ouvir os belos ensinamentos do prof. João Roberto de Araújo. A gente lamenta muitos pais não terem vindo, pois deixaram de aprender muito sobre como lidar com suas emoções e de seus filhos, a viver melhor em comunidade”, comentou.

Na despedida da turma houve entrega do DVD “Emoções na Família” e dos certificados de conclusão. As sócio educadoras parabenizaram a assiduidade dos pais aos encontros, deixando, muitas vezes, outros compromissos para aprimorarem os conhecimentos sobre suas emoções.



Assessoria