.

.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Operação Andaime: MPF também quer que Município de Cajazeiras (PB) paralise obras

Ministério Público já pediu que Uiraúna (PB) e Joca Claudino (PB) tomem a mesma providência
O Ministério Público Federal (MPF) em Sousa recomendou que o Município de Cajazeiras (PB), no Sertão paraibano, paralise completamente obras de melhorias habitacionais em residências para controle da doença de chagas, até vistoria técnica especial requisitada pelo órgão. A empresa responsável pelas obras, Vantur Construções e Projetos Ltda., está envolvida na Operação Andaime. 

O procurador da República Tiago Misael de Jesus Martins, que assina a recomendação, ainda pede que a prefeitura de Cajazeiras não efetue qualquer pagamento à referida empresa, até que seja realizada a vistoria.

* Confira a íntegra da Recomendação n. 9/2015

Recentemente, o MPF emitiu outras três recomendações – uma ao Município de Uiraúna (PB), e outras duas, a Joca Claudino (PB) – também pedindo a suspensão de obras públicas relativas à Operação Andaime.

Deflagrada em 26 de junho de 2015, a operação desarticulou quadrilha especializada em fraudar licitações em obras e serviços de engenharia executados por 16 prefeituras do Alto Sertão da Paraíba. Entre os crimes praticados estão corrupção ativa e passiva; falsificação de documento público; lavagem de dinheiro; peculato e fraude licitatória; e organização criminosa.

Notícias relacionadas:

MPF, CGU e PF deflagram operação para desarticular organização criminosa no Alto Sertão da Paraíba
Operação Andaime: MPF obtém prorrogação de prisões temporárias 
Operação Andaime: MPF obtém prisões preventivas de todos os acusados
Operação Andaime: Ministério Público Federal denuncia nove envolvidos
Operação Andaime: MPF faz nova denúncia contra 19 envolvidos 
MPF denuncia mais 21 envolvidos na Operação Andaime 
MPF pede e Justiça tira sigilo das denúncias da Operação Andaime
Operação Andaime: MPF/PB recomenda que prefeituras do Sertão paralisem obras



Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República na Paraíba