.

.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Assembleia aprova regulamentação do transporte alternativo e deputado comemora: 'unanimidade'

O deputado estadual Anísio Maia (PT) comemorou a aprovação da lei que regulamenta o transporte alternativo na Paraíba. Em entrevista ao programa Rádio Verdade da Arapuan FM, nesta terça-feira (11), o petista afirmou que por unanimidade a lei foi aprovada e agora foi criado um Conselho Gestor de Transporte Complementar para discutir outros trâmites da lei.

Após a suspensão da sessão na Assembleia Legislativa, a reunião com os alternativos durou mais de duas horas. “Depois de muita discussão, debate com o governo e os representantes, chegamos a um consenso e votamos na proposta”, afirmou.

Os alternativos terão quatro anos de transição e nenhum carro sairá de circulação nem será prejudicado. Particularmente com respeito ao número de passageiros, ficou definido que alternativos poderão levar entre 15 e 21 passageiros, par não haver conflito com táxi. Além de nenhum carro com mais de 10 anos poderá circular e os alternativos terão o mesmo direito que o transporte convencional, não serão descriminados.

“É uma vitória do movimento, de lutar e procurar saídas. Houve diálogo do governo que teve coragem de fazer tramitar essa lei pela primeira vez partido do executivo e acolhida muito grande dos deputados que se mostraram preocupados em resolver o problema”, afirmou.

Há pontos em aberto ainda na legislação como ainda não foi definido se novas pessoas poderão se cadastrar, já que existem mais de oito mil alternativos no estado. “A lei não cita se fica fechada ou aberta a porta, mas pela lógica vai ser feita uma triagem e vai ter regulamentação”, explica.

Quanto à distância que poderá ser percorrida, o deputado explicou que foi criado um Conselho Gestor de Transporte Complementar com participação de representantes dos alternativos e que vai definir essa e outras questões como linhas e assiduidade destas. “Tudo o que está em aberto vai ser debatido”.


Marília Domingues