.

.

sábado, 8 de agosto de 2015

Gilberto Kassab convida Zenildo Oliveira a disputar prefeitura de Sousa pelo PSD

Em entrevista na tarde da última sexta-feira (07), na Rádio Sousa FM 104, o sousense Zenildo Oliveira revelou aos ouvintes do programa FM Alerta, apresentado pelos radialistas Ademar Nonato e Mario Gibson o convite que recebeu por parte do presidente nacional do PSD e Ministro das Cidades, Gilberto Kassab para se filiar ao partido e disputar à Prefeitura de Sousa em 2016 pela sigla.

A reunião entre Zenildo e Kassab ocorreu na semana passada em Brasília, onde o sousense foi mostrar ao ministro acompanhado pelo deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) as demandas de Sousa e região, além de mostrar a realidade caótica da administração municipal.

Kassab lembrou a importância da candidatura própria de Zenildo ao governo municipal em Sousa, destacando que seria uma honra para o PSD ter um nome da envergadura de Zenildo Oliveira para seus quadros. “Uma alegria imensa estar recebendo aqui no Ministério das Cidades o nosso querido Zenildo Oliveira que todos moradores de Sousa conhecem e se orgulham por sua capacidade e inteligência e que para a alegria de todos nós abraçou a vida pública e tem uma preocupação muito grande com o futuro de Sousa e disse de antemão que os quadros do PSD estão a sua disposição para ingressar e vencer as eleições municipais no ano que vem. Parabéns a população de Sousa por estar recebendo na vida pública uma pessoa como Zenildo e desde já coloco a disposição às portas do Ministério das Cidades ao nosso Zenildo para que juntos possamos trabalhar para uma Sousa mais fortalecida”, afirmou Kassab.

Durante a reunião foi analisado o quadro político atual de Sousa e se discutiu as dificuldades e demandas que devido a falhas de projetos por parte do município impedem o desenvolvimento da cidade. Zenildo solicitou ao ministro a extensão do projeto habitacional Sousa I o projeto habitacional Sousa II, que desde novembro de 2013 estava parado no Ministério das Cidades que visa à construção de 305 casas através da Construtora Centro Minas, de pronto o ministro destravou o projeto e garantiu a Zenildo o atendimento ao seu pleito, informando que o anuncio oficial para a contratação será feito no dia 10 de setembro do Minha Casa Minha Vida III e em torno de 60 dias estará pronto para contratação, basta o atual prefeito levar a documentação necessária e estar lá para fazer o contrato.

O ministro se comprometeu também em atender os pleitos de Zenildo para a extensão do programa ‘Minha Casa Minha Vida’ junto às entidades e comunidades rurais, bem como o de dar celeridade ao aterro sanitário e a urbanização nos bairros de Sousa.

Zenildo Oliveira agradeceu a lembrança por parte do ministro do seu nome para disputar a prefeitura de Sousa em 2016 e disse que muito o honra integrar seus quadros. Ele afirmou ainda, que já conta com o apoio de várias legendas para com seu projeto colaborativo para o crescimento da cidade, a exemplo do PP, PSD e Psol, além de diversas lideranças estaduais como o senador Raimundo Lira (PMDB-PB), dos deputados Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB) e Hugo Motta (PMDB-PB).

Na oportunidade, conhecedor da realidade dos municípios Zenildo, ressaltou a importância de o partido levar adiante a proposta da bancada do PSD no Congresso de revisão do pacto federativo, buscando uma melhor distribuição de recursos e encargos entre União, Estados e municípios.

O sousense relatou que sua cidade registra dificuldades nas áreas de segurança, saúde e educação, dentre outras. Ele apresentou ao ministro que já tem sugestões concretas coletadas junto à sociedade civil organizada para a solução dos problemas nesses setores.

Para Kassab, as informações trazidas por Zenildo mostraram que há uma grande insatisfação com o quadro atual e uma busca por algo novo. “É exatamente isso que o PSD pode oferecer nestas eleições: somos um partido novo e diferente”, disse.

Por sua vez, Zenildo destacou que está empenhado para apresentar a toda a população de Sousa seu projeto de gestão colaborativa que já é premiado internacionalmente. “Temos que ter a capacidade de mostrar à população caminhos para uma vida melhor; temos que ter fé e ânimo para continuar nessa jornada, mostrando que somos honestos e competentes”, disse.




Assessoria