.

.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Aniversário de Cajazeiras é lembrado pelo senador Raimundo Lira

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) utilizou a tribuna do Senado na última terça-feira (11) para registrar o aniversário, no próximo dia (22) de agosto, de 152 anos da sua cidade natal, Cajazeiras. Na oportunidade, ele comentou sobre a história do município, destacou as obras que conseguiu para Cajazeiras e região em seu primeiro mandato como senador e as ações que tem efetivado para conseguir obras estruturantes para a Paraíba, com destaque para a duplicação da BR 230 de Campina Grande a Cajazeiras.

Cajazeiras é um polo de desenvolvimento, uma cidade de porte médio, mas que tem todas as caraterísticas de uma cidade de porte grande”, disse Raimundo Lira, lembrando a sua origem educacional – fato que a fez ser conhecida como ‘a cidade que ensinou a Paraíba a ler’ – e lembrando que ele próprio contribuiu com esse processo educacional quando, na década de 90, como senador da República, conseguiu recursos para construir a sua escola técnica federal.

Naquela época foram aprovadas no Congresso Nacional vinte escolas técnicas federais e, dessas vinte, no governo Sarney, foram construídas apenas seis. A de Cajazeiras foi uma das maiores e mais modernas. Naquela época, quando foi inaugurada, o custo de manutenção da escola representava quase igual ao Fundo de Participação dos Municípios, tão grande era a sua importância; e hoje ela tem em seu corpo alunos e professores oriundos do Rio Grande do Norte, da Paraíba e do Ceará. É uma instituição consolidada”, destacou Lira.

Ele também lembrou sua atuação em favor da criação da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, que depois implantou um campus em Cajazeiras. “A Paraíba possuía a segunda maior universidade federal do Brasil em número de professores e de alunos, depois do Rio de janeiro, que era a UFPB, com sede em João Pessoa. Existia a vontade de Campina Grande, cidade que me acolheu, onde eu vivi a maior parte da minha vida, de ter a sua própria instituição. Então, havia nesta cidade o desejo de que essa grande universidade fosse desmembrada. Foi criada, então, a UFCG e hoje Cajazeiras tem um campus da UFCG”.

Universidade Federal de Cajazeiras – Lira disse que, hoje, já há um sentimento em Cajazeiras de ter a sua própria universidade. “Esse campus já cresceu tanto que Cajazeiras já deseja que ele se torne sua universidade própria, a Universidade Federal de Cajazeiras. Então, é um sonho do povo de Cajazeiras e que nós lutaremos por ele”.

O senador confirmou que participará das festividades do aniversário de Cajazeiras. “Estarei no dia 22 na minha cidade, para comemorar, junto com os meus conterrâneos, o aniversário. Venho participando quase todos os anos desta festividade. Era muito jovem quando, em 1964, participei do centenário de Cajazeiras”, lembrou ele.

No discurso, que durou mais de 25 minutos, Raimundo Lira destacou o grande sonho da duplicação da BR 230, que, segundo ele, será concretizado, considerando que os primeiros passos para a sua consolidação virão pela sua atuação como relator do Orçamento 2016 do Ministério dos Transportes. Ele lembrou que os hoje senadores José Maranhão (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) tiveram participação decisiva na duplicação da BR 230, no trecho João Pessoa – Campina Grande e que a luta agora será estender a duplicação até Cajazeiras.

Lira destacou ainda que, no processo de modernização, a BR 230, que corta a Paraíba do litoral até o Ceará, passou a ser uma estrada de tão boa qualidade que se transformou num corredor dos transportadores. “Eles preferem atravessar o estado da Paraíba e isso fez com que o tráfego nela ficasse muito intenso e agora, em função do grande número de carretas, caminhões, ônibus e carros de passeio, está havendo a necessidade premente de que essa BR seja, também, duplicada”.

O discurso de Lira foi aparteado pelo Senador Jáder Barbalho (PMDB-PA), que enalteceu as qualidades do senador paraibano e destacou “o entusiasmo com o qual o senhor trata das questões infra estruturantes de sua terra”. Lira finalizou o discurso lembrando que, em setembro, estará recebendo na Paraíba o Ministro dos Portos, Helder Barbalho, para inaugurar o Terminal Pesqueiro do Porto de Cabedelo.



Assessoria