.

.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Renato Gadelha volta a cobrar ações na área da segurança e sugere que secretário Cláudio Lima entregue o cargo

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Renato Gadelha (PSC), ocupou a tribuna da Casa para, mais uma vez, cobrar ações do governo do Estado no sentido de coibir a onda de criminalidade que assola a Paraíba. Exibindo vídeos e citando números da violência, Renato questionou a inércia do Governo Estadual no enfrentamento à violência.

Convidei reiteradas vezes o secretário de segurança para vir a esta casa, mas ele não dá resposta nem à Assembleia nem à sociedade. É como se não existissem problemas no Estado”, afirmou Renato Gadelha. Para o líder da oposição, o governador reconheceu a incapacidade de resolver o problema no momento em que pediu a criação do Ministério da segurança pública.

Renato Gadelha questionou a permanência do secretário de segurança Cláudio Lima à frente da pasta. Há quase 5 anos que o secretário está no cargo e a violência só tem crescido, não podemos continuar desta forma. O líder da oposição afirmou que não vai sugerir ao governador que demita o secretário. “Eu apelo ao secretário que tenha bom senso, e reconheça a incapacidade de enfrentar o problema, e entregue o cargo”.

Exibindo no telão do plenário o vídeo do assalto a um banco no centro de Campina Grande na última sexta-feira e do ataque à uma família no Bessa em plena luz do dia, Renato Gadelha foi contundente. “O caos está instalado na Paraíba e as autoridades assistem a tudo inertes. A população não tem a quem recorrer. Não nos resta nada além de apelar ao secretário que peça demissão”, finalizou Renato.



Assessoria