.

.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Familiares e amigos de jovem morta atropelada na BR-230 em Sousa fecham rodovia em protesto

Familiares, amigos e moradores da região do Mutirão em Sousa, no Sertão paraibano, fecharam a BR-230 com pneus velhos e atearam fogo, o fato aconteceu na tarde desta segunda-feira (22), em protesto ao acidente ocorrido no inicio da noite de domingo (21), que vitimou fatalmente a jovem Giselle Melo(foto), de 19 anos.

De acordo com informações chegadas repassadas a reportagem, que esteve em Sousa - uma motocicleta Honda Titan, de cor azul, um Fiat Uno, de cor branca e um Corsa GM, de cor verde trafegavam na rodovia e ambos se envolveram numa colisão, provocando o acidente.

Rita Alves dos Santos e Francisco das Chagas estavam na motocicleta e foram socorridos com escoriações pelo corpo além uma fratura, para o Hospital Regional de Sousa. Os condutores dos automóveis não se feriram gravemente. O condutor do Celta foragiu do local e em seguida se apresentou na Delegacia de Sousa.
Em contato com os enfrentantes da ação desta segunda, um popular apelidado de “Barak Obama” morador do Mutirão, nos relatou, que o protesto era pacifico, porém, uma forma de chamar atenção das autoridades, sobre o crescente número de acidentes com vítimas fatais. “Nós estamos perdendo nossos jovens, nossos amigos, nossos familiares, esse lugar precisa de sinalização e redutores de velocidade, não aguentamos mais enterrar tantas pessoas vítimas de acidente aqui, quando vão atravessar essa rodovia”, desabafou o homem.

Um grande congestionamento se formou ao longo da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros estiveram presentes à ação popular. Não houve registro de incidente durante o protesto. 


Fotos: Junior Barreto

Da redação