.

.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Jornal Gazeta denuncia que houve negociação e favorecimento em troca de apoio para a Presidência da Câmara Municipal de Cajazeiras

De acordo com a Coluna “A Faisqueira” do Jornal Gazeta do Alto Piranhas - edição desta sexta-feira (28/10), o vereador Marcos Barros de Souza (PSB), já se articula nos bastidores e usa das “armas” que possui para negociar cargos no Estado, em troca de apoio para retornar à Presidência da Câmara Municipal de Cajazeiras, o referido parlamentar indicou o nome de um parente muito próximo de um também vereador reeleito no último dia (02) de outubro pela base de situação, e por coincidência as afirmações do Gazeta constam no Diário Oficial do Estado, edição do dia (26/10/2016).
Com o subtítulo Nova mesa diretora - Alguns acordos já estariam sendo cumpridos entre os vereadores eleitos pela situação, em função do voto para eleger Marcos Barros presidente. Basta passar os olhos do Diário Oficial do Estado e ver o parentesco do nomeado. Outros virão. Diz a redação.
Há quem diga que estão sendo negociados cerca de (dez) cargos nas repartições do Estado em Cajazeiras, para cada vereador que confirmar apoio e votar em Marcos para a presidência da Câmara, fora as assessorias dentro do Poder Legislativo.

Para confirmar a nomeação do Senhor JOSÉ KELLSON LIMA CAROLINO, ou nomeações outras, clique no link a seguir: http://static.paraiba.pb.gov.br/2016/10/Diario-Oficial-26-10-2016.pdf

Ainda de acordo com informações chegadas a nossa redação, uma verdadeira bomba estaria para explodir na tribuna da Câmara Municipal em relação à contratação de uma empregada doméstica que é servidora do município sem ao menos saber que é paga pela edilidade.   



Da redação

Com DO/PB e Gazeta do Alto Piranhas