.

.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Moradores do distrito de Boqueirão denunciam desperdício de água para irrigar capim

Mesmo com a situação crítica vivida pela população de Cajazeiras com a crise hídrica que assola a cidade e toda região, uma prática criminosa continua acontecendo por parte de algumas pessoas, que sem consciência, utilizam a água do açude de Engenheiro Ávidos (Boqueirão de Piranhas) de forma supérflua, desperdiçando o precioso líquido do açude que atualmente tem pouco mais de 8% do seu volume.

Segundo moradores do distrito, motores-bombas estão sendo acionados diariamente para irrigar plantações de capim nos arredores do manancial, com isso, contribuindo para o esvaziamento e, consequentemente, acelerando um futuro colapso d’água em Cajazeiras, que a principal cidade abastecida pelo açude.

Recentemente em reuniões realizadas nas cidades de Cajazeiras, São João do Rio do Peixe e Sousa, representantes da ANA (Agência Nacional das Águas) proibiram a utilização das águas de Boqueirão para qualquer outro fim, que não fosse o consumo humano e animal. Para isso, foram formadas comissões que ficaram responsáveis por realizar a fiscalização e enviar informações a Agência, e dados atualizados do manancial seriam enviados pela ANA para a comissão fazer o acompanhamento.

Preocupados com a situação os ribeirinhos estão cobrando providências por parte das autoridades responsáveis, e principalmente da comissão.



blogdofurao.com