.

.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Vergonhoso: Polícia Militar da Capital paraibana invade residência e agride cidadão após detê-lo

O coronel Euller Chaves, comandante da Polícia Militar da Paraíba, confirmou na tarde desta segunda-feira (21) – em entrevista à rádio Arapuan – ter visto o vídeo que mostra policiais invadindo uma casa em Mangabeira e agredindo violentamente um homem. Ele declarou que será aberta uma sindicância para apurar a ação. “Acionamos o comandante da unidade dos PMs e vamos abrir sindicância. Não posso dizer que foi fulano ou ciclano. A sindicância responderá. A nossa legislação é extremamente rígida. Nós temos agilidade nas respostas, buscando o aperfeiçoamento. Se forem constatados os excessos, eles serão punidos”, destacou o comandante.

Coronel Euller também falou que a Polícia Militar já excluiu de seus quadros mais de 60 policiais e que há rigidez na apuração de possíveis irregularidades ou excesso. “Não temos esse prazer [de excluir], mas temos o dobro de elogios. Temos o prazer de elogiar e estimular. As pessoas erram ou acertam. Mas, se errarem vão responder”.
O vídeo com milhares de acessos na Internet mostra o que seria um flagrante de abuso de poder de policiais contra um cidadão no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Moradores dizem que a polícia arrombou uma grade e invadiu a residência de um homem acusado de agredir um policial, após flagrá-lo com a sua esposa em ato de traição.


Jãmarrí Nogueira/Mais-Pb