.

.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Ex-dirigente partidário mata esposa e em seguida comete suicídio dentro de creche em Itaporanga

Um crime que pode se chamar de tragédia familiar aconteceu na cidade de Itaporanga, região do Vale do Piancó. O servidor público Antônio Alves, que era conhecido como ‘Antônio Buchudo’, matou a tiros de revolver, a sua esposa, identificada como Isabel Pinto, em seguida se matou. O fato ocorreu, na manhã desta terça-feira (29/12), dentro de uma creche, localizada por trás do “Posto de Combustível Cosmo”, na cidade de Itaporanga. Os corpos ficaram lado a lado caídos ao solo.
De acordo com as primeiras informações, repassadas pelo sargento Moisés, da Polícia Militar de Itaporanga, o homem foi até à creche, onde a esposa trabalhava, a matou com vários tiros e em seguida se matou. Segundo o sargento, o homem atirou pela frente e quando a mulher caiu ele efetuou mais disparos, para em seguida se matar.

Ambos residiam à Rua Padre Lourenço, próximo ao Colégio Diocesano, e tinham duas filhas. Uma das quais, recém-formada em fisioterapia. Antônio foi presidente municipal do (PSB) local.

A polícia esteve no local, fazendo averiguações. Os corpos foram encaminhados para o IML da cidade de Patos, onde serão periciados, para depois serem liberados para as famílias fazerem os velórios e sepultamentos. Os motivos do crime não foram esclarecidos pela polícia.


Da redação
Com Vale do Piancó Notícias