.

.

sábado, 5 de dezembro de 2015

MPF vai responsabilizar agentes públicos de Cajazeiras e Bernardino Batista, por atos de improbidade

O Ministério Público Federal, através do Procurador Tiago Misael Martins, determinou a abertura de inquérito Civil, com o objetivo de adotar responsabilização dos agentes públicos, dos municípios de Cajazeiras e Bernardino Batista, envolvidos na operação Andaime, na prática de atos de improbidade administrativa.
As portarias neste sentido, datadas de 25 de novembro, não específica quais os agentes públicos estão sendo processados, por ato de improbidade administrativa, já que ações manejadas até agora pelo MPF, relacionadas à operação Andaime, eram na esfera penal.
A Operação Andaime foi desencadeada no final do mês de junho deste ano, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que fraudava licitações em Prefeituras e praticavam diversos outros crimes, envolvendo recursos públicos.

Blog Adjamilton Pereira