.

.

quinta-feira, 31 de março de 2016

Insatisfeito por ter sido barrado no PTC Adriano sai do PDT e revela que pode se filiar ao PP

O suplente de vereador Adriano da Vila vive uma situação desconfortável nos últimos momentos restante para o prazo final da janela partidária que permite a filiação de pré-candidato nas próximas eleições.

Filiado no PDT, Adriano busca fugir do famoso chapão no grupo situacionista por questão de sobrevivência, já que os considerados grandes e atuais vereadores - levam vantagens fazendo as lideranças de porte menor de escada. Ou seja, os votos obtidos pelos pequenos só servirão para beneficiar as lideranças fortes da coligação.

Infelizmente, Adriano não foi aceito para se filiar no PTC, partido que acomoda dezenas de lideranças e suplentes. Dessa forma, a situação do jovem líder se complica mais ainda porque o prazo final para se filiar termina no próximo sábado dia 02 de abril.

Sem vislumbrar uma saída, na manhã dessa quinta-feira (31), Adriano estava de posse do requerimento pedindo sua desfiliação do PDT. Ele estava á procura do presidente do partido, o vereador Nilson Lopes para oficializar sua saída da legenda.

Quanto ao seu destino partidário, o líder comunitário revelou que até essa sexta-feira (1º), definirá tudo. Sem pedir segredo, Adriano afirmou que pode inclusive até se filiar ao PP do vereador Eriberto Maciel e do deputado estadual José Aldemir.

Por CZN