.

.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

PSOL terá candidato - resolução eleitoral sobre João Pessoa

Resolução Eleitoral do PSOL João Pessoa

O Diretório Municipal do PSOL, reunido para deliberar sobre as eleições 2016 em João Pessoa, torna pública a decisão sobre a pré-candidatura oficial, a disputa do Legislativo Municipal e o arco de alianças que vem sendo construído.

Candidatura Própria:

A retirada das pré-candidaturas de Fabiano Galdino, ex Presidente do PSOL/PB, e Tárcio Teixeira, Presidente do PSOL/PB e candidato ao Governo da Paraíba em 2014, representa a unidade partidária em torno do nome do companheiro Victor Hugo, Auditor Fiscal do Estado, ex Presidente do SINDIFISCO e integrante do Fórum dos Servidores Públicos do Estado da Paraíba.

A tática de candidatura própria já havia sido definida pelo PSOL durante o Congresso Municipal realizado no segundo semestre de 2015. O amadurecimento coletivo para a escolha de Victor Hugo como pré-candidato é resultado de uma análise que tomou como referência o importante papel cumprido pelo militante na defesa do/a Servidor/a e, principalmente, do Serviço Público, atacado e fragilizado pelas gestões municipais e, estadual.

É fundamental que João Pessoa tenha uma candidatura de esquerda com um programa voltado para as pessoas. A capital Paraíba já viveu o modo petista de governar por mais de dois anos com Cartaxo, que mudou de legenda e seguiu o mesmo modo operante que envolve denúncias de recurso público e falta de diálogo com a população. Nossa cidade também já disse um não ao PSB do Governador Ricardo Coutinho (PSB/PB) ao recusar Estelizabel (PSB/PB) como Prefeita e não aceitará a imposição de seja qual for o/a secretário/a, seja ele um suposto especialista em obras, seja ela de uma pasta que nunca realizou concurso público e que possui dezenas de denúncias de tortura na FUNDAC e nunca se posicionou sobre o assunto.

Vivemos nacionalmente um momento coletivo de análise da realidade que leva a uma necessária renovação no quadro político nacional. Candidatos com a marca de aliados de Cunha (PMDB/RJ) ou de partidos envolvidos na Operação Lava Jato devem perder muito espaço nas próximas eleições. As denúncias de corrupção que envolvem dezenas de partido não chegam ao PSOL. As eleições de 2016 podem ser o momento de maior renovação na política nacional, João Pessoa e a Paraíba é parte desse processo, o Partido Socialismo e Liberdade está a disposição para esse importante momento histórico.

O nome de Victor Hugo, além do preparo político e técnico, cabe perfeitamente no contexto apresentado, além de fortalecer a possibilidade de consolidação de Frente de Esquerda e de eleger os/as primeiros/as vereadores/as do PSOL em João Pessoa. Uma grande atividade de lançamento, que envolverá também todos/as os/as pré-candidatos/as que disputarão as primeiras vagas do PSOL na Câmara Municipal de João Pessoa, será realizada no dia 25 de maio de 2016, no turno da noite.

Legislativo Municipal:

É tarefa do PSOL de João Pessoa priorizar a disputa pela primeira vaga no Legislativo Municipal, para isso os/as filiados/as que já foram candidatos/as em outras oportunidades devem novamente colocar o nome a disposição; quem disputou cargos majoritários pelo partido vai compor a chapa proporcional; novos filiados/as com expressão na cidade serão convidados a ampliar essa linha de prioridade; e a busca pela construção da Frente de Esquerda também será dialogada de modo a garantir as diferentes organizações partidárias entre as prioridades partidárias;

Coligações:

Seguir o diálogo já iniciado com a UP (Unidade Popular Pelo Socialismo) e o Movimento Raiz, dois partidos em processo de legalização, e com dois partidos historicamente consolidados, o PSTU e o PCB. Caso esses diálogos sejam concretizados, teremos a maior frente de esquerda já realizada em João Pessoa, esse é o campo de aliança prioritário do PSOL no município.


João Pessoa, 03 de maio de 2016 
DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PSOL JOÃO PESSOA

Tárcio Teixeira