.

.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Luiz Couto defende Ricardo de inverdades proferidas por Pedro Cunha Lima

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) usou seu pronunciamento nesta terça-feira, 10, para repor a verdade e corrigir as distorções proferidas pelo também deputado paraibano Pedro Cunha Lima, que na semana passada acusou o governador do Estado de encerrar os repasses financeiros para o funcionamento da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) de Campina Grande. 

"Ele tentou criar um mal-estar no Estado da Paraíba, proferindo inverdades relacionadas ao governador Ricardo Coutinho, que é muito bem avaliado pela população do Estado. 

O deputado disse que a AACD em Campina corre risco de ser fechada porque o Governador foi incapaz de manter um convênio no valor de 74 mil reais por mês. Também disse que a presidente Nacional da AACD esteve na Paraíba e sequer teria sido recebida pelo governador. 

Em defesa do nosso Governador, friso que tem realizado uma ótima gestão e que a Secretaria de Saúde realizou todos os pagamentos das parcelas referentes ao ano de 2015, totalizando um repasse anual de R$ 894 mil. 

A renovação do convênio com a associação ainda não foi realizada em razão da ausência, por parte da AACD, da prestação de contas de 2015, uma exigência e uma obrigatoriedade estabelecida da parceria formalmente firmada entre o governo e a instituição", explicou Luiz Couto.

Luiz Couto ainda enfatizou que documentos oficiais atestam que a AACD não cumpriu na íntegra as Metas Programadas de 148 atendimentos/dia, percebendo-se uma variação nos atendimentos, sendo que o maior percentual cumprido foi o equivalente a 48,9% (por cento) do programa.

"Portanto, fica claro que a entidade não cumpriu a devida obrigação no que tange a duas importantes cláusulas postas nos contratos pactuados entre Governo e a instituição. 

Assim, cai totalmente a tese falaciosa do Deputado Federal Pedro Oliveira Cunha Lima. 

E desta vez desejo que o Deputado venha aqui se retratar aqui, pois este assunto tão sério precisa ter o mínimo de sensibilidade e respeito, como disse o mesmo, aos usufrutuários da Associação AACD. 

Contra fatos não há argumentos", encerrou Luiz Couto.

Ascom do Dep. Luiz Couto