.

.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Irmão do ex-goleiro Bruno revela no Piauí onde estão os restos mortais de Eliza Samudio

O chefe do setor de precatórios (de cartas precatórias), enviadas pela justiça, Elidio Duarte, da  Delegacia de Polícia Interestadual do Piauí - Polinter, informou ao secretário estadual de segurança pública, Fábio Abreu e ao delegado geral da polícia civíl, Rídel Batista, que o Piauí conseguiu solucionar um dos maiores mistérios do crime no Brasil, a localização dos restos mortais da modelo Eliza Samudio, que teria sido assassinada e o corpo desaparecido por seu ex-amante, o goleiro Bruno, que jogava no Flamengo no Rio de Janeiro.
Elidio Duarte declarou que os restos mortais de Eliza Samudio está em uma cidade de Minas Gerais. Segundo ele, o caso foi esclarecido porque a justiça de Minas solicitou o depoimento do irmão do goleiro Bruno, Rodrigo Fernandes Cardoso de Sousa, que mora em Teresina e chegou a ser preso por duas vezes pela policia do Piauí por suspeita de furto e de estupro de uma menor de idade.
No depoimento dado na Polinter, o irmão do goleiro Bruno dá detalhes sobre o crime e revela onde estão os restos mortais da vítima, em Minas Gerais e cita nomes de pessoas na cena do crime que ainda não tinham sidos ouvidos pela policia e pela Justiça. “Nós elucidamos no Piauí, um dos crimes mais famosos e de difícil solução no Brasil”, falou Elidio Duarte, adiantando que a policia vai enviar o depoimento do irmão de Bruno em carta precatória para justiça do Rio de Janeiro.
Elisa Samudio teria sido assassinada porque estaria pressionando o goleiro Bruno, para que assumisse um filho seu. Bruno está preso em Minas gerais.
Jornal Meio Norte