.

.

sábado, 2 de julho de 2016

Cordelista de Campina Grande é empossado na Academia do Vale do Paraíba

O cordelista Marconi Araújo tomou posse como sócio efetivo da Academia de Cordel do Vale do Paraíba na última quinta-feira, (30/06), na Câmara Municipal de Itabaiana, durante plenária da entidade conduzida pelo poeta Sander Lee, Presidente. O evento contou com a participação do Secretário de Cultura da Paraíba, Lau Siqueira, que assinou comodato visando à construção de um centro cultural naquela cidade. Na oportunidade, o compositor Adeildo Vieira recebeu a comenda Sivuca e outros membros da academia foram igualmente empossados.

Marconi Araújo iniciou sua fala declamando versos em memória de seu pai, ex-vereador Mário Araújo, falecido no ano passado. Em seguida, declamou glosas de sua autoria, com mote do poeta campinense Ronaldo Cunha Lima, de saudosa memória. Em versos, prestou homenagem a familiares que se deslocaram de Campina Grande e de João Pessoa, presentes em auditório do legislativo municipal completamente lotado, enalteceu Itabaiana através do poeta Zé da Luz e do músico Sivuca, e, ainda fazendo uso da literatura de cordel, agradeceu à Academia que passou a integrar a partir daquela data, frisando que esta, indubitavelmente, “adubou o seu destino poético”.

O poeta é graduado em Estatística, assim como em Matemática e bacharel em Direito. Funcionário da Justiça Federal na Paraíba, ganhou o concurso “Justiça Federal em cordel”, promovido pela instituição em 2003, com o trabalho “Justiça Federal fazendo história” que foi publicado no jornal “Tribuna Jurídica”, da Associação dos Advogados de Campina Grande.


Juliana Rocha

Assessora de Comunicação