.

.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Violência: duas tentativas de homicídio são registradas em menos de oito horas em São Bento

A violência não deu trégua e voltou a assolar a cidade de São Bento, conhecida como “Terra das Redes”, no Sertão paraibano, registrou na última segunda-feira (26), duas tentativas de homicídio, num intervalo de oito horas.

O primeiro crime aconteceu por volta das 16hs30, na Rua Antônio Lúcio da Silva, localizada no centro da cidade, quando o popular Ronildo Júlio Ramalho, de 38 anos, estava sentado na calçada e foi surpreendido por dois elementos, em uma motocicleta, que efetuaram cerca de cinco disparos de arma de fogo contra o jovem.

Ronildo foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), até o Hospital Municipal Maria Paulino Lúcio. Devido a gravidade dos ferimentos ele teve que ser transferido para Patos, onde segue em estado estável.

A segunda tentativa ocorreu poucas horas depois, por volta das 22:00h. A vítima identificada por Leonardo Garcia da Silva, de 21 anos de idade, estava em sua casa localizada na Rua Jandir Pedro da Silva, bairro Loteamento Portal, quando um elemento armado adentrou na residência, abriu fogo contra o jovem, que foi atingido por vários disparos. Em seguida o criminoso fugiu, também usando uma motocicleta, com destino ignorado, sem deixar pistas.
O SAMU também foi acionado neste caso e socorreu a vítima até o Hospital municipal, onde se encontra.

Para ambas as ocasiões as Polícias Militar e Civil foram acionadas, e realizaram diligências nas localidades próximas, mas até o fechamento desta matéria não se vê informações sobre ação exitosa. Porém a Polícia Civil continua com uma linha investigativa.

A Polícia Civil dispõe a população o número 197 (Disk-denúncia), que garante sigilo, e pode ser de grande utilidade para elucidar as práticas criminosas que vem sendo registradas na região.
Desde o início do ano a Capital Mundial das Redes já contabiliza um homicídio, e três tentativas, nestes 27 dias de 2015.

Um vídeo compartilhado pela população por meio da rede social Whatsapp, mostra o jovem Leonardo Garcia agonizando no chão de sua residência, após sofrer os disparos.



São Bento Online