.

.

sábado, 17 de janeiro de 2015

Ex-vereador de Poço de José de Moura foi vítima de latrocínio, conclui polícia de São João

A Polícia da cidade de São João do Rio do Peixe desvendou o crime de morte que envolveu um ex-vereador da cidade do Poço José de Moura, o popular Antônio Barbosa Fernandes, “Antônio de Eusébio”, 65 anos, fato ocorrido na noite da última quarta-feira (14) de janeiro do ano em curso.

Com diligências e investigações, á Policia prendeu três pessoas envolvidas; Maria Dinda de Abreu Estevão, 22 anos, residente em São João do Rio do Peixe, Carlos Parnaíba, residente no Sitio Retiro município de Santa Helena e um terceiro elemento conhecido por “Nego Paulo”, de 57 anos, residente em São João do Rio do Peixe.

Maria Dinda é apontada como a mentora do crime, ela revelou que teria recebido uma informação dando conta, que a vítima havia sacado R$ 5.000,00 (cinco mil reais) num de São João do Rio do Peixe no dia do crime.

Após receber a referida informação, Dinda convidou seu ex-amante, Carlos Parnaíba e o comparsa “Nego Paulo”, para assaltar o ex-vereador, que segundo ela - reagiu o assalto e foi morto.

Dinda afirmou ainda, que conhecia “Antônio de Eusébio”, que teria ido buscar a mesma em sua residência e em seguida foram para o local onde ocorreu o crime, lá os outros dois acusados, Carlos e o “Nego Paulo” já estavam esperando.

A acusada revelou que ao chegar ao local, ela pediu para a vítima, parar o carro, que queria fazer xixi, momento em que se afastou do veiculo e os dois acusados anunciaram o assalto que culminou com a morte da vitima.

A intenção do trio segundo Dinda era só realizar o assalto, mas o vereador teria reagido e Carlos teria efetuado o disparo com um revolver pertencente ao “Nego Paulo”. Após o crime, ela voltou de moto com Carlos e, o “Nego Paulo” voltou de bicicleta para São João.
Dinda já é conhecida da policia. A mesma teria participado de um crime de morte com as mesmas práticas de operação, que teve como vítima, o Cabo PM, Domingos. Fato ocorrido na cidade de São João do Rio do Peixe.



Da redação
Com informações
E fotos de Folha do Vale