.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Exú/PE: Acidente na Rodovia - Asa Branca, mata um criança carbonizada e deixa outras três pessoas feridas

POLICIAL: 27/01/2009 – Imagem: Carlos Bezerra – Um acidente registrado na Rodovia - Asa Branca, que liga Crato/CE á Exú em Pernambuco, deixou uma criança de 01 ano e 8 meses completamente carbonizada e três pessoas feridas, todas da mesma família. O acidente aconteceu por volta das 14hs00 de ontem, segunda (26), cerca de 200 metros da divisa dos dois estados. A camionete D-20, placas: CBW–8183, inscrição do Crato, dirigida por José Brilhante da Silva, residente em Crato, saiu bruscamente da pista, caiu no acostamento, tombou várias vezes e acabou pegando fogo.

No veículo viajavam, além do motorista José Brilhante, sua filha Maria Cristiane Brilhante, 32 anos e os dois filhos, José Edgar Brilhante dos Santos, 07 anos e Cristhofer Brilhante dos Santos, a vítima do acidente fatal. Moradores próximos ao local do acidente disseram que ouviram um barulho violento e perceberam que era um acidente. Imediatamente várias pessoas correram para ajudar a retirar as vítimas do veículo destroçado que estava pegando fogo.

O agricultor José dos Santos, uma das pessoas que chegou a queimar as mãos durante o salvamento, disse que "o fogo foi aumentando e aumentando também o nosso desespero para retirar as pessoas que estavam na cabine da camionete. Uma mulher gritava á procura do filho mais novo e tivemos que revirar o veículo em chamas, mas nada pode ser feito. Além de esmagada, a criança ficou toda carbonizada. O fogo consumiu rapidamente todo veículo".

As informações chegadas ao Corpo de Bombeiros de Crato, sobre o acidente davam conta que a camionete era dirigida pelo sargento Edson, da Polícia Militar do Ceará, lotado na 2ª Companhia em Iguatu. Imediatamente houve uma mobilização da PM, ambulância e bombeiros, que chegaram rápidos e removeram as vítimas para o Hospital São Raimundo, em Crato. José Brilhante, motorista da D-20 é na verdade sogro do policial militar que é pai da vítima do acidente fatal.
O corpo do garotinho José Edgar foi levado para a cidade de Exú, onde foi necropsiado e liberado na noite de ontem para ser sepultado em Crato. A perícia do acidente será feita pela polícia pernambucana e a provável causa pode ter sido a quebra do pino da bandeja da suspensão do lado direito. Da Redação com Roberto Bulhões – Portal Miséria