.

.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Vereador repudia veto do Executivo que pedia para empresa de transportes coletivos cumprir contrato licitatório em Cajazeiras

O Vereador Ivanildo Dunga (PMN), usou a tribuna da Câmara Municipal de Cajazeiras, no inicio da noite desta segunda-feira (27), para repudiar, o veto do Executivo, no qual, o referido parlamentar havia requerido que os reclames da população carente fossem atendidos no tocante, ao cumprimento de contrato licitatório da empresa de transportes coletivos Dois Irmão.

Em sua fala, o parlamentar-mirim afirmou que a referida empresa não está cumprindo nem seguindo às cláusulas contratuais, para com a população que faz uso do transporte coletivo na cidade. Ainda de acordo com o vereador, a empresa citada pertence a familiares da procuradora-adjunta do Município e atribuiu o veto à interferência da mesma.

Eu queria ver se fosse o pedido de um grande empresário, mas como é um vereador que foi eleito para defender o povo, solicita um pedido para o povo, a gente percebe a dificuldade, não vou me calar, se preciso for irei ao Ministério Público – para defender o povo carente que necessita de transporte público em Cajazeiras”, afirmou Ivanildo Dunga.

A reclamação mais constante se dá, quando os usuários não estão sendo atendidos pelos ônibus da empresa nos bairros: São Francisco, Tecedores, Capoeiras, Esperança, Remédios, Alto da Bela Vista e Agrovila, do itinerário III do contrato. Reclamações outras dão conta, que os coletivos não estão circulando no período da noite, ocasionando aos usuários e, principalmente estudantes - transtorno de caminhar a pé das faculdades e colégios do Município às suas residências.



Foto: José Cavalcante Jr.
Da redação