.

.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Familiares e amigos dão o último adeus a Roberto que foi assassinado barbaramente por um colega de trabalho

Roberto dos Santos Pereira, de 32 anos, foi morto com golpes de faca peixeira e teve seu corpo queimado. O crime ocorreu no último sábado (04), na residência da vítima, quando o mesmo e o acusado estariam bebendo.

Segundo relatos de testemunhas, por volta das 22hs00 - vizinhos escutaram gritos de socorro e fumaça vindos do interior da residência da vítima. De imediato, a polícia foi acionada e, ao chegar ao local se deparou com Roberto, esfaqueado e em chamas.

A primeira ação dos policiais foi apagar o fogo enquanto uma equipe do SAMU chegava para socorrer o jovem até o Hospital Regional de Cajazeiras, que não resisiu aos ferimentos e faleceu minutos após.

O corpo de Roberto dos Santos foi velado na manhã desta segunda-feira (06) e sepultado sob muita comoção e dor. Amigos, parentes e familiares deram-lhe o último adeus.


Da redação