.

.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Dois pesos duas medidas, desserviço e cara-crachá, são atributos à prestação de serviço do SCTRANS de Cajazeiras

Um popular procurou a nossa reportagem na manhã desta segunda-feira (20), quando o mesmo tentou estacionar seu veículo nas imediações da Prefeitura de Cajazeiras, porém, uma vaga destinada para automóveis estava ocupada por cinco motocicletas.

Enquanto tentava estacionar o carro, o rapaz foi advertido por duas agentes de trânsito, que o local não permitira estacionar e, que apenas veículos alternativos eram autorizados – foi ai que o condutor do veículo solicitou que as mesmas fossem advertir, ou multar as motocicletas estacionadas na vaga para veículos – uma agente foi prescrevendo a multa ao veículo estacionado e outra foi na direção das motocicletas estacionadas do outro lado da Praça Dom João da Mata, porém, com a sonorização de um apito três proprietários logo se aproximaram e saíram uma motocicleta fora multada e outra proprietária que – demoradamente compareceu ao local, foi embora e, também não fora nem advertida.

Indagando as agentes, o rapaz perguntou o porquê da não aplicação de multa na proprietária da Biz, que estacionou em local não permitido - uma das servidoras pegou no braço da amiga e saiu sem dá respostas, mas ainda resmungou; “Vamos mulher, deixa ele ai falando sozinho”.
Popular flagra agente passando ao lado de veículo de funerária estacionado em fila dupla, não multa apenas adverte.
Procurado no SCTRAN, o Superintendente Eudomar Pereira não se encontrava no local. Infelizmente este órgão de trânsito de Cajazeiras presta um desserviço muito grande a nossa população.



Da redação