.

.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Servidores realizam assembleias e poderão deliberar por greve em Patos

O presidente em exercício do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, José Gonçalves, afirmou que serão realizadas assembleias nos dias 25, 26 e 27 de março com os servidores de Patos, onde será analisada a audiência realizada com a prefeita Francisca Motta no tocante às reivindicações apresentadas pela entidade sindical.

Na audiência ocorrida no dia 17 de março, a prefeita colocou a dificuldade de conceder a revisão e isonomia salarial, acordado com a entidade em 2014, sinalizando avanços em outros pontos de pauta, a exemplo da construção do conjunto habitacional, precatórios, insalubridade e o novo estatuto do servidor público, não atendendo o principal que é a revisão salarial para todos os servidores municipais.

No tocante à revisão e isonomia salarial Francisca Motta afirmou que não tem como conceder agora. Diante disso, o SINFEMP discordou e propôs a formação de uma comissão para analisar todas as folhas de pagamento e ver a possibilidade da revisão salarial. O prazo irá até o dia 30 deste mês.

Em relação à construção do conjunto habitacional para os servidores municipais a prefeita se comprometeu em construir. Para isso, o secretário de Habitação de Patos já se reuniu com o SINFEMP e será atualizado o cadastro de 802 servidores feito anteriormente, incluindo os novos servidores que se associaram à entidade. Já em relação aos precatórios será constituída comissão para fazer levantamento dos valores já depositados no Tribunal de Justiça e no mês de abril apresentar o resultado aos que estão na lista de espera.

Em relação à implantação da insalubridade será encaminhada lei para a Câmara para garantir aos servidores que tenham laudo comprovando que seus locais de trabalho são insalubres. Na segunda feira tem reunião do SINFEMP com a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

No tocante ao novo Estatuto do Servidor Público Municipal, o secretário de Controle Interno apresentará uma proposta até o dia 22 de abril e em seguida será discutido com todos os servidores e encaminhado para aprovação na Câmara.

O presidente em exercício do SINFEMP, José Gonçalves, diz que ficou definido um calendário de assembleias da entidade, que acontecerão nos dias 25, 26 e 27 de março de 2015, a partir das 16h no auditório da Associação Comercial de Patos.

Dia 25, quarta-feira, Assembleia geral com todos os servidores lotados na Secretaria Municipal de Saúde de Patos, às 16h.

Dia 26, quinta-feira, Assembleia geral com todos os servidores lotados na Secretaria de Educação de Patos, às 16h.

Dia 27, sexta-feira, Assembleia geral com todos os servidores das demais secretarias, com exceção da saúde e educação, às 16h.


No dia 15 de abril haverá assembleia geral na Associação Comercial de Patos, às 08h da manhã, encontro que poderá decidir por greve por tempo indeterminado no Município, caso as reivindicações não sejam atendidas.

Para Gonçalves, o sindicato e os servidores devem se manter mobilizados, unidos, para conquistar a principal reivindicação, que passa pela revisão e isonomia salarial.



sinfemp.com.br