.

.

sábado, 21 de março de 2015

Ricardo entrega Núcleo de Polícia Científica de Campina Grande, senador Raimundo Lyra garante recursos para o IML de Cajazeiras

O governador Ricardo Coutinho entregou, na tarde da última sexta-feira (20), o mais moderno Núcleo de Polícia Científica (NPC) do interior do país no Município de Campina Grande. A obra, orçada em mais de R$ 11 milhões, começa a funcionar na segunda-feira (23) com uma unidade físico–químico-forense;  toxicologia; unidade de medicina e odontologia legal; unidade de criminalística e stand de tiros.

O novo NPC foi inaugurado em uma solenidade prestigiada pela vice-governadora Lígia Feliciano; pelo secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima;  pelo Diretor do IPC, Humberto Porto; pelo senador Raimundo Lyra, pelo deputado federal Damião Feliciano; pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino; e os deputados estaduais Doda de Tião e Inácio Falcão.
De acordo com o governador Ricardo Coutinho, o núcleo retira a polícia científica de Campina Grande de uma situação insuportável e precária em que havia uma pulverização dos serviços. Ele destacou que a centralização da prestação dos serviços vai gerar mais comodidade para os usuários que terão acesso a serviços especializados.

“Estamos tocando um processo de interiorização e ampliação na prestação dos serviços realizados pelo Instituto de Polícia Científica que, atualmente, conta com quatro Núcleos (João Pessoa, Campina Grande, Guarabira e Patos) distribuídos estrategicamente pelo Estado. O senador Raimundo Lyra garantiu a destinação de uma emenda para construir um núcleo também em Cajazeiras”, disse o governador.
A vice-governadora Lígia Feliciano lembrou que quando era estudante de medicina frequentava o antigo Instituto de Medicina Legal de Campina Grande, que já era muito precário, e vê hoje uma unidade moderna, equipada e com profissionais satisfeitos com a melhoria das condições de trabalho.  “Tenho certeza que com esse equipamento moderno a polícia de Campina Grande vai elucidar com mais agilidade os crimes e exames de medicina legal”, observou.

O diretor do Instituto de Polícia Científica do Estado, Humberto Porto, explicou que, a partir de segunda-feira, o núcleo estará atendendo a população de Campina Grande e do Compartimento da Borborema em um equipamento moderno e confortável para os servidores e quem necessitar usar o NPC.  “Esses serviços eram realizados em dois prédios e hoje os serviços serão realizados em um local único com atendimento especial para crianças e mulheres vítimas de violência com salas separadas, o que não acontecia. Desta forma as vítimas ficarão mais à vontade para prestarem suas queixas”, ressaltou.



Secom