.

.

terça-feira, 17 de março de 2015

É crime: Samu de Cajazeiras recebe cerca de 500 trotes por mês; ligações criminosas atrapalham serviços

O número de trotes feito por meio de ligações telefônicas para o Samu de Cajazeiras tem preocupado todos que fazem o serviço. Segundo o coordenador, Jefferson Gomes, o Samu recebe cerca de 16 trotes e uma média de 500 por mês.

De acordo com Jefferson, as ligações são realizadas não só de Cajazeiras. O sistema de detecção de chamadas aponta que os trotes são realizados também de cidades vizinhas. Em sua maioria, os trotes são feitos nos períodos da manhã e tarde.

“As ligações são realizadas quase sempre nos finais dos períodos da manhã e tarde o que nos leva a crer que são feitas por estudantes ao término das aulas”, disse.

Apesar do número alto de trotes, o índice vem diminuindo. Há cerca de três meses, o Samu de Cajazeiras recebia 800 chamadas criminosas por mês.

Secom