.

.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Arlinda Marques realiza 324 cirurgias neurológicas em 2014 com redução de custo médio por paciente em 23%

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques  (CPAM), que integra a rede hospitalar  do Estado, aumentou em 107% os procedimentos cirúrgicos na área de neurocirurgia em 2014 com redução média de 23% nos custos por paciente.  No ano passado, foram realizadas 324 cirurgias neurológicas contra 156 em 2013. Além dos procedimentos cirúrgicos, foram realizados 877 atendimentos ambulatoriais.

Os dados foram apresentados pelo diretor geral da unidade de saúde, Bruno Leandro de Souza, ao afirmar  que o Arlinda Marques  desponta como o maior serviço infantil da Paraíba, com enfoque principal em alta complexidade e destaque para  a área de neurocirurgia infantil.

De acordo com o diretor geral, é importante ressaltar que, além do aumento de procedimentos, houve diminuição dos custos médios por cirurgias em 23%, mesmo sendo introduzidas novas tecnologias como neuronavegação magnética, “que garante resultados cirúrgicos mais precisos e menor índice de sequelas nos pacientes com problemas neurológicos, tais como malformações congênitas e tumores” , explicou Bruno Leandro de Souza.


Ele disse ainda que o Hospital Arlinda Marques foi  o primeiro serviço público de saúde das regiões Norte e Nordeste a investir em  alta tecnologia com redução de custo  e utilizando a prototipagem no tratamento cirúrgico dos pacientes.

Para ter acesso a matéria completa clique no link abaixo:


Secom-PB