.

.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Deputados aprovam empréstimo de US$ 250 milhões do Executivo


A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou o pedido de autorização, do Governo do Estado, para contrair empréstimo no valor de 250 milhões de dólares, junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), na sessão ordinária desta quarta-feira (10).
mesa10
A matéria autoriza o Poder Executivo a contrair o empréstimo da CAF. Os recursos serão aplicados em programa de recuperação das rodovias e estradas da Paraíba. A matéria já tinha passado pelo crivo dos membros das comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e de Acompanhamento e Controle da Execução Orçamentária.

A aprovação ocorreu por maioria dos parlamentares presentes em plenário, com a abstenção do deputado Janduhy Carneiro (PTN).
Gervásio Maia (PMDB) comentou sobre a aprovação. “É uma quantia representativa para demanda da nossa malha viária e fico feliz em ver a unidade de oposição e situação, somando forças. Contamos hoje com a presença do presidente da CAF, em João Pessoa, e levaremos a notícia de que a matéria foi aprovada, em plenário. Isso garantirá maior celeridade para que esses recursos sejam liberados”, disse.
Cagepa - O deputado Toinho do Sopão (PEN) discursou sobre a tarifa de água, assunto que será discutido pela Companhia de Água e Esgotostoinho da Paraíba (Cagepa), em audiência pública no próximo dia 18.
“No ano passado, o aumento foi de 8,67%, quando o salário mínimo não passou de 6%. Não se pode conceder um aumento desses”, disse Toinho.
Alternativos - Os deputados Anísio Maia (PT) e Janduhy Carneiro (PTN) discutiram sobre o veto parcial  256/14, anulando dispositivo do projeto de lei 1.847/13, do Governo do Estado, que institui o Sistema de Transporte Intermunicipal de Passageiros (STIP) no Estado.
O Poder Executivo pede a exclusão do artigo 5º, criado por efeito modificativo por Anísio Maia e referendado em plenário, determinando que os veículos do STIP tenham capacidade mínima de sete passageiros. “Não há mais o que prolongar essa luta, já tivemos várias reuniões sobre esse projeto”, disse Janduhy Carneiro.
“Quero saudar os profissionais alternativos que continuam lutando pelo direito de trabalhar. A paz precisa voltar a reinar no transporte alternativo da Paraíba, que precisa trabalhar corretamente e legalizado. Estamos juntos nessa luta”, disse Anísio.

Texto: Ângelo Medeiros
Fotos: Josivan Gomes, Arnóbio Costa e Juliana Santos