.

.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Polícia Federal entra no caso da menina Maria Gabriely Barbosa Almeida vítima de negligência médica em Cajazeiras

A Polícia Federal deflagrou na manhã da última quinta-feira (17), a “Operação Gabriely”, nos municípios de Cajazeiras e Patos no Sertão da Paraíba. Equipes da PF, juntamente com integrantes do Conselho Regional de Medicina da Paraíba e do DENASUS, deram cumprimento a 3 (três) Mandados de Busca e Apreensão, expedidos pelo juízo da 8ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Sousa.


Trata-se de Inquérito Policial instaurado por requisição do MPF, para apurar a prática, em tese, de diversas condutas em três hospitais, sendo um federal e dois estaduais, que se amoldam ao crime de homicídio, referente a fatos que ensejaram a morte da menor Maria Gabriely Barbosa Almeida, que contava com 8 anos de idade, quando faleceu no dia 27 de março de 2016 no Hospital Infantil Noaldo Leite em Patos.

O Hospital Regional de Cajazeiras emitiu nota pública informando sobre a ocorrência. Veja abaixo!

Em comunicado pouco expressivo, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH emite nota sobre o caso da menina Maria Gabriely Barbosa Almeida. Veja!


Relembre a repercussão do caso.:



Da redação