.

.

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Jovem que esfaqueou e ateou fogo em Roberto Pereira se mata por enforcamento no Estado da Bahia

Fora noticiada na última quinta-feira (30/04), pela imprensa cajazeirense - a morte do homicida Henrique de Macena Marques, conhecido por “Henrique de Amâncio”, réu confesso de esfaquear e em seguida atear fogo sobre o corpo do popular Roberto Pereira dos Santos, de 32 anos, residente à Rua São Sebastião – Centro – Cajazeiras/PB.

O fato se deu na noite do sábado (04/03), na residência da vítima, quando ambos bebiam e em dado momento houve um desentendimento, ocasionando a tragédia. Logo após o corrido, “Henrique de Amâncio”, foragiu ao flagrante e posteriormente se apresentou com sua advogada na delegacia, porém, não havia ainda em seu desfavor um mandado de prisão – motivo pelo qual, revoltou a população de Cajazeiras e familiares de Roberto.

Quando soube da expedição de outorga de mandado de prisão temporária, Henrique desapareceu sem deixar pistas para a polícia, que realizava diligências para captura-lo.


Após quase um mês foragido, a sociedade cobrava justiça, mas, num gesto de culpa, Henrique deu fim a sua própria vida por meio de enforcamento, onde estava escondido na casa de um tio no Estado da Bahia. O corpo do mesmo será sepultado em Cajazeiras, segundo informações.


Da redação