.

.

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Recado: “Quem foi á reunião do PP, PMN e Zé Aldemir e tem cargo no Município entregue”, havia dito Carlos Antônio

Uma reunião realizada na noite da última quinta-feira (28), na escola de propriedade do Vereador Eriberto Maciel (PP), com o intuito de unir supostos candidatos ao parlamento, suplentes e lideranças políticas locais, vem causando mal-estar aos líderes políticos de situação.

Ventilada na imprensa cajazeirense, na manhã desta sexta-feira (28), informações não oficiais dão conta, que o ex-prefeito Carlos Antônio (DEM), esposo da prefeita Denise, havia mandado um recado via um radialista amigo seu, a fim de chegar aos participantes da referida reunião, que detém cargos comissionados, ou de confiança no Município – que peçam pra sair; “O discurso que o deputado vem reverberando nos últimos meses é de opositor, quem participou da reunião do PP e PMN peça pra sair, entregue o cargo”, havia dito o líder político.

Participaram da reunião além do deputado Zé Aldemir, cerca de vinte pessoas – entre elas, o suplente de Vereador Deozinho, João da Coca, Elinoelza Lima, Ivanildo Dunga e outros.

Em defesa, o Vereador Eriberto Maciel utilizou de espaços nos programas radiofônicos e garantiu que é aliado e que está empenhado na reeleição da prefeita Denise Albuquerque. Sobre a presença do deputado Zé Aldemir, o parlamentar ressaltou que não fez um convite formal nem de outra forma ao deputado. 


Da redação