.

.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Em entrevista para emissora de rádio pré-candidato a prefeito prometeu que fará “latadazinha” para moto-taxistas de Cajazeiras

O programa jornal da manhã da rádio Oeste da Paraíba entrevistou o pré-candidato a prefeito Antônio Gobira, na manhã desta quarta-feira (22), onde o mesmo fora instigado a explanar sobre seus planos, caso seja concretizado seu projeto político em Cajazeiras.

Indagado sobre a consistência de sua pré-candidatura, o sapateiro afirmou que está firme e anda no caminho certo, mas se o seu partido, o PSOL tiver outro nome melhor que o dele para lançar candidato - Gobira abre mão da postulação. “Eu sou o pré-candidato a prefeito pelo PSOL, mas se o meu partido tiver um nome melhor que o meu para disputar a Prefeitura de Cajazeiras em 2016, estou de acordo”.

Sobre composições, Gobira respondeu que as alianças e composições com o PSOL serão diretrizes do Diretório Nacional e, o que for definido ele seguirá.

Um ouvinte ligou para o programa e expôs que candidato pobre não ganha campanha. “Eu vou mostrar que não vou roubar, porque o salário de prefeito já é muito bom, não precisa fazer como a maioria faz”, disse o entrevistado. No caminhar da entrevista o pré-candidato chegou a afirmar – “Eu ia entrando numa casa, fazendo uma visita, quando a mulher disse pra mim, Gobira não entre na minha casa, eu recebo R$ 200,00 e sua presença aqui eu posso perder”, no entanto, o mesmo não informou qual cidade aconteceu o ocorrido.

Falando como prefeito, o pré-candidato chegou a afirmar que irá asfaltar todas as ruas da cidade. “Vou asfaltar a cidade toda, vou estar presente cedo nas obras, eu serei o fiscal”. Indagado sobre possíveis apoios de pessoas ligadas à prefeita Denise, Gobira respondeu – “Deus me livre, não quero nem conversa com esse povo”.

Ainda de acordo com o pré-candidato, o mesmo ressaltou que conversa com políticos e pessoas ligadas à oposição, mas não tem acertado qualquer tipo de acordo ou conchavo para 2016. Perguntado sobre o encontro da última semana na residência do ex-vice-prefeito Sinésio Martins de Oliveira, onde o deputado estadual José Aldemir (PEN) esteva presente, Gobira endossou os pormenores amplamente divulgados pela imprensa cajazeirense. “Perguntei duas vezes ao deputado se ele era o candidato a prefeito pelas oposições e ele não respondeu” – afirmou. “Quem falava era uma moça [Dayanne, filha de Sinésio], ela perguntou se eu podia ser o vice do deputado José Aldemir – eu disse que não, foi ai onde o deputado falou que iria procurar Geraldo Lira e Pablo leitão para vice”, confirmou.

Na conclusão da referida entrevista o pré-candidato prometeu que caso seja eleito prefeito de Cajazeiras, beneficiará a classe de profissionais autônomos de moto-taxista. “Tenho falado com os moto-taxistas de Cajazeiras, vou fazer uma "latadazinha" pra eles, os moto-taxistas estão trabalhando no sol, nas calçadas e isso não é justo”. Finalizou o sapateiro Antônio Gobira.



Da redação